Sede do Deutsche Bank alvo de buscas

Nils Bremer / Flickr

Sede do Deutsche Bank em Frankfurt, na Alemanha

Sede do Deutsche Bank em Frankfurt, na Alemanha

A sede do Deutsche Bank, em Frankfurt, foi hoje alvo de buscas por parte das autoridades que procuram novas provas acerca do caso de fraude que envolveu a falência do grupo de media fundado por Leo Kirch.

Segundo a agência de informação financeira Bloomberg, cerca de um mês depois de o Deutsche Bank ter alcançado um acordo com os herdeiros de Leo Kirch que implica o pagamento de 925 milhões de euros por parte do banco alemão, a procuradoria de Munique abriu uma nova investigação contra funcionários do banco e das firmas de advogados que representam a entidade financeira.

Depois de, na semana passada, as autoridades alemãs terem realizado buscas em duas firmas de advogados, hoje, foi a vez de as buscas incidirem sobre a sede do Deutsche Bank, além das residências de vários colaboradores do banco.

O porta-voz da instituição financeira confirmou à Bloomberg as buscas à sede do banco, escusando-se a tecer mais comentários, depois de um representante da procuradoria de Munique ter já anunciado as diligências das autoridades.

A procuradoria de Munique revelou ainda que Stephan Leithner, administrador do Deutsche Bank que tutela os assuntos legais, também é suspeito num caso relacionado com o de Kirch.

As autoridades pretendem apurar se vários antigos e atuais administradores e diretores do banco mentiram em tribunal, aquando das suas audições no âmbito deste processo.

A batalha judicial que opõe Leo Kirch – que, entretanto, morreu em 2011, com 84 anos – e seus herdeiros ao Deutsche Bank durou mais de 12 anos. Kirch acusava o banco de ter provocado a falência do seu grupo de comunicação social em 2002.

Em causa estava uma entrevista à Bloomberg TV, em Nova Iorque, do então presidente do banco, Rolf Breuer, que lançou dúvidas sobre a solidez financeira do grupo, que tinha canais de televisão para assinantes e direitos de difusão de eventos desportivos.

Seguiu-se o pânico dos investidores e meses mais tarde, o grupo KirchMedia, do qual o Deutsche Bank era um dos credores, foi forçado a declarar falência.

Em fevereiro último, quando foi noticiado o acordo entre as partes em litígio na Justiça, dois gestores do banco, Jürgen Fitschen e Anshu Jain, destacaram ter sido resolvido um “litígio jurídico bem conhecido e de longa data”, considerando que o acordo defendia os “interesses” dos acionistas.

“Esperamos alcançar outros progressos neste domínio, etapa por etapa, ao longo de 2014”, acrescentaram.

Em 2013, o banco desembolsou cerca de 2,5 mil milhões de euros para resolver vários litígios.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Casaco e guitarra de Kurt Cobain vão a leilão (e valem milhares de euros)

O casaco que o líder dos Nirvana usou no lendário concerto MTV Unplugged in New York vai ser leiloado, com um preço de venda estimado em 270 mil euros. Uma guitarra de Cobain pode ficar …

"50 sombras" da Idade Média. Páginas censuradas de um livro francês encontradas nos EUA

As páginas de um romance medieval foram descobertas nos arquivos da Diocese de Worcester, no estado norte-americano de Massachusetts.  Investigadores descobriram uma versão perdida de um romance medieval, que contém cenas eróticas. O poema francês - …

A tecnologia usada na Bitcoin também está a ser usada para encontrar o amor

Várias dating apps (aplicações de encontros) estão a recorrer ao blockchain para que os seus utilizadores possam encontrar a cara-metade de uma forma mais segura e transparente. O Tinder é provavelmente a dating app mais usada …

Elon Musk quer enviar passageiros para o Espaço já no próximo ano

O bilionário Elon Musk, também fundador da fabricante de automóveis elétricos Tesla, fez um anúncio surpreendente: quer que pôr passageiros no Espaço já em 2020. “Isto pode soar totalmente louco, mas queremos tentar entrar em órbita …

Cientistas reverteram principal sintoma da esquizofrenia em camundongos

Um medicamento que está atualmente a ser desenvolvido para tratar a leucemia reverteu (em camundongos) um sintoma de esquizofrenia anteriormente intratável: o enfraquecimento da memória de trabalho. A memória de trabalho é um processo cerebral fundamental usado …

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …

Para os jovens refugiados, um telemóvel pode ser tão importante quanto comida ou água

Entre 2015 e 2018, mais de 200.000 jovens não acompanhados reivindicaram asilo na Europa. Muitos deles, agora na União Europeia, têm uma coisa em comum: os seus smartphones. Não são apenas ferramentas para entretenimento nem uma …