Ryanair volta a mudar regras de embarque

A partir de 13 de junho, quem não tiver bilhete prioritário só poderá fazer check-in 48 horas antes do voo.

A Ryanair vai voltar a mudar as regras para viajar. As mudanças abrangem sobretudo o check-in online e vão afetar quem comprou viagens sem pagar pelo suplemento de reserva de lugar.

A alterações da companhia aérea irlandesa vão entrar em vigor no dia 13 de junho. A que mais se destaca relaciona-se com o check-in online: quem tiver um bilhete normal, só poderá fazer o check-in pela Internet com 48 horas de antecedência.

Esta medida já é praticada por várias companhias aéreas, mesmo nas de baixo custo, adianta o Irish Independent. Até 2016, o check-in online poderia ser feito uma semana antes da viagem e, até agora, os passageiros poderiam proceder ao registo online quatro dias antes.

Em comunicado, citado pelo Dinheiro Vivo, a companhia aérea explica que “o check-in online (para clientes que não adquiriram assentos reservados) estará disponível a partir de 48 horas antes do voo e até 2 horas da partida em todos os voos a partir de 13 de junho”.

“Esta pequena alteração irá permitir aos clientes que desejem reservar assentos mais tempo para escolher o seu lugar preferido antes da partida do voo”, refere a Ryanair.

Se o passageiro quiser pagar pelo check-in prioritário (€4 por voo, mais a escolha de lugares cujo preço varia), pode fazer o check-in e reservar os lugares até 60 dias antes.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. E passará a ser possível, numa lógica de rentabilização da aeronave, viajar atado às asas ou debaixo do porão.

  2. Já agora coloquem os bilhetes a 0,01€, e check-in a 100€… tudo fazem para sacar a massa ao passageiro… Livra mas os idiotas… desculpem, digo ideias…

  3. Não há milagres, com os preços dos combustiveís a subir, a companhia tem que fazer ajustes.
    Eu utilizo quase de quinze em quinze dias um voo Porto Lisboa, porque me fica mais barato que a segunda classe no Alfa Pendular.

  4. Façam como eu. Não voem Ryanair. Nem sequer são competitivos hoje em dia. Façam as contas aos extras. É cinismo e arrogância por tratam os passageiros por autênticos tótós. Ryanair é um mito agora. Ninguém precisa deles para voar barato para grandes e médios destinos.

RESPONDER

Hernâni marca no final do prolongamento e apura FC Porto para as 'meias' da Taça

O FC Porto, da I Liga, apurou-se hoje para as meias-finais da Taça de Portugal em futebol, após derrotar no prolongamento o Leixões, da II Liga, por 2-1, com Hernâni a fazer o golo do …

Eleito o destino turístico mais barato para 2019 (e Portugal fica à espreita)

O complexo Sunny Beach, na Bulgária, foi eleito o destino mais barato para turistas em 2019, de acordo com um estudo levado a cabo pela British Post Office, que analisou preços dos 42 pontos turísticos mais …

Netflix está a ser processada por causa de "Bandersnatch"

O episódio interativo de Black Mirror, que estreou no final do ano passado, não agradou à Chooseco, a editora responsável pela série de livros Escolhe a tua Aventura. A 28 de dezembro estreou o mais recente …

Piloto belga "admitiu" ter assassinado o secretário-geral da ONU em 1961

Dag Hammarskjöld, secretário-geral da ONU, morreu na queda de um avião quando tentava negociar a paz no Congo, e o desastre continua a ser investigado até hoje É um mistério com mais de cinco décadas cujo …

Acordo para o Brexit chumbado. Plano de May esmagado no Parlamento

O Parlamento britânico chumbou, por uma esmagadora maioria, o acordo de saída da União Europeia negociado pela primeira-ministra Theresa May. O líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, aproveitou a derrota histórica de May para …

Senador italiano chamou “orangotango” a antiga ministra e foi condenado a pena suspensa

A justiça italiana condenou esta segunda-feira o senador da extrema direita Roberto Calderoli a 18 meses de prisão, com pena suspensa, por comparar, em 2013, a ministra da Integração, Cécile Kyenge, com um "orangotango". O tribunal …

Num restaurante do Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com o Dubai a tornar-se mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante lembrou-se de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma …

Roma e a Igreja em guerra milionária por causa das moedas da Fontana di Trevi

As moedas que os turistas lançam à Fontana di Trevi, um dos rituais mais populares entre quem visita Roma, está a causar problemas na relação entre a Igreja e a capital italiana. A câmara de Roma …

Frente Comum marca greve nacional da função pública

Os sindicatos da Frente Comum da Administração Pública decidiram marcar uma greve nacional para o dia 15 de fevereiro, anunciou Ana Avoila no final de um plenário realizado esta terça-feira em Lisboa. “Foi decidido marcar um …

A Coreia do Norte já não é "inimiga" da Coreia do Sul

A Coreia do Sul deixou de apelidar os militares norte-coreanos de "inimigos" no documento bienal da Defesa divulgado esta terça-feira, num aparente esforço para prosseguir a reconciliação com Pyongyang. O documento oficial do Ministério da Defesa …