Em caso de sanções a Portugal, Bloco quer referendo sobre a UE

Esquerda.Net / Flickr

A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins

A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins

A coordenadora do Bloco de Esquerda disse hoje que se a Comissão Europeia avançar com sanções contra Portugal por défice excessivo, o partido colocará na agenda um referendo sobre a Europa.

“Se tomar uma iniciativa gravíssima de provocar Portugal, a Comissão declara guerra a Portugal. Pior ainda, se aplicar sanção e usar para pressionar o Orçamento [do Estado] para 2017 com mais impostos, declara guerra a Portugal“.

“E Portugal só pode responder recusando as sanções e anunciando que haverá um referendo nacional”, advertiu Catarina Martins, que falava em Lisboa na sessão de encerramento da X Convenção do partido.

No próximo Conselho Europeu, reunião dos chefes de Estado e de Governo a decorrer esta semana em Bruxelas, o Governo português deve recusar as sanções “inéditas, inaceitáveis e provocatórias” com que a Comissão Europeia “ameaça Portugal”, prosseguiu a bloquista.

Relativamente à votação para a Mesa Nacional, a lista da moção A, encabeçada também por Catarina Martins, teve 470 votos, conseguindo 64 dos 80 mandatos, enquanto que a moção R teve 67 votos, conseguindo nove membros, e a lista B apenas 53 (sete membros).

Assim, a lista afeta à liderança conseguiu cinco mandatos, sendo os restantes dois lugares divididos pelas duas outras moções.

Catarina Martins deixará de funcionar como porta-voz e retomará o papel de coordenadora, agora numa liderança a solo.

A lista da Moção A – “Força da Esperança – O Bloco à Conquista da Maioria” – para a Mesa Nacional é encabeçada pela porta-voz, seguindo-se o líder da bancada parlamentar Pedro Filipe Soares, o dirigente sindical António Chora, a deputada Joana Mortágua e a antiga candidata presidencial e eurodeputada Marisa Matias.

Entre os nomes desta lista, destaque para o fundador do BE Luís Fazenda (o único dos quatro fundadores que se mantém nos órgãos do partido), os deputados Mariana Mortágua, José Manuel Pureza, Jorge Costa, José Soeiro, Moisés Ferreira, Pedro Soares, Luís Monteiro e João Vasconcelos.

No sábado, foi já conhecida a saída do antigo coordenador e deputado João Semedo da Mesa Nacional, que à agência Lusa assegurou que esta decisão não se prende com discordância, mas sim por considerar que “é tempo de ter outra forma de intervenção política e partidária”.

ZAP / Lusa

4 COMENTÁRIOS

  1. Completamento de acordo em relação a este assunto da UE.
    Este tipo de UE só nos tem dado cabo da cabaça e da economia.
    Somos como escravos a trabalhar para eles alemães e franceses e não só.
    Está na hora de algum referenciar um REFERÊNDO sobra esta desgraça que é a UE.

  2. É por causa de partidos extremistas sem a mínima vergonha e bom senso como o BE e afins (tanto à esquerda como à direita) que corre-se o risco de haver um desmembramento da UE.

    Só pessoas sem o mínimo de juízo é que não reconhecem os grandes benefícios que temos em estar na UE, e a desgraça que seria sairmos da UE.

    E o pior disto tudo, é se de facto existe algum risco de Portugal ser alvo de sanções, este é devido às provocações e irresponsabilidade deste governo e dos partidos que o suportam com a sua aproximação ao Siriza e medidas que muito provavelmente irão fazer disparar o défice.

    Se este governo estivesse empenhado em controlar as despesas públicas, tenho a certeza que a hipótese de sanções nunca teria sido colocada.

    • Plenamente de acordo. Os mais novos não conheceram Portugal antes de entrar na CEE, país pejado de bairros da lata, poucos edifícios com saneamento, estradas sem mínimo de qualidade, etc, etc.
      Não se deve morder a mão que nos dá de comer.

RESPONDER

Condenado ex-agente secreto alemão que fingia ser um terrorista

Um tribunal alemão condenou, esta terça-feira, um antigo agente dos serviços secretos alemães a uma pena suspensa de um ano por ter tentado partilhar informação confidencial com grupos radicais salafistas na Internet. Segundo a Deutsche Welle, o …

Mosquito do dengue detetado pela primeira vez em Portugal

Uma espécie de mosquito que é transmissor do vírus da dengue foi identificado pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país, anunciou esta quarta-feira a Direção-geral da Saúde (DGS) e o Instituto Doutor …

Organização de Direitos Humanos denuncia abuso sexual de menores na Coreia do Norte

A organização Human Rights Watch (HRW) instou esta quarta-feira as Nações Unidas a pressionarem a Coreia do Norte para prevenir e investigar os abusos sexuais a menores, crime que o regime de Pyongyang diz não …

Cidadão de Baião é candidato pela CDU à Câmara e pelo PSD em freguesia

Em Baião, distrito do Porto, há um cidadão que se candidata à Câmara pela CDU e a uma Junta de Freguesia pelo PSD, nas autárquicas do próximo 1 de Outubro, confirmou a Lusa no tribunal …

MAI ordena à Proteção Civil auditoria para verificar todas as licenciaturas

O secretário de Estado da Administração Interna ordenou à Autoridade Nacional de Proteção Civil que realize uma auditoria para verificar as licenciaturas de todos os dirigentes e elementos da sua estrutura operacional, que deve estar …

Theresa May quer pagar 20 mil milhões de euros para saldar saída da UE

A primeira-ministra britânica vai propor o pagamento de 20 mil milhões de euros para saldar a separação entre o Reino Unido e a União Europeia, segundo fontes conhecedoras do tema citadas pelo jornal Financial Times. Olly …

BE quer que menores possam contestar em tribunal pais que lhes neguem mudança de sexo

Menores de 16 anos de idade a requerer mudanças de sexo, sem ser obrigatório apresentar um relatório médico, e a mover acções judiciais contra a eventual recusa dos pais em iniciarem esse processo. Estas são …

Ao primeiro dia de campanha, Catarina e Jerónimo já trocam farpas

A paz no seio da geringonça parece "ferida de morte" depois das declarações azedas trocadas entre Jerónimo de Sousa e Catarina Martins, líderes de PCP e Bloco de Esquerda. E tudo por causa das eleições …

Funcionária da PJ acusada de desviar 178 mil euros em barras de ouro

Uma funcionária da Polícia Judiciária foi acusada de, juntamente com o seu companheiro, aceder ao cofre desta força policial para se apropriar de objectos em ouro, nomeadamente de duas barras daquele metal precioso avaliadas em …

André Ventura foi a um bairro de ciganos, mas evitou-os

No primeiro dia de campanha, André Ventura visitou o bairro Quinta da Fonte, uma das zonas de Loures que o candidato considera ter maiores problemas com a insegurança. Segundo os jornais que o acompanharam, o …