Segurança Social já gastou mais do que tinha para todo o ano (vale o cofre para imprevistos)

Miguel A. Lopes / Lusa

O ministro das Finanças, João Leão.

Os gastos da Segurança Social com a covid-19 atingiram, no primeiro trimestre, o valor previsto para todo o ano. Uma situação que obriga a recorrer ao “cofre” para imprevistos definido no Orçamento de Estado para 2021 (OE2021).  

A Segurança Social gastou no primeiro trimestre deste ano “804,9 milhões de euros quando tinha orçamentado 776 milhões de euros”, como avança o Eco.

A situação obriga o Ministério das Finanças a ir buscar verbas para alimentar a entidade a outro lado. A solução passa por usar o “cofre” para imprevistos que foi estipulado no OE2021, já considerando as incertezas económicas devido à crise pandémica.

Este “cofre” é constituído por 500 milhões de euros, segundo a referida publicação, e vai permitir à Segurança Social continuar a pagar os apoios relacionados com a pandemia nos próximos meses.

Vários sectores económicos deixaram de ter acesso ao lay-off simplificado com o regresso ao trabalho, mas ainda há apoios que continuam a ser pagos, nomeadamente a retoma progressiva para as empresas com quebras significativas na facturação.

Além disso, a oposição tem aprovado, no Parlamento, várias medidas, à revelia do Governo, que implicam um aumento nos gastos da Segurança Social.

Apesar deste cenário, o ministro da Finanças continua a afastar o cenário de um Orçamento Suplementar.

“O Ministério das Finanças não vê necessidade de um orçamento retificativo“, aponta uma fonte oficial do gabinete de João Leão em declarações ao Eco.

A mesma fonte nota que a Segurança Social recorrerá à “dotação especial para despesas Covid” para se financiar.

“Ainda que com as medidas progressivas de desconfinamento e também com o avanço da vacinação, será de esperar que a despesa aumente, mas que ocorra a um ritmo mais lento”, aponta essa fonte.

Além disso, a pandemia permite a João Leão maior “flexibilidade” para poder “mover verbas de sítio”, como atesta o Eco, notando que o Parlamento “deu maior poder de discricionariedade ao Ministério das Finanças”.

Mas isso significa que pode ser necessário encontrar outra “gaveta” com dinheiro para financiar a Segurança Social, caso os fundos da “dotação especial” se esgotem.

O OE2021 não previa um segundo confinamento rígido como veio a acontecer. Mas só um terceiro eventual confinamento leva João Leão a admitir a possibilidade de um Orçamento rectificativo, como admitiu em entrevista ao Expresso.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. É sempre a dar a quem não produz riqueza. E os que produzem riqueza ainda são, aos olhos de alguma esquerda, os vilões da sociedade. O que é bom é ter ladrõezitos e viver na Venezuela.

  2. Fiz a retoma e não recebi qualquer apoio desde o ano passado. A maior parte dos apoios anunciados são marketing enganoso do goverrno. Verificam-se para áreas restritas (os CAE que o governo quer contemplar) indepentemwnte de terem ou não sido atingidos sem culpa própria pelad medidas se combate à pandemia.

  3. Os portugueses descontam para a segurança social para quando têem necessidade. Não são os comuns portugueses que vivem acima das suas capacidades. São os políticos que vivem acima das capacidades dos portugueses. Todo o dinheiro que se desconta deveria dar e sobrar.
    Levanta-te Portugal. Espero que estas novas gerações sejam diferwntw… E sejam pessoas que lutem pelos seus direitos.
    Pois neste momento só se tem deveres. Os direitos é só no papel

RESPONDER

Sondas espaciais com "cunho" português vão passar perto de Vénus

As sondas espaciais europeias Solar Orbiter e BepiColombo, ambas com tecnologia e ciência portuguesas, vão passar perto de Vénus a 9 e 10 de agosto, respetivamente, anunciou esta segunda-feira a Agência Espacial Europeia (ESA). A passagem …

Elvis Presley terá morrido de doenças genéticas (e não por overdose de medicamentos)

Segundo um novo livro de Sally Hoedel, a morte de Elvis Presley estará, afinal, relacionada com o tratamento para doenças congénitas das quais sofria. O cantor norte-americano, que morreu há quase 44 anos, estava fortemente medicado …

A cidade mais populosa de África está a viver em contra-relógio

Os habitantes da Nigéria, o país mais populoso de África, já estão habituados a contornar as inundações anuais que invadem o país. No entanto, este ano a situação saiu fora do controlo, com o principal …

"Pensávamos que a Casa Branca mandava". Biden sob fogo devido ao fim da proibição dos despejos

A inacção de Joe Biden perante o fim das moratórias que proíbem os despejos durante a pandemia está a ser criticada até dentro do próprio Partido Democrata. A moratória federal aos despejos acabou este sábado, para …

Na ausência de Biles, Sunisa Lee coroou-se rainha da ginástica. É a primeira hmong a ganhar ouro

Sunisa Lee chegou a Tóquio com a missão de ajudar os Estados Unidos a garantir o ouro e de garantir a presença em finais individuais de aparelhos. Com o abandono de Biles, tornou-se a estrela …

Presidente afegão culpa retirada “abrupta” dos EUA pelo rápido avanço dos talibãs

O chefe de Estado afegão prometeu vencer o conflito com as milícias talibãs e os Estados Unidos dizem-se prontos a receber mais milhares de refugiados. O Presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, prometeu esta segunda-feira vencer o …

42% das pessoas em enfermaria no Hospital de são João têm vacinação completa

No Centro Hospitalar de São João (CHSJ), 42% das pessoas internadas em enfermaria e 15% das internadas em unidades de cuidados intensivos tinham a vacinação completa. Segundo os últimos dados da Direção-Geral da Saúde (DGS), apenas …

António Oliveira e uma arbitragem "conveniente"

Athletico Paranaense perdeu novamente no Brasileirão e a equipa de arbitragem ajudou os vencedores, queixou-se o treinador português. O Athletico Paranaense, líder do Brasileirão nas primeiras jornadas, está numa fase negativa: apenas uma vitória nas últimas …

André Ventura - Chega

Autárquicas. Chega concorre sozinho a 220 municípios para avaliar o seu "impacto"

André Ventura anunciou esta segunda-feira que o Chega irá concorrer nas eleições autárquicas a “cerca de 220 municípios” do país, sublinhando que o partido vai a votos sozinho para avaliar o seu “impacto”, mas sem …

Ex-guarda nazi julgado aos 100 anos por cumplicidade em assassinatos

Um homem de 100 anos que supostamente serviu como guarda num campo de concentração nazi será julgado em outubro por cumplicidade no assassinato de mais de 3.500 pessoas durante a Segunda Guerra Mundial, informou a …