Seguro anuncia primárias abertas a simpatizantes para escolher candidato a primeiro-ministro

António José Seguro / Flickr

-

O secretário-geral do PS anunciou este sábado na reunião da Comissão Nacional do PS que não se demite do cargo, mas defendeu a realização de primárias abertas a simpatizantes para escolher o candidato socialista a primeiro-ministro.

António José Seguro assumiu esta posição na parte final da sua intervenção perante a Comissão Nacional do PS, num discurso em que deixou fortes críticas à corrente que contesta a sua liderança.

O líder socialista disse que marcará ainda esta semana uma reunião da Comissão Política do seu partido para dar início a um processo de revisão dos estatutos no sentido de permitir que a escolha do candidato socialista a primeiro-ministro se faça através de eleições primárias, tal como aconteceu recentemente em França.

As eleições primárias, frisou António José Seguro, citado por fonte oficial da direção do PS, serão abertas a simpatizantes, além dos militantes do partido.

Esta ideia de defender eleições primárias para a escolha do candidato do PS a primeiro-ministro foi primeiro proposta por Francisco Assis, em 2011, tendo sido retomada em 2013 por um grupo liderado pelo ex-secretário de Estado João Tiago Silveira.

Nessas duas vezes, a maioria dos socialistas rejeitou esse modelo inspirado no modelo político norte-americano.

António José Seguro referiu ainda que, em breve, vão realizar-se eleições nas federações, que constituem a cúpula política distrital no sistema de organização dos socialistas.

Na sua intervenção, perante a Comissão Nacional do PS, António José Seguro, citado por fonte oficial socialista, criticou a corrente ligada ao presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, que lhe está a disputar a liderança, alegando que “abre um grave precedente” no partido.

António José Seguro considerou que, ao longo dos seus quase três anos de liderança, houve sempre internamente “um movimento oculto e invisível”.

“A partir de agora, acabou a hipocrisia. Quero deixar bem claro que não me demito“, frisou o secretário-geral do PS, citado pela mesma fonte deste partido.

“Vitória significativa”

António José Seguro defendeu ainda que obteve uma vitória significativa nas eleições europeias, capitalizando o voto de protesto contra o Governo, mas não a insatisfação contra a política, e anunciou propostas para reformar o sistema político.

Fonte oficial da direção do PS referiu que António José Seguro defendeu que os socialistas derrotaram sozinhos “a direta unida” e que o seu partido, no ato eleitoral de 1994, com António Vitorino a cabeça de lista, apenas venceu por uma margem de 0,4 por cento o PSD.

De acordo com a tese de Seguro, de acordo com a mesma fonte, nas últimas eleições europeias, o PS “canalizou a maior parte do voto de protesto contra Governo, mas não o do descontentamento contra o sistema político”.

Nesse sentido, o líder socialista referiu que proporá na Assembleia da República, até 15 de setembro, uma nova lei eleitoral para o parlamento, com redução do número de deputados para 180 (atualmente são 230) e a possibilidade do eleitor escolher o seu deputado, através do duplo voto, ou da criação de círculos de um só deputado.

O secretário-geral do PS afirmou ainda que o seu partido vai avançar com uma nova lei de incompatibilidades dos deputados e de outros cargos públicos, visando “separar negócios e política”.

António Costa insiste em Congresso

Apoiantes de António Costa referiram que, a partir do momento em que o líder socialista propôs a realização de eleições nas federações, inviabilizou na prática a existência a curto prazo de um congresso nacional extraordinário do PS.

António Costa anunciou que apresentará uma proposta para a realização de um congresso extraordinário, num sinal de demarcação da intenção de António José Seguro realizar primárias para a escolha do candidato a primeiro-ministro.

De acordo com fonte da candidatura do presidente da Câmara de Lisboa à liderança do PS, esta posição foi assumida por António Costa, perante a Comissão Nacional, na sequência da intervenção do secretário-geral, António José Seguro.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Em minha opinião como lisboeta,penso que António Costa serve magnificamente como Presidente do Município .Parece que Costa serve mais o Partido do que o povo que o elegeu.
    Este o grande óbice da chamada classe politica.
    Que Costa se deixe de fantasias wagnerianas e cumpra mas é com o compromisso que tomou para com os lisboetas.
    Oh malvada ânsia de poder sem limites nem moralidade.

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …