Ryanair cobra 4 euros por check in antecipado. “É ilegal”

A cobrança pela Ryanair de 4 euros aos passageiros com voos marcados para esta quarta e quinta-feira e que, por indisponibilidade dos serviços online da companhia, tiveram de fazer check in antecipado “é ilegal”, alerta a Deco.

De acordo com a associação de defesa do consumidor, que vai “denunciar a situação” junto da Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), os passageiros nestas condições a quem tiver sido cobrado pelo check in devem reclamar junto da Ryanair e reportar o sucedido através da plataforma “Queixas dos Transportes” da Deco.

Em causa está o anúncio feito na segunda-feira pela companhia aérea de que os seus serviços de reserva e check-in online estarão indisponíveis durante um período de 12 horas, entre as 17h00 desta quarta e as 05h00 de quinta-feira, para uma “atualização de sistema”.

A Ryanair disse ter contactado nesse dia “todos os passageiros com viagens marcadas para quarta-feira e quinta-feira por e-mail e por SMS, aconselhando-os a efetuaram o check in online para os seus voos na terça-feira, antes do referido encerramento“.

Contudo, segundo a Deco, “para fazer o check in antecipadamente o consumidor pode ser surpreendido com o pagamento de quatro euros pela escolha de lugar, a única possibilidade disponível para dar seguimento ao check-in naquele momento”.

“Na comunicação que a Ryanair enviou aos passageiros, a companhia alerta para a necessidade de fazer check-in online, sem concretizar a razão da urgência, e que o serviço está indisponível temporariamente”, diz a DECO, acrescentando que “os passageiros são apenas informados de que o check-in no aeroporto implica o pagamento de 55 euros“.

Para a associação de defesa do consumidor, “trata-se de mais uma política inaceitável” da Ryanair, que “penaliza os passageiros, apesar de o constrangimento ser da responsabilidade da companhia“. “A situação impõe informação individualizada e o check in sem custos associados”, remata a associação de defesa do consumidor.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. A Ryanair começou de pantufas a fazer os melhores preços low cost, agora vem de “tamancas” e aplicar custo em tudo que é possível e imaginario. O pessoal devido ás constantes greves já está a evitar esta companhia, daqui a nada nem a usa, depois vai sair de Portugal e depois certamente vai sobrar alguma coisa p/ os portugueses, a culpa de isto tudo ainda vai ser dos contribuintes.

  2. A Ryanair quer lá saber de legalidades ? Eles entendem que todos têm que se vergar ás suas regras. Podem ter sido baratos no começo, mas os extras que vão inventando começam a convencer cada vez menos gente.

  3. Mais uma!…
    Esta empresa mafiosa vem, mais uma vez, comprovar o seu principio de actuação no “mercado”:
    Preços baixos para “estourar” a concorrência, e depois é só começar a cobrar por tudo e mais alguma coisa!…

  4. Por mim já resolvi o problema, vou noutras companhias de low-cost ou em voos normais , que por vezes saem mais barato do que nas low-cost, principalmente quando se leva mais que a malinha de mão…. FAÇAM O MESMO……

  5. Há aqui qualquer coisa que não bate certo. No site da Ryanair consta a seguinte informação:

    “Caso optes por não adquirir um assento, poderás efetuar o check-in 48 horas antes de cada voo de partida e, neste caso, ser-te-á atribuído um lugar aleatório (gratuitamente). Importa recordar que tanto o voo de ida como o voo de regresso devem ocorrer 48 horas antes da partida seguinte para que possas beneficiar de um assento selecionado aleatoriamente. Tens sempre a opção de adquirir um lugar para efetuares o Check-in fora desta janela de 48 horas. O check-in online encerra 2 horas antes da partida prevista do voo.” – https://www.ryanair.com/pt/pt/informacao-util/centro-de-apoio/perguntas-frequentes/Check-in-no-aeroporto-e-on-line#0-3

    Como é que agora uma interrupção de 12h no serviço online vai forçar a compra de um lugar? Isto já parece aquela falsa notícia dos tripulantes que dormiram no chão, que entretanto foi descoberto que foi tudo encenado.
    Nem tudo o que se lê na internet é pura verdade…

Responder a ah Cancelar resposta

A Terra em 4K. Empresa vai transmitir vídeos do Espaço em tempo real

A empresa Momentus assinou um novo contrato que fornecerá transporte e implementação no Espaço para a Sen, uma empresa britânica que está atualmente a construir um serviço de streaming de vídeo 4k e em tempo …

Hertz abre falência nos Estados Unidos, mas sobrevive em Portugal

O presidente executivo da Hertz Portugal afirmou esta quarta-feira que, apesar do inevitável “dano reputacional”, a falência da empresa nos EUA não afeta a sua atividade no país, onde opera de forma “independente” em regime …

Sintomas da doença de Lyme podem ser perigosamente confundidos com covid-19

Alguns dos sintomas característicos da doença de Lyme podem ser confundidos com covid-19. Isto pode trazer sérias consequências devido ao diagnóstico tardio da doença. Quando doenças semelhantes a uma gripe se desenvolvem em pessoas que passam …

Revelada a lotação máxima de várias praias portuguesas

Em contexto de pandemia de covid-19, o número de banhistas que pode entrar numa determinada praia será controlado. Foi revelada a lotação máxima das praias para as regiões do Algarve (Barlavento e Sotavento) e de …

Café na Coreia do Sul contrata um robô-barista para evitar a propagação da covid-19

O café Daejon, na Coreia do Sul, "contratou" um barista-robô para servir bebidas aos seus clientes, tentando evitar assim a propagação da pandemia de covid-19, que já matou mais de 350 mil pessoas em todo …

Incêndios: PSD aponta falta de meios aéreos e avisa que covid-19 não justifica atrasos

O PSD apontou hoje falta de meios aéreos de combate a incêndios no terreno e acusou o Governo de ter ficado "aquém" nas reformas e mudanças na floresta, avisando que a pandemia de covid-19 não …

Lançamento da SpaceX adiado devido ao mau tempo

O lançamento da SpaceX, que estava previsto para hoje, foi adiado devido às condições meteorológicas. Haverá uma nova tentativa no sábado, às 20h22 de Lisboa. O esperado era que a SpaceX lançasse esta quarta-feira dois astronautas …

"Não consigo respirar". Protestos nos EUA pela morte de homem negro às mãos da polícia

Milhares de pessoas protestaram, esta terça-feira à noite, em Minneapolis, cidade no estado norte-americano do Minnesota, contra a morte de George Floyd, um homem negro que acabou por falecer depois de um episódio com a …

Um em cada três americanos não acredita que o azeite vem das azeitonas

Um terço dos norte-americanos entrevistados numa sondagem disse não acreditar ou não ter certeza de que o azeite vem das azeitonas. O produto alimentar é usado por menos de metade das famílias do país. Uma sondagem …

A pandemia separou casais de namorados. Dinamarca abre fronteiras a quem prove estar numa relação

Esta segunda-feira, a Dinamarca diminuiu o controlo na fronteira com outros países nórdicos e com a Alemanha para que casais transfronteiriços, separados pela pandemia, se reencontrem. A partir desta segunda-feira, os casais separados pela pandemia podem …