Ryanair volta a mudar regras de embarque

A partir de 13 de junho, quem não tiver bilhete prioritário só poderá fazer check-in 48 horas antes do voo.

A Ryanair vai voltar a mudar as regras para viajar. As mudanças abrangem sobretudo o check-in online e vão afetar quem comprou viagens sem pagar pelo suplemento de reserva de lugar.

A alterações da companhia aérea irlandesa vão entrar em vigor no dia 13 de junho. A que mais se destaca relaciona-se com o check-in online: quem tiver um bilhete normal, só poderá fazer o check-in pela Internet com 48 horas de antecedência.

Esta medida já é praticada por várias companhias aéreas, mesmo nas de baixo custo, adianta o Irish Independent. Até 2016, o check-in online poderia ser feito uma semana antes da viagem e, até agora, os passageiros poderiam proceder ao registo online quatro dias antes.

Em comunicado, citado pelo Dinheiro Vivo, a companhia aérea explica que “o check-in online (para clientes que não adquiriram assentos reservados) estará disponível a partir de 48 horas antes do voo e até 2 horas da partida em todos os voos a partir de 13 de junho”.

“Esta pequena alteração irá permitir aos clientes que desejem reservar assentos mais tempo para escolher o seu lugar preferido antes da partida do voo”, refere a Ryanair.

Se o passageiro quiser pagar pelo check-in prioritário (€4 por voo, mais a escolha de lugares cujo preço varia), pode fazer o check-in e reservar os lugares até 60 dias antes.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. E passará a ser possível, numa lógica de rentabilização da aeronave, viajar atado às asas ou debaixo do porão.

  2. Já agora coloquem os bilhetes a 0,01€, e check-in a 100€… tudo fazem para sacar a massa ao passageiro… Livra mas os idiotas… desculpem, digo ideias…

  3. Não há milagres, com os preços dos combustiveís a subir, a companhia tem que fazer ajustes.
    Eu utilizo quase de quinze em quinze dias um voo Porto Lisboa, porque me fica mais barato que a segunda classe no Alfa Pendular.

  4. Façam como eu. Não voem Ryanair. Nem sequer são competitivos hoje em dia. Façam as contas aos extras. É cinismo e arrogância por tratam os passageiros por autênticos tótós. Ryanair é um mito agora. Ninguém precisa deles para voar barato para grandes e médios destinos.

RESPONDER

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …

Os furacões podem provocar atividade sísmica tal como um terramoto

Uma equipa de cientistas descobriu um novo fenómeno geofísico no qual furacões ou fortes tempestades podem produzir vibrações no fundo do oceano tão fortes quanto um terramoto de magnitude 3.5. "As tempestades, furacões ou ciclones extratropicais …

Quem anda mais devagar pode envelhecer mais rapidamente

A velocidade a que caminham as pessoas aos 45 anos pode ser um indicador de como é que o cérebro e o corpo envelhecem, revela um novo estudo levado a cabo por uma equipa de …