Ryanair muda as regras: vai ser preciso pagar para levar uma mala na cabine

A companhia aérea quer reduzir atrasos e incentivar passageiros a mandar malas para o porão. Para isso, vai descer preços da bagagem de porão e subir os das malas na cabine.

A partir do 1° de novembro, os clientes da Ryanair que quiserem viajar com uma pequena mala na cabine vão ter de pagar mais cinco euros pela tarifa de “embarque prioritário” aquando da compra ou seis euros se adquirida após a compra da viagem.

A companhia alterou as regras relativas à bagagem, alegando que sentiu necessidade de reduzir o tempo de embarque e os atrasos causados pelos passageiros que entram para o avião com a mala e depois têm dificuldades em encontrar espaço para a arrumar.

De acordo com um comunicado enviado às redações, a companhia low cost informa que os passageiros que pagarem pelo embarque prioritário poderão levar uma mala com as dimensões aceites na cabine e mais uma carteira ou mochila – com as dimensões 35cm x 20cm x 20cm.

Quem preferir não pagar o extra, vai ter de mandar a mala – com as dimensões 55cm x 40cm x 20cm – para o porão, sem pagar mais por isso, e esperar no final do voo para a recolher.

A companhia irlandesa prepara-se também para descer os preços da bagagem de porão. Cada passageiro poderá levar uma mala que pese até 20kg, em vez dos anteriores 15kg, e pagar por isso 25 euros (anteriormente o preço fixado era de 35 euros).

De referir, ainda, que estas novas regras aplicam-se a todos os voos a operar a partir de 1 de novembro, para as reservas já adquiridas ou a adquirir.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A Rynair apareceu para preencher uma lacuna que existia no transporte aéreo, com um serviço LOW COST que veio permitiu que muita gente pudesse viajar ou viajar ainda mais.
    Ok. Têm regras apertadas no que toca às bagagens. Todavia as regras estão bem explicitas no site deles, e nos bilhetes. As pessoas é que abusam e depois queixam-se…

    Não concordo todavia com a politica de atribuirão de assentos. Pois se for uma família de 4, com crianças, eles separam toda gente para “incentivar” a comprar o lugar… Todavia, o valor é acessível e vale bem a pena.
    Pela minha experiência, este é o problema dos atrasos no embarque. Encontramos pessoas a sentarem-se em outros lugares marcados, para irem junto com as suas famílias, que é compreensivo. Todavia vem depois a pessoa para se sentar no seu lugar marcado, que se encontra depois ocupado por outra pessoa, e dá se o forrobadó total… com gente a mudar de lugares e a querem mudar também as bagagens de mão… Um Autêntico circo.

    Resumindo: Queres viajar barato vai pela rynair, segue as regras e aguenta-te. Ou então compras os lugares e o speedy boarding para maior conforto.

Responder a Pinto Cancelar resposta

Fisco quer devolução de 3,5 milhões de euros por erro em declarações de IRS de 2015

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou um erro na liquidação de declarações de IRS relativas a 2015, que implicou um novo apuramento do imposto em cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 …

Afeganistão declara derrota do Daesh no principal bastião no país

O Presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, anunciou esta terça-feira a derrota do grupo extremista Daesh na província de Nangarhar, no leste, considerado um dos principais bastiões do grupo 'jihadista' no país. "Quem poderia imaginar há um …

Parlamento vota Orçamento do Estado a 10 de janeiro

O Orçamento do Estado para 2020 será discutido na generalidade em 9 e 10 de janeiro, na Assembleia da República, com votação final global marcada para 7 de fevereiro. Segundo o jornal Público, as duas primeiras …

Legionella. Fase de instrução do surto de Vila Franca de Xira começa hoje

O início desta fase facultativa, em que o Tribunal de Instrução Criminal de Loures vai decidir se o processo segue e em que termos para julgamento, está agendado para as 09h30 e decorrerá à porta …

Um dos mais influentes empresários de Malta foi detido no caso da morte de jornalista

Foi detido no seu iate o magnata Yorgen Fenech, um relevante empresário de Malta, no âmbito das investigações à morte da jornalista Daphne Caruana Galizia que estava a investigar pessoas influentes do país pelo alegado …

Presidente argentino diz que vai pagar dívida ao FMI, mas recusa mais ajustes fiscais

O Presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, assegurou na terça-feira ao Fundo Monetário Internacional (FMI) que o país vai cumprir com os compromissos em matéria de dívida, mas rejeitou aplicar mais ajustes fiscais. "Desenvolvemos um plano …

Vieira garante "reforma" de 3,8 milhões de euros com OPA do Benfica à SAD

A OPA parcial lançada pelo Benfica à sua própria SAD desportiva vai beneficiar os accionistas com um encaixe potencial de mais de 24 milhões de euros. Luís Filipe Vieira está entre esses beneficiados, podendo encaixar …

Pingo Doce

Trabalhadora do Pingo Doce terá sido impedida de ir à casa de banho (acabou por urinar na caixa)

Uma funcionária de um hipermercado Pingo Doce terá solicitado, por várias vezes, para ir à casa de banho, sem ter sido autorizada para isso, o que a levou a urinar-se no posto de trabalho. Uma …

Senado dos EUA aprova projeto de lei de apoio aos direitos humanos e democracia em Hong Kong

O Senado norte-americano aprovou, na terça-feira, por unanimidade, um projeto de lei de apoio aos direitos humanos e à democracia em Hong Kong, numa altura em que os protestos no território se tornam mais violentos. O …

Orçamento de 2% para a Cultura vai ser atingido em quatro anos

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, disse esta terça-feira que o horizonte de 2% da despesa do Orçamento do Estado, com origem nas receitas gerais para a cultura, será atingido em quatro anos, com um …