Óculos grátis e consultas do SNS ao sábado. As promessas eleitorais do PS

(dr) Hospital de São João

O PS apresenta este sábado em Lisboa a versão final do seu programa eleitoral, que dá prioridade ao reforço do investimento público e à melhoria dos serviços públicos.

Uma das apostas dos socialistas para a melhoria da qualidade dos serviços públicos é a saúde, uma das áreas sob maior crítica na reta final da legislatura.

Uma das medidas assumidas pelo PS com vista a um SNS “mais justo e inclusivo”, e que “responda melhor às necessidades dos cidadãos” é a generalização de consultas programadas aos sábados nos hospitais públicos. A medida, de acordo com o Expresso, permitirá garantir mais consultas externas, de forma a melhorar o acesso dos utentes.

Já existem algumas unidades de saúde onde é possível agendar consultas ao sábado, mas é ainda uma prática excecional. A medida terá custos, numa altura em que as contas do SNS estão sob pressão e em que continuam a faltar médicos.

Outra medida do PS para a saúde, segundo o Expresso, é garantir o agendamento de consultas e outras atividades programadas com hora marcada em todos os serviços públicos de saúde. Atualmente é mais comum que a marcação de consultas e outros atos médicos aponte para um período do dia (de manhã ou de tarde).

Parte do programa eleitoral do PS foi divulgada ao longo das últimas quatro semanas, após sessões sectoriais sobre combate às desigualdades, demografia, alterações climáticas e sociedade digital. Na convenção deste sábado, no Pavilhão Carlos Lopes, será divulgada a redação final dessas propostas, bem como o capítulo do programa relativo à “Boa Governação”, que inclui também as medidas para reforço das áreas de soberania, melhoria da qualidade da democracia, e garantia de contas certas.

O jornal Público conta que os socialistas querem criar consultas de ginecologia e pediatria nos centros de saúde. João Tiago Silveira, coordenador do programa eleitoral e responsável pelo gabinete de estudos do PS, salientou que “são dois tipos de medicina em que os cidadãos mais recorrem a médicos privados”.

O PS pretende também avançar com um programa de aquisição de óculos grátis para todos os jovens com menos de 18 anos e pessoas com mais de 65 anos anos que beneficiem do rendimento social de inserção.

Sobre a criação de carrinhas que funcionarão como “unidades móveis de saúde para prestar cuidados primários em regime de proximidade, nos territórios de baixa densidade, no interior e em zonas pouco povoadas”, o coordenador do programa eleitoral defendeu que o objetivo é fazer com que seja “o centro de saúde a ir ter com as pessoas”. Assim, estas carrinhas transportam médicos e nelas poderão realizar-se “os exames que são feitos nos centros de saúde, como medição de tensão, controlo da diabetes e análises básicas”.

Listas do PS inacabadas

A dúvida sobre o futuro de Centeno tem reflexos imediatos na constituição das listas de candidatos do PS às legislativas. O ministro das Finanças, que há quatro anos ocupou o oitavo lugar em Lisboa, tem sido apontado como possível cabeça de lista, eventualmente pelo círculo de Faro.

A possível saída de Centeno não impede que o seu nome seja indicado, pois a entrega das listas pode ser feita até ao fim de agosto – a tempo de se saber se ruma ou não ao FMI.

De acordo com os cálculos do Expresso, dos 62 membros do Governo, cerca de metade deverá integrar as listas do PS, entre ministros e secretários de Estado que repetem candidaturas e outros que se estreiam como candidatos depois do desempenho governamental.

As listas são aprovadas na semana que vem, e dos cabeças de lista já confirmados destaca-se a promoção das secretárias de Estado Alexandra Leitão (Educação) e Ana Mendes Godinho (Turismo), que encabeçam as listas de Santarém e Guarda.

António Costa (Lisboa), Pedro Nuno Santos (Aveiro), Capoulas Santos (Évora) e Tiago Brandão Rodrigues (Viana do Castelo) mantêm-se como cabeças de lista.

A ministra da Saúde, Marta Temido, vai encabeçar a lista socialista pelo círculo eleitoral de Coimbra nas próximas eleições legislativas, disse à agência Lusa a secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes. Ana Catarina Mendes adiantou ainda que o antigo secretário de Estado e atual deputado do PS Ascenso Simões será o cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Vila Real.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. porque so perto das eleiçoes é que fazem estas promessas?
    estiveram la 4 anos e ninguem se lembrou disto, so quando chegam as eleiçoes é que aparecem as resoluçoes para os problemas.
    como ja vi num post no facebook, primeiro façam as medidas e eu voto depois, rssss

    tenham vergonha de atirarem areia para os olhos

RESPONDER

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …

Cercas sanitárias e recolher obrigatório. Governo avalia novas medidas na próxima semana

O Ministério da Saúde, liderado por Marta Temido, vai voltar a reunir na próxima semana com o Conselho Nacional de Saúde Pública (CNSP), num encontro em que serão discutidas novas medidas para travar a propagação …

Presidenciais EUA. Biden promete vacina gratuita para todos, Trump apela ao voto latino

Joe Biden e Donald Trump continuam em campanha eleitoral para a corrida à Casa Branca, numas eleições que estão agendadas para 3 de novembro. O candidato presidencial democrata Joe Biden prometeu esta sexta-feira que a vacina …

Há 72 concelhos com risco "muito elevado" de contágio. Governo esconde mapas de perigo

O Governo insiste em não divulgar os mapas de perigo com o risco de contágio por coronavírus que foram feitos por peritos da Direcção Geral de Saíde (DGS). Isto numa altura em que o Expresso …

Nuno Melo estuda candidatura à liderança do CDS

O eurodeputado Nuno Melo não excluiu uma candidatura à liderança do CDS, avança este sábado o semanário Expresso. Confrontado pelo jornal, o eurodeputado não excluiu uma eventual candidatura à liderança dos centristas, dizendo apenas que "não …

Testes de diagnóstico já podem ser requisitados através do SNS24

O modelo de requisição de testes de diagnóstico à covid-19 através da linha de saúde 24 começou esta sexta-feira a funcionar, à semelhança dos meses mais complexos de março e abril, avançou a ministra da …