Ryanair muda as regras: vai ser preciso pagar para levar uma mala na cabine

A companhia aérea quer reduzir atrasos e incentivar passageiros a mandar malas para o porão. Para isso, vai descer preços da bagagem de porão e subir os das malas na cabine.

A partir do 1° de novembro, os clientes da Ryanair que quiserem viajar com uma pequena mala na cabine vão ter de pagar mais cinco euros pela tarifa de “embarque prioritário” aquando da compra ou seis euros se adquirida após a compra da viagem.

A companhia alterou as regras relativas à bagagem, alegando que sentiu necessidade de reduzir o tempo de embarque e os atrasos causados pelos passageiros que entram para o avião com a mala e depois têm dificuldades em encontrar espaço para a arrumar.

De acordo com um comunicado enviado às redações, a companhia low cost informa que os passageiros que pagarem pelo embarque prioritário poderão levar uma mala com as dimensões aceites na cabine e mais uma carteira ou mochila – com as dimensões 35cm x 20cm x 20cm.

Quem preferir não pagar o extra, vai ter de mandar a mala – com as dimensões 55cm x 40cm x 20cm – para o porão, sem pagar mais por isso, e esperar no final do voo para a recolher.

A companhia irlandesa prepara-se também para descer os preços da bagagem de porão. Cada passageiro poderá levar uma mala que pese até 20kg, em vez dos anteriores 15kg, e pagar por isso 25 euros (anteriormente o preço fixado era de 35 euros).

De referir, ainda, que estas novas regras aplicam-se a todos os voos a operar a partir de 1 de novembro, para as reservas já adquiridas ou a adquirir.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A Rynair apareceu para preencher uma lacuna que existia no transporte aéreo, com um serviço LOW COST que veio permitiu que muita gente pudesse viajar ou viajar ainda mais.
    Ok. Têm regras apertadas no que toca às bagagens. Todavia as regras estão bem explicitas no site deles, e nos bilhetes. As pessoas é que abusam e depois queixam-se…

    Não concordo todavia com a politica de atribuirão de assentos. Pois se for uma família de 4, com crianças, eles separam toda gente para “incentivar” a comprar o lugar… Todavia, o valor é acessível e vale bem a pena.
    Pela minha experiência, este é o problema dos atrasos no embarque. Encontramos pessoas a sentarem-se em outros lugares marcados, para irem junto com as suas famílias, que é compreensivo. Todavia vem depois a pessoa para se sentar no seu lugar marcado, que se encontra depois ocupado por outra pessoa, e dá se o forrobadó total… com gente a mudar de lugares e a querem mudar também as bagagens de mão… Um Autêntico circo.

    Resumindo: Queres viajar barato vai pela rynair, segue as regras e aguenta-te. Ou então compras os lugares e o speedy boarding para maior conforto.

Luis Enrique volta a assumir o comando da seleção espanhola

O treinador vai reassumir as funções de selecionador de futebol de Espanha, que deixou para acompanhar a doença da filha, que faleceu em agosto com um cancro ósseo. Luis Enrique, de 49 anos, regressa aos comandos …

Governo suspendeu 18 obras na ferrovia consideradas prioritárias

A Infraestruturas de Portugal (IP) adiou e/ou atrasou ou 18 obras do setor ferroviário que estavam contemplados no programa Ferrovia 2020 e eram consideradas prioritárias. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …

Suspeito do roubo das pistolas Glock implicou Direcção da PSP (mas nunca foi interrogado sobre isso)

O polícia que está acusado do roubo das pistolas Glock da PSP insinuou, em conversas telefónicas, que haveria chefias da Direcção Nacional desta força policial envolvidas na prática do crime. Apesar disso, nunca terá sido …

O Natal traz emoções fortes. Viva-as intensamente

Quando o tempo frio faz as suas primeiras aparições, quase imediatamente alguém afirma “não tarda nada estamos no Natal”. De facto, a quadra natalícia é o grande prémio de consolação do Inverno: o motivo pelo qual …

Estádio para os Jogos Olímpicos concluído antes da data prevista

O estádio Nacional Japonês, sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio de 2020, está concluído, a um mês da estreia oficial, informou esta terça-feira o organismo proprietário do complexo. De acordo com o Conselho de …

Suécia deixa cair investigação de violação contra Julian Assange

O Ministério Público sueco deixou cair a investigação de um caso de violação alegadamente cometido por Julian Assange, fundador do WikiLeaks, em 2010. "O Diretor Adjunto do Ministério Público, Eva-Marie Persson, decidiu hoje [terça-feira] descontinuar a …

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE (mas é o 3.º que menos recicla)

Portugal produz menos lixo do que a média da OCDE, mas é o 3.º que menos recicla, revelaram dados recentes da organização internacional. Em 2017, cada português produzir quase 500 quilogramas de lixo, valor inferior …

Novas demissões na Agência de Informações Financeiras do Vaticano

Um membro da entidade de regulação financeira do Estado do Vaticano, Marc Odendall, demitiu-se na sequência de buscas realizadas pela polícia e que originaram na suspensão do organismo do sistema de comunicações global. Marc Odendall, banqueiro …

Governo e Liga de clubes discutem redução do IVA para espetáculos desportivos

Secretário de Estado do Desporto afirma querer ouvir as reivindicações do organismo, mas sem se comprometer. O secretário de Estado da Juventude e do Desporto anunciou ontem que vai reunir-se com representantes da Liga Portuguesa de …

Tufão obriga a retirada de cerca de cinco mil pessoas do norte das Filipinas

Cerca de cinco mil pessoas foram retiradas do norte das Filipinas devido à aproximação do tufão Kalamaegi, que deverá tocar terra na província de Cagayan nas próximas horas, disseram esta terça-feira as autoridades locais. "Estamos preparados …