Sindicato da PSP cria montagem falsa para atacar ministro

Tiago Petinga / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Um dos sindicatos da PSP utilizou imagens de quatro idosos agredidos, sugerindo que eram vítimas dos suspeitos que fugiram do tribunal. Mas as fotografias são de idosos agredidos no estrangeiro.

O Sindicato Vertical de Carreiras da Polícia partilhou, este sábado, uma publicação no Facebook na qual o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, surge numa montagem junto a rostos de idosos, sugerindo que essas pessoas seriam as vítimas dos dos suspeitos que fugiram do tribunal do Porto.

Depois de Cabrita ter considerado “absolutamente inaceitável” a divulgação de fotografias dos fugitivos capturados pela PSP, o sindicato publicou o seguinte comentário: “Por favor, Sr. Ministro do MAI, Sr.s da Amnistia Internacional, Sr.ª Câncio e todos os demais…. indignem-se“.

No entanto, adianta o Diário de Notícias, as fotografias de idosos utilizadas pelo sindicato são, de facto, de idosos maltratados, mas nenhum deles é português. Aliás, algumas fotografias já têm alguns anos, sendo a montagem manipulada.

O primeiro rosto que aparece na montagem é de Catherine Smith, que foi estrangulada e espancada com um trela enquanto passeava o seu cão, no sul de Londres, em julho do ano passado. O segundo é de John Charles Junyent, dono do restaurante La Botticella, no Rio de Janeiro, que em 2015 foi espancado por um funcionário. O terceiro rosto é de um idoso que há cinco anos foi espancado por criminosos que invadiram a sua casa, no interior da Bahia, também no Brasil.

Há ainda uma quarta fotografia a circular nas redes sociais, a de Barbara Dransfield, que em 2016 foi atacada dentro da sua casa, em Manchester.

Desta forma, as imagens provam que os idosos não foram vítimas dos suspeitos portugueses, mas sim de ataques realizados noutros países. Os suspeitos capturados pela PSP são suspeitos de roubos a idosos e de terem utilizado a violência física nesses assaltos, mas os idosos agredidos em Portugal não são os que aparecem nas fotografias.

“Absolutamente inaceitável”

As palavras são de Eduardo cabrita, que considerou “absolutamente inaceitável” a divulgação de fotografias dos suspeitos capturados pela PSP.

“Só há um inquérito, que é aquele que eu determinei à Inspeção-Geral da Administração Interna, que realizasse por um lado às circunstâncias daquilo que terá sido uma falha de segurança – felizmente corrigida com a detenção em 24 horas dos indivíduos -, mas também àquilo que é absolutamente inaceitável, que é a publicação de imagens que não correspondem à forma de atuação da polícia portuguesa”, disse.

O ministro sublinhou que a divulgação das imagens dos suspeitos não é admissível. A PSP anunciou ainda que vai instaurar um processo de inquérito sobre a divulgação de fotografias da detenção dos três homens.

Fernanda Câncio partilha da mesma opinião. A jornalista do Diário de Notícias é também visada pelo sindicato por ter criticado a partilha das imagens dos idosos depois de ter criticado também a partilha das imagens dos suspeitos algemados e esmurrados, lembrando a posição Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas, de 2016, sobre a divulgação de imagens de detidos à guarda da PSP por parte de órgãos de comunicação social.

O Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas considerou, por sua vez, “inaceitável” a divulgação, por parte de órgãos de comunicação social, de fotografias do momento da detenção de arguidos, sublinhando que é ” deontologicamente inaceitável a utilização das imagens em causa, subscrevendo a posição da Amnistia Internacional de que se trata de um ‘espetáculo indigno‘”.

ZAP //

PARTILHAR

26 COMENTÁRIOS

  1. Indigno é os criminosos serem presos, muitas vezes em flagrante delito, e serem sujeitos a termos de identidade e residência continuando os seus crimes;
    Indigno é os criminosos serem julgados e serem considerados culpados e com recurso atrás de recurso permanecem soltos;

    Se mostrar este tipo de gente é indigno, mais indigno é após as tragédias filmarem as pessoas em sofrimento mostrando ao mundo a sua dor, o seu pesar, a sua angustia, etc. muitas vezes sem as devidas autorizações como forma de aumentarem as audiências. Mas nestes casos ninguém faz nada…

    Quando as entidades deste pais foram assaltadas, agredidas, violadas… talvez as coisas mudem…

  2. Indigno é este Estado que perante estes bandidos que aterrorizam pessoas idosas e indefesas, não defende convenientemente as vitimas

  3. Coitados dos Srs Bandidos, não é justo terem publicado as suas fotos, sem estarem devidamente apresentáveis. Penso que é essa razão pela qual o Sr. Ministro se indignou, porque mais haveria de ser?

  4. Concordo plenamente consigo, Sr. Armindo!
    Concordo com a sua indignação. Quem não quer passar por estas situações, pensa duas vezes, antes de andar por aí a fazer o que não deve!!!
    Ainda há falta de mão-de-obra para determinados trabalhos… Mas certamente que, para este tipo de pessoas, é mais fácil ter esta atitude!!! E então hoje, que tudo tem direito a subsídios… por nada fazer! Ou então fazem… aquilo que não devem… ou de forma ilícita! Enfim!
    Quanto á indignação do Sr. Ministro, lamento que se sinta indignado… Pois quanto indignação é coisa que não falta ao Povo Português… (e isto já é transversal em qualquer quadrante politico…), “muita parra e pouca uva”…
    Mas assim a indignar, indignar são as promessas sobre as casas que arderam, cujos moradores ainda se encontram sem resposta!!! Indigna, não indigna???
    Quanto aos senhores das imagens, será melhor averiguar as condições de trabalho dos agentes que lideraram tal processo, porque na volta nem viaturas tinham disponíveis, ou algemas, ou o que for!!!
    Sugestão: Uma sala em ambiente devidamente climatizado, com sofás com sistema de massagem, ao som de uma boa musica ambiente, escolhida para a situação e o agente a servir-lhe uma refeição, mas cuidado, que não vá ao primeiro restaurante que encontrar, um gourmet é mais fino!!!
    Quanto ao sindicato: Sugiro que se mostrem imagens de factos reais, pois já são suficientes para mostrar alguma miséria e falta de decência, sem terem o trabalho de pesquisar imagens do género, ou retocar as mesmas.

    • Totalmente em desacordo. E só espero que nunca passe um vermelho e a levem para a esquadra para lhe dar um valente enxerto de porrada. Que pela sua forma de pensar… é o que merece.

      • Errado!!
        Quem escreve palermices como a que tu escreveste é que merece, porque a polícia NUNCA levou ninguém para esquadra por passar um vermelho e muito menos lhe deu um “valente enxerto de porrada” (embora certamente alguns bem o merecessem)!

      • E a ti só desejo que sejas visitado em casa por um grupo de bandidos quando estiveres a dormir e que para além de seres roubado sejas bem açoitado até ficares capaz de distinguir de que lado está a razão.

        • Vão todos passar uma noite com o Ronaldo que ele dá-vos a dor de costas que bem precisam.
          Era o que mais falta… forças policiais justiceiras. Vê-se bem que devem viver em bairros de lata. Só pode. Habituados a levar nas trombas dos criminosos e depois da polícia. E acham isso normal. Pois, o resto da população não acha. Os suspeitos prendem-se são presentes a um juiz e este é que determina o que se vai passar de seguida. Pode muito bem nem haver julgamento ou haver e o sujeito sair em liberdade ou ser preso. Mas isso não compete à polícia. Quando ao resto, se têm medo… comprem um cão, ÃO, ÃO e… cuidado com o Ronaldo 🙂

  5. Olha só… desde quando a polícia tem o direito de esmurrar seja quem for excepto se em legítima defesa. Todo o cidadão tem direito de defesa e a ser considerado inocente até prova em contrário. A pena que vier a ser determinada pelo tribunal é aquela que se deverá aplicar sempre na observância dos direitos humanos.
    Nenhuma violência cometida sobre quem quer que seja está legitimado por motivo algum.
    É assim que nascem os populismos justicialistas e nem se coíbem de usar imagens falsas para justificaram as suas acções indignas da tarefa que desempenham.

    • Totalmente de acordo. Agora temos polícias justiceiros?!! Deixemos isso para os filmes de hollywood. Quem me diz a mim que a polícia não se engana quando detém alguém? E mesmo que apanhe a pessoa certa, que eu saiba não existe em nenhum código nacional a punição física? Ao praticar qualquer ato de violência que não o estritamente necessário para deter ou defender-se de alguém a força policial está a ir para além das suas competências. Mas atenção também não vou ao outro extremo em que um polícia atira para um carro em fuga de modo a procurar detê-lo e acaba por inocentemente matar o filho do ladrão que ia na mala. O polícia nesta circunstância não tem culpa. No limite apenas por uma hipotética negligência. Mas quem pensa que alguém anda com o filho na mala? E isto é um caso verdadeiro como muitos ainda se devem lembrar. Em tudo tem de haver bom senso.

      • E quem é que esmurrou quem?!
        Caso não tenhas reparado, a polémica é APENAS sobre a fotos dos bandidos terem sido publicadas!
        Portanto, tudo o que escreveste não tem nada a ver com este caso…

        • Eu sei que dois malandros assaltaram a casa onde eu nasci, e onde estava a minha mãe sozinha, com 88 anos, os dois malandros, ladrões,assassinos, com luvas de manga curta, encapuçados, entraram na casa onde nasci e onde só estava a minha mâe, casa antiga com muros altos ao redor da casa, subiram á torre como nós chamavamos ao 1ºandar onde estava a minha mãe a costurar.
          Agrediram na de imediato, puxaram-na para a cozinha, que fica em baixo no res do chão se assim lhe quisermos chamar, por uma perna e pelas escadas de pedra, sem dó nem piedade e depois de ter na sua posse todas as peças de ouro que o meu pai tinha dado á minha mãe, sabe se lá com que esforço, todo o dinheiro que ela tinha e deitada na cozinha extremamente ferida, com feridas no rosto ainda lhe viraram o peixe que estava a descongelar na banca da cozinha para o almoço dela. as feridas tiveram que sempre várias vezes “raspadas” pois não cicatrizavam por causa do sal.
          Bandidos, precisavam da forca, A minha mâe hoje não fica só um minuto, era uma pessoa cheia de vida.
          Pela descrição quase me parecem esses bandidos, que não são gente, nem podem nunca ser tratados como tal.
          Quem os defender é tão crimonoso quanto eles, Bandidos…

          • Tem toda a razão e lamento que no meio de toda esta polémica dirigentes partidários fiquem calados e não exijam ao ministro e ao governo explicações, mas estou a ver que neste caso são todos farinha do mesmo saco e a mim começam-me a dar o sentido de voto tal como vai acontecendo pelo resto da Europa pois estamos entregues à bicharada!.

    • Finalmente, um comentário cheio de sensatez e humanidade! Se formos cruéis com que é cruel, tornamo-nos iguais! Mas isto nem o “religioso” admite! Além disso, quem é responsável, cumpre a lei, sobretudo se tem autoridade! Isto não invalida que se castigue, com seriedade, quem infringe, de qualquer modo, a Lei. Infelizmente, a nossa “Justiça” nem é cega, nem tem a balança regulada e equilibrada! Isso faz com que aumente nas mentes o ódio, o desejo de vingança, e por essa via, se deseje cada vez mais um “salvador”. Dói-me sobretudo ver essa autêntica “cambada” que vive à custa de nós todos e não tomem medidas para reverter este caminho que conduzirá inevitavelmente ao abismo…E é “cambada” porque eles SABEM que, de uma forma ou outra, sempre estarão a “salvo”…O Zé, esse, transtornado, nem se lembra já do que foi a ditadura…

  6. O Sindicato da Polícia não tem razão. Ainda se aceita que, num primeiro momento, tenha cometido um excesso ao publicar as fotos destes criminosos. O que não se compreende é que depois de confrontados com o erro, em vez de recuarem, reincidem e assumem uma posição de casmurrice a desafio ao ministro, recorrendo ainda a montagem ridícula de imagens.
    O que se exige à polícia é que cumpra as suas funções e traga os criminosos à justiça, não é que faça juízos de valor ou sentencie os presos. Mesmo os condenados têm direitos. Afinal, são seres humanos. Devem cumprir pena e pagar totalmente a dívida à sociedade. A justiça democrática tem que punir exemplarmente mas também tem que lutar exemplarmente pela recuperação e pela integração do criminoso.

  7. De facto estamos entregues a demagogos. Quando o mal nos bate à porta aí exigimos ação de quem quer que seja, a começar pelas forças de autoridade.
    Mas a Polícia utilizou alguma violência ou mostrou uns bandidos que tinham fugido à Justiça e foram recuperados?
    Segundo relatos, até parece que a Polícia atuou com muita rapidez e parcimónia, a ponto de não terem posto ninguém em risco.
    Temos de ter toda a humanidade para quem não respeita ninguém, desde que não sejamos nós as vítimas.
    Há tempos houve notícias de que o senhor Ministro E. Cabrita devia preocupar-se com as condições a que estavam sujeitas as forças de autoridade que lhe prestam segurança na casa onde vive. Será que já regularizou esta situação ou mandou instaurar um inquérito sobre as condições concedidas a quem lhe prestam segurança?

  8. Eu acho que este ministro tem uma postura lamentável ao defender bandidos ao invés de defender a sociedade e os homens de bem! Lamentável! Ele comente o mesmo erro que politicos brasileiros cometeram no Brasil e olha como está a violência no Brasil hoje! ELe manda uma mensagem errada aos criminosos. Mas a minha pergunta é: porque ele está tao empenhado em defender os bandidos?? pq um ministro, com agenda tão intensa , gasta seu tempo defendendo bandidos?? Eu acho q isto deveria ser questionado pelo povo português. No mínimo estranho q um ministro esteja tão empenhado em mandar uma mensagem errada e equivocada para a bandidagem ! Eu, como vítima da violência, me sinto ultrajada por políticos q os defendem! A esquerda brasileira sempre defendeu os bandidos explicitamente. No caso do Brasil, a defesa e a impunidade dos bandidos era praticamente uma agenda da esquerda! Eles tinham isto na pauta esquerdista! E são os grandes culpados pela criminalidade desenfreada que estamos vendo hoje no Brasil. Estas mensagens equivocadas como as que este Ministro está passando são um erro gravíssimo!

  9. Cada um lê a fotografia como lhe dá jeito. Para mim não tem importância nenhuma as fotografias não serem dos atingidos pelos energúmenos portugueses. Antes pelo contrário, concordo porque são tão só exemplificativas, com mais ou menos exagero, ao gosto do radiouvinte. A proteção das vítimas parece-me bem mais importante do que a dos criminosos.
    Mas já vi que neste forum, os defensores do crime (em nome de uns direitos humanos, que me baralham a moleirinha), estão indignados com o ministro por causa desta coisa de agora terem de falar para não estarem calados ( senão também na cabeça, porque não dão pasto, nem à comunicação social, nem aos canibais, que precisam sempre de casos, para se alimentarem. Mas há aqueles que fazem os seus juízos e chegam à conclusão, que quem é atacado tem de se defender e pronto é a vida…..

RESPONDER

Novas restrições serão circunscritas a territórios. Rui Moreira vai aguardar pelo Conselho de Ministros

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde defendeu esta quinta-feira que as novas restrições para combater a pandemia no país serão a nível territorial e mais circunscritas, num modelo que ainda terá que ser …

Portugal sai da "lista negra" da Suíça de países com chegadas condicionadas

As autoridades federais suíças decidiram esta quarta-feira levantar as restrições à entrada de pessoas provenientes da maior parte de países e regiões que estavam na sua lista negra, incluindo Portugal. Os nacionais ou viajantes provenientes desses …

Estudo sugere que os macacos podem ter-se domesticado como os humanos

Um novo estudo sugere que os macacos, tal como os humanos, podem envolver-se no processo de auto-domesticação, alterando o curso da sua própria evolução e fisiologia através da forma como se comportam uns com os …

A estrela morta que emitiu ondas de rádio no interior da Via Láctea voltou a fazê-lo

O magnetar SGR 1935+2154, que em abril emitiu a primeira explosão de rádio conhecida de dentro da Via Láctea, explodiu mais uma vez. A pequena estrela morta responsável pela primeira deteção de explosões rápidas de rádio …

"Asteróide do caos". Novos dados confirmam que Apophis pode impactar com a Terra em 2068

Um astrónomo do Instituto de Astronomia da Universidade do Havai revelou novas descobertas críticas relacionadas com um grande asteróide que deverá passar muito perto da Terra. Dave Tholen e os seus colaboradores anunciaram a deteção da …

Luís Filipe Vieira reeleito com 62,59% dos votos

Luís Filipe Vieira foi reeleito para um sexto mandato como presidente do SL Benfica, com 62,59% dos votos dos sócios. Vieira está à frente do emblema da Luz desde 2003. Nem a pandemia travou os sócios …

Sporting 3-1 Gil Vicente | “Pote” de ouro na recta final

Sofrimento e alívio. O Sporting esteve a perder em casa por 1-0 com o Gil Vicente até aos 82 minutos, mas deu a volta ao marcador num curto espaço de tempo, acabando por fixar o …

Descoberto na Austrália recife de coral mais alto do que o Empire State Building

Um novo recife "maciço" de 500 metros foi descoberto na Grande Barreira de Corais da Austrália, tornando-o mais alto do que alguns dos arranha-céus mais altos do mundo. Os cientistas encontraram o recife separado - o …

Encontrados restos de ossos e madeira em pregos que terão sido usados na crucificação de Jesus

Um geólogo israelita analisou pregos supostamente associados à crucificação de Jesus Cristo e descobriu que os objetos contêm traços de osso e madeira. Em 1990, durante a escavação em Jerusalém do túmulo de Caifás, o sumo …

Oreo construiu um "Cofre do Apocalipse" para proteger as suas famosas bolachas

Depois do Svalbard Global Seed Vault, que guarda mais de um milhão de amostras de sementes num bunker, e o Arctic World Archive, que preserva os dados do mundo de hoje, a Oreo criou um "Cofre do …