Seis demissões na direção do Barcelona. “Alguém meteu dinheiro ao bolso”

Seis dirigentes do FC Barcelona apresentaram demissão ao presidente do clube catalão Josep Maria Bartomeu, avança a imprensa espanhola.

De acordo com a agência noticiosa EFE, que dá conta das baixas esta sexta-feira, entre as demissões estão os vice-presidentes do clube Emili Rousaud e Enrique Tombas.

A demissão em bloco destes dirigentes é vista como um movimento de reposta, que surgiu depois de Josep Maria Bartomeu ter pedido a demissão de de Rousand e Tombas, assim como de Sílvio Elías e Josep Pont, alegadamente por falta de confiança.

Contudo, observa a agência Lusa citando o jornal espanhol La Vanguardia, não era esperada a saída de Maria Teixidor e Jordi Calsamiglia.

O “BarçaGate” – um esquema que alegadamente foi criado para influenciar negativamente jogadores e antigos jogadores do clube nas redes sociais sem o conhecimento do conselho diretivo – terá sido o acontecimento que levou às seis demissões.

Numa carta de despedida, citada pela imprensa espanhola, os seis dirigentes demissionários referem que acreditam terem tomado a decisão certa, uma vez que não foram capazes de “reverter os critérios e as formas de gestão do clube perante os importantes desafios do futuro e, principalmente, a partir do novo cenário pós-pandemia”.

“Pedimos aqui que os resultados da auditoria confiada à PWC para o caso ‘Barçagate’ sejam apresentados e as responsabilidades sejam esclarecidas, bem como a eventual compensação pelos ativos correspondentes. Como último serviço ao nosso clube, recomendamos que, assim que as circunstâncias permitirem, se convoque novas eleições para permitir gerir o clube da melhor maneira possível”, pode ler-se na missiva.

Desde que Bartomeu foi eleito presidente do FC Barcelona, em julho de 2015, aconteceram várias mudanças direção do clube, composta por 21 elementos, com 11 deles a apresentarem a demissão por vários motivos.

“Alguém meteu dinheiro ao bolso”

Depois de apresentar a sua demissão, o antigo vice-presidente Emili Rousaud levantou, em declarações declarações à RAC, algumas suspeitas sob a direção de Josep Maria Bartomeu, referindo que “alguém meteu dinheiro ao bolso” no clube catalão.

“Não sei a que nível foi, nem se o presidente sabia, mas parece-me claro que aconteceu”, acrescentou o vice-presidente demissionário, que garante que tudo está ligado ao escândalo da I3 Ventures, a empresa que terá levado a cabo o “BarçaGate”

“A chave está na fragmentação de faturas e da respetiva auditoria. Não podíamos desviar o olhar. A auditoria tinha duas partes, uma para ver se de facto desconsiderava algumas pessoas e outra o milhão de euros que se pagou, cujo valor ainda está por confirmar se é real. O convite de sairmos por parte do presidente chega quando essa informação está prestes a sair. Este tema das redes sociais é sujo“, disse o antigo vice do Barça.

E continua: “Eu estava na comissão de adjudicações que controla os pagamentos entre 200 mil e um milhão de euros e este contrato com a I3 Ventures foi dividido para iludir a minha comissão (…) a auditoria está praticamente terminada, o presidente sabe o que lá está e esse é um dos fatores pelos quais prescinde de nós”, disse, citado pelo Sapo Desporto.

Desde que Bartomeu foi eleito presidente do FC Barcelona, em julho de 2015, aconteceram várias mudanças direção do clube, composta por 21 elementos, com 11 deles a apresentarem a demissão por vários motivos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ausência de máscara na via pública dá multa a pelo menos 7 pessoas por dia

Entre 28 de outubro e 16 de novembro, a GNR e a PSP aplicaram 825 coimas por incumprimento relativo ao uso de máscara, sendo que mais de 130 foram por falta dela na via pública. De …

França cria "crime de ecocídio" para punir danos graves ao ambiente

A ministra da Transição Ecológica, Barbara Pompili, e o ministro da Justiça de França, Eric Dupont-Moretti, anunciaram a criação do "crime de ecocídio", que visa prevenir e punir os danos graves ao ambiente. Ao Journal du Dimanche, explicaram …

BCE reitera que retoma económica só em 2022 (e "enfraquecida")

Para Philip Lane, economista-chefe do Banco Central Europeu, a vacina traz uma perspetiva para o final do próximo ano e para 2022, mas não para os próximos seis meses. O economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), …

Ventura notificado para apresentar defesa em processo por discriminação

A Comissão para a Igualdade e contra a Discriminação Racial (CICDR) notificou André Ventura para apresentar a sua defesa na sequência de alegadas declarações de carácter discriminatório em relação à etnia cigana no Facebook. A comissão …

UNICEF prepara maior operação da história para administrar dois mil milhões de vacinas

A UNICEF anunciou hoje que está a analisar a logística de transporte de cerca de dois mil milhões de vacinas contra a covid-19 para 92 países e que esta será a maior operação internacional da …

China deteta surtos em três cidades e impõe bloqueios e milhões de testes

As autoridades chinesas estão a testar milhões de pessoas, a impor bloqueios e a fechar escolas depois de vários casos do novo coronavírus transmitidos localmente terem sido diagnosticados nos últimos dias, em três cidades. À medida …

Joe Biden escolhe Antony Blinken para secretário de Estado

O Presidente-eleito escolheu Antony Blinken - um dos seus assessores mais antigos e mais próximos de Joe Biden - para o cargo de secretário de Estado, decisão que ainda terá de ser validada pelo Senado …

Portugal regista mais 74 mortes e 4044 novos casos de covid-19

Portugal regista, esta segunda-feira, mais 74 mortes e 4044 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 4044 novos casos, 2258 …

Ordem dos Médicos quer alargar proibição de circulação aos dias entre os feriados

O Gabinete de Crise para a covid-19 da Ordem dos Médicos está a pedir ao Governo que pondere a possibilidade de manter a proibição de circulação entre concelho nos 12 dias das duas pontes - …

Deputada não inscrita Cristina Rodrigues consegue acordo do Governo para várias propostas

No segundo dia de votações do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na especialidade, a deputada não inscrita Cristina Rodrigues chegou a acordo com o Executivo para propostas como programas de saída e apoio a …