Sanções a Portugal e Espanha são inevitáveis (diz-se em França)

European Council / Flickr

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia

A Comissão Europeia vai recomendar ao Conselho Europeu que aplique sanções a Portugal e Espanha. É o que garante o jornal francês Le Monde, notando contudo, que poderão ser apenas “sanções simbólicas”.

A publicação adianta que a Comissão Europeia tem previsto dar o seu veredicto final a 5 de Julho, mas antecipa, desde já, que é inevitável que proponha a aplicação de sanções a Portugal e Espanha.

Os dois países falharam as metas do Pacto de Estabilidade e Crescimento, com os respectivos défices públicos aquém do previsto em 2015 – 5,1% do Produto Interno Bruto (PIB) em vez de 4,2% no caso espanhol e 4,4% em vez de 2,7% no caso português.

E as sanções são vistas como inevitáveis pelo Le Monde que destaca as pressões da Alemanha e do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, nesse sentido.

O jornal sublinha, de resto, que estas sanções só foram adiadas por causa das eleições espanholas que, neste domingo, voltaram a dar a vitória, sem maioria, ao PP.

Os castigos a Portugal e Espanha poderão passar por uma multa que pode chegar a “0,2%” do PIB de cada um dos países e a uma suspensão temporária dos fundos estruturais da UE, salienta o Le Monde.

Mas, com a turbulência provocada pelo Brexit e no seguimento de um processo eleitoral em Espanha sem a formação de um governo estável, as sanções poderão simplesmente, ser “simbólicas”, vaticinam os franceses.

Neste caso, poderemos estar a falar de “zero euros” de custos, com uma mera repreensão sem aplicação de multas económicas concretas.

O Bloco de Esquerda defende que, no caso de haver sanções a Portugal, deve fazer-se um referendo à permanência do país na União Europeia.

ZAP

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. O NOJO francês já mete nojo…. eles ainda não foram sancionados aquando não cumpriram.e so dão razão aos Bréxits… e este beijinhos Trans é uma aberração pior que o Troul du cu… da Virinha.

  2. A Alemanha e a França governam/controlam a Europa e essa foi uma, senão a principal causa da saída do Reino Unido. Ainda há dúvidas disso?

    • Nem mais! Além disso os franceses continuam a contar com a inexpugnabilidade da sua “linha Maginot económica” e vão mais uma vez ser comidos pelos alemães!!! Benvindos aos anos 30 do séc. XX! A História repete-se.

  3. Quando é a Alemanha ou a França não ha sanções, só para os pequenos os mais fracos. Os ingleses e tem razão.A EUROPA já não é solidaria,a europa das nações,a Europa das pessoas. É a Europa do capital selvagem, dos mercados financeiros. Infelizmente os partidos de esquerda tiveram razão muito antes de tempo em relação a Europa e ao euro.
    De que temos medo vamos para o referendo. A Europa a isto nos obriga.

  4. A França não cumpre porque é a França. É incompreensivel esta afirmação. Isto não é comunidade de países diferentes e soberanos. Por isso a Inglaterra fez bem em sair desta Comunidade Europeia. Foi inteligente desde o inicio e nunca abdicou da sua moeda, etc.

  5. Qual que se por cá se realizasse referendo aposto que de certeza era para se continuar pois o Português sem os subsídios não é nada hoje em dia

  6. Ora mais uma boa, os descentes do Adolfo, já os conhecemos, pior é os xuchalistas Franceses também querem agora brincar ao Adolfinho, senão vejamos, a seguir a 1945, era assim venham Portuguesitos e Espanholitos que nós precisamos de ajuda, estamos todos rotos e como aqui estava quase tudo; parecido com o antigo Casal Ventoso por culpa do outro que caiu do banco;
    agora juntaram-se, (o amigo dos Coutinhos deu uma mãozinha) e pronto vai disto; dinheirinho para cá que nós somos os DDTudo, e ao que consta por lá somos uma espécie de nojo. Beijem-lhes o MATACO, que eles merecem…

  7. É óbvio que o senhor Jeroen Dijsselbloem, presidente do Eurogrupo, está-se nas tintas para o que Portugal passou durante os 4 anos da Troika. Mas lá estará a consciência (se é que alguém a tem na UE) dos líderes do Parlamento e do Conselho Europeu para confirmar ou rejeitar a proposta daquele senhor. É claro que não vamos admitir que nos espezinhem. Nem sequer podemos admitir sanções por mais simbólicas que sejam. A honra do país está em causa. Pagamos, sim, mas não nos curvamos perante ninguém.

  8. Que grandes montes de estrume!!
    Essa escumalha da Comissão Europeia (que nem sequer foram eleitos pelo povo europeu!) são mesmo uns parasitas incompetentes sem vergonha!
    A qualidade dos seu “trabalho” está bem à vista com o que se passa actualmente na Europa…
    É necessária uma reforma urgente da União Europeia senão vai correr mal…

  9. ORA PORQUE RAIO A MERKEL FOI LOGO MARCAR UMA REUNIÃO COM A FRANÇA E A ITÁLIA E DEPOIS LOGO SERIA COM OS OUTROS, MAS AFINAL A REUNIÃO ATÉ FOI ANTECIPADA POR TELEFONE.
    CLARO QUE SOMOS PATOS PARA LEVAR CHUMBO E SEMPRE O FOMOS!
    VÁ LÁ PONHAM AÍ UNS PATCHS E UMAS BANDEIRAS “JE SUIS FRANCE” “ICH BIN DEUTSCHLAND”

  10. Agora digam-me que isto é ou não é politiquice.

    Temos sido sacrificados a torto e a direito, a classe média sofreu a bom sofrer com o anterior governo. Este governo tem feito um esforço no sentido de melhorar a nossa condição de vida designadamente por via da revogação de algumas medidas anteriores que foram injustas e que simplesmente visavam agradar aos senhores que dominam a UE (porque na pratica essas medidas agravaram desigualdades e fomentaram desiquilibrios em favor dos países poderosos da europa, como a Alemanha por exemplo) sem que daí resultassem avanços na atividade económica e crescimento do PIB Português. Invocaram mil e um argumentos para que pedissemos resgate, ao mesmo tempo que fechavam os olhos a França, a Espanha ou a Itália, cujos países tinham níveis de divida bem superiores ao nosso.
    É vergonhoso se aplicarem sanções até porque as mesmas servirão para descredibilizar cada vez mais esta UE.
    Cada vez mais se compreende porque razão o Reino Unido saiu. Não papam grupos!

  11. Quando era mais novo era muito pobre e uma das coisas que aprendi foi que nada era dado mas sim conquistado e que para isso era preciso trabalhar.

  12. Se as Penalizações acontecerem está na Hora de Sair e mandá-los receber ao BES !… Já Chega , Nasci Livre !… Meus filhos e Meus Netos Também e a Escravatura já era , como tal não pago as dividas de Bandidos que nos Trairam e Roubaram !… Esta EUROPA não nos Interessa , com eles nunca mais nos Levantámos seremos Escravos toda a Vida .

RESPONDER

A tecnologia ressuscitou o "plágio" de escritores medievais

Os trabalhos de autores medievais foram "ressuscitados" com a tecnologia do século XXI numa inesperada colaboração na Universidade de St Andrews, na Escócia. Um arquivo das obras de autores ingleses medievais, que revelava uma visão internacional …

Num cenário apocalíptico, a espécie humana poderia sobreviver "com populações na casa das centenas"

Cientistas de todo o mundo debruçam-se sobre a preparação das populações (e de abrigos) para sobreviver a um possível apocalipse. Para o antropólogo Cameron Smith, não seria necessário um número muito elevado de pessoas, desde …

Príncipe Harry diz que viver com a família real é "uma mistura entre o Truman Show e estar num zoo"

Depois de uma entrevista a Oprah Winfrey, o duque de Sussex faz novas revelações numa nova entrevista e descreve como era a sua vida antes de ir viver, primeiro para o Canadá e, depois, para …

Pentear o cabelo pode tornar-se uma tarefa mais fácil com a ajuda de um robô

Uma equipa de cientistas desenvolveu recentemente um braço robótico com uma escova de cabelo macia, equipada com uma câmara que ajuda o braço a "ver" e a avaliar a ondulação, para oferecer ao utilizador uma …

Benfica 4-3 Sporting | Águia vence dérbi espectacular

Mas que grande dérbi! Benfica e o novo campeão Sporting presentearam os adeptos com um jogo espectacular, um dos melhores dos últimos anos em Portugal, com futebol de ataque e golos, muitos golos. Foram nada menos …

Portugal é o 2.º país com mais divórcios e menos casamentos na UE

A taxa de casamentos na União Europeia caiu drasticamente nos últimos 55 anos, ao mesmo tempo que a taxa de divórcios subiu. Portugal é o segundo país onde esta tendência mais prevalece. De acordo com dados …

"É parte da nossa identidade". Pequena cidade na Suécia luta para preservar uma antiga língua moribunda

A organização Ulum Dalska, sediada numa pequena cidade sueca chamada Älvdalen, tem uma missão. Durante décadas, os seus membros têm trabalhado arduamente para ajudar a salvar a língua elfedaliana, um remanescente do nórdico antigo. "Tivemos a …

Papa diz que abuso infantil é uma espécie de “assassinato psicológico”

O Papa Francisco criticou hoje o abuso infantil dizendo que é “uma espécie de ‘assassinato psicológico’ e, em muitos casos, um cancelamento da infância” e pediu para “parar de encobrir” o fenómeno da pedofilia. Francisco falava …

Jerónimo considera “precipitado” discutir Orçamento de 2022 e “deitar borda fora” o atual

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou hoje “no mínimo precipitado” antecipar a posição do partido sobre o próximo Orçamento do Estado e “deitar borda fora” a concretização do atual. À margem de uma visita …

Plano da CIA para capturar Bin Laden originou um problema de saúde pública no Paquistão

Um novo estudo indica que um plano secreto da CIA para capturar Osama Bin Laden, no início de 2011, teve como consequência uma queda significativa das taxas de vacinação no Paquistão. O plano, que usava uma …