Seguros de saúde não cobrem despesas relacionadas com epidemias

A maioria dos seguros de saúde não cobre as despesas relacionadas com epidemias oficialmente declaradas como a atual, causada pelo novo coronavírus, disse esta quinta-feira à Lusa uma especialista da DECO – Associação de Defesa do Consumidor.

O levantamento efetuado pela DECO revela que “todos os seguros de saúde analisados, à exceção de um, excluem as despesas relacionadas com doenças epidémicas oficialmente declaradas”, disse Mónica Dias, técnica de seguros da associação de defesa do consumidor.

“Numa situação de epidemia oficialmente declarada, que é o que temos atualmente, encontrámos apenas uma exceção, que é a de uma seguradora que é uma mútua francesa”, acrescentou a especialista. Mesmo no caso desta mútua, o seguro tem um período de carência (período de espera entre a contratualização do seguro e a ativação das coberturas) de um ano, quando o habitual são 90 dias, explicou a técnica.

Mónica Dias sublinhou, no entanto, que existe uma razão para que os seguros de saúde excluam as despesas relacionadas com doenças infetocontagiosas como o Covid-19.

Segundo disse, “numa situação destas, os casos de suspeita de contágio devem ser encaminhados para unidades de referenciação que são criadas e indicadas pelo Serviço Nacional de Saúde para que seja possível monitorizar e circunscrever a disseminação da doença”.

Também quanto ao teste clínico para verificar se existe a doença, na maior parte dos casos, as seguradoras não cobrem as despesas, havendo no entanto algumas apólices que o preveem.

Já sobre os seguros de vida, a especialista disse que o levantamento efetuado mostra que “uma morte na sequência de uma infeção por coronavírus está coberta pelo seguro”, ou seja, “o seguro pode ser ativado para que os beneficiários recebam a indemnização”.

Mas, se no caso dos seguros de saúde e de vida há uma resposta linear entre as apólices analisadas, o mesmo não se passa nos casos dos seguros de viagem, em que “não existe uma resposta comum a todas as apólices, são muito variáveis”, indicou Mónica Dias.

“Podemos estar a falar de dois tipos de despesa relacionada com o coronavírus que poderão estar cobertas pelo seguro de viagem: as despesas médicas no estrangeiro ou o prolongamento da estadia devido a uma situação de quarentena”, afirmou a especialista. Porém, adiantou, a cobertura é feita até ao limite do capital seguro, que varia consoante o plano contratado.

Quanto ao cancelamento de viagens, “nenhuma apólice cobre o cancelamento por receio de contágio”, afirmou Mónica Dias. Por outro lado, continua a especialista, existem apólices que preveem o reembolso de despesas com hotéis e viagens que já foram pagas “por motivos de força maior”, como é o caso de doença grave que implique hospitalização, seja da pessoa segura ou dos seus familiares diretos.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) atualizou o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (19), ao passar de 59 para 78, dos quais 69 estão internados.

A região Norte continua a ser a que regista o maior número de casos confirmados (44), seguida da Grande Lisboa (23) e das regiões Centro e do Algarve, ambas com cinco casos confirmados da doença. Há ainda 133 casos a aguardar resultado laboratorial e 4.923 contactos em vigilância, mais 1.857 do que na quarta-feira.

No total, desde o início da epidemia, a DGS registou 637 casos suspeitos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Miranda do Corvo decreta três dias de luto municipal por morte de bombeiro

A Câmara de Mirando do Corvo decretou três dias de luto municipal em memória do bombeiro da corporação de voluntários da vila José Augusto Dias Fernandes, que morreu no sábado, durante o combate a um …

Bill Gates pede que medicamento para a covid-19 vá para os mais necessitados (e não para o "maior apostador")

O co-fundador da Microsoft Bill Gates pediu esta semana que os medicamentos e uma eventual vacina que possa surgir para a covid-19 sejam disponibilizados para quem mais precisa, e não para o "maior apostador". Citado pela …

Dois (ou três) jogadores do Flamengo podem chegar ao Benfica à boleia de Jesus

Os jogadores do Flamengo Gerson e Bruno Henrique podem chegar ao Benfica à boleia de Jorge Jesus, que tem sido apontado à Luz para suceder a Bruno Lage. Apesar de já se ter noticiado a …

Ensino Superior tem 2.370 vagas para alunos do profissional

O próximo ano letivo terá 2.370 vagas no Ensino Superior direcionadas para alunos do ensino profissional, avança o jornal Público este sábado, detalhando que, ao todo, 456 licenciaturas. As vagas em causa fazem parte do …

Horta Osório não exclui regresso a Portugal (e trabalhar fora da banca)

António Horta Osório, que em breve vai deixar a presidência executiva do banco britânico Lloyds, não exclui um regresso a Portugal no seu futuro profissional. “O meu futuro profissional [pós-Lloyds] está totalmente em aberto e …

Parede de estação de comboio na Polónia escondia carta escrita por trabalhadores forçados da 2ª Guerra

Uma carta escrita por dois trabalhadores forçados durante a II Guerra Mundial foi encontrada dentro de uma garrafa escondida na estação de comboios de Nowe Skalmierzyce, um cidade na Polónia. A carta foi descoberta por trabalhadores durante …

No século XVIII, um em cada cinco londrinos tinha contraído sífilis até aos seus 35 anos

Há 250 anos, pelo menos um em cada cinco londrinos tinha contraído "a varíola" (sífilis), causada pela bactéria Treponema pallidum, até aos seus 35 anos. Este estudo, com base em registos de internação, relatórios de inspeção e …

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …