Rússia inicia ataques aéreos na Síria contra Estado Islâmico

Sebastian Derungs / swiss-image.ch / World Economic Forum

Vladimir Putin, presidente da Rússia

Vladimir Putin, presidente da Rússia

O Ministério da Defesa russo anunciou esta quarta-feira ter efetuado os primeiros ataques aéreos na Síria, destruindo “equipamentos militares” e “armas e munições” do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

“Em conformidade com a decisão do comandante em chefe das forças armadas Vladimir Putin, realizámos uma operação aérea e bombardeamentos de precisão contra alvos no solo dos terroristas do grupo EI na Síria”, declarou o general Igor Konachenkov, porta-voz do Ministério da Defesa, citado pelas agências noticiosas russas.

Putin obteve hoje luz verde do Senado russo para realizar bombardeamentos, pedidos pelo aliado, o presidente da Síria, Bashar al-Assad.

A Presidência síria confirmou hoje que Al-Assad tinha pedido à Rússia ajuda militar “no âmbito da iniciativa do Presidente Putin de luta contra o terrorismo”.

De acordo com um responsável da Defesa norte-americano, a embaixada russa em Bagdad avisou a representação diplomática de Washington que os russos iam “começar missões aéreas contra o EI”. A embaixada russa “pediu também que os aviões norte-americanos evitem o espaço aéreo sírio durante estas missões”, acrescentou.

Os Estados Unidos lideram uma coligação que há mais de um ano bombardeia as posições do EI na Síria e no Iraque. O chefe da administração presidencial russa, Serguei Ivanov, precisou que o dispositivo limitava-se apenas a bombardeamentos, excluindo por enquanto quaisquer ações de tropas no solo.

Vladimir Putin justificou os bombardeamentos aéreos russos na Síria, afirmando tratar-se de ganhar rapidez e atacar os jihadistas em territórios sob o seu controlo antes de chegarem a outros países.

“O único meio de lutar eficazmente contra o terrorismo internacional – na Síria e nos territórios vizinhos – é ganhar velocidade, lutar e destruir os combatentes e os terroristas nos territórios que controlam e não esperar que cheguem aos nossos”, declarou.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não consigo deixar de ficar com um pé atrás ao ver esta atitude por parte do Putin. Era mais de prever que fosse ele a vender as armas ao estado islâmico. Mas pronto acho que temos que lhe dar um voto de confiança

Responder a Jm Cancelar resposta

Marcelo pede tolerância zero contra o racismo (e pede “sentido nacional” a Governo e oposição)

O Presidente da República recomendou esta quinta-feira aos democratas “tolerância zero” e “sensatez” para combater o racismo, ao comentar as ameaças de que foram alvo três deputadas e outros sete ativistas. “Os democratas devem ser muito …

43% das escolas no mundo sem condições de higiene para reabertura segura

Mais de 40% das escolas no mundo não têm acesso a condições básicas de higiene, como água para lavar as mãos e sabão, aumentando os riscos de reabertura no contexto da pandemia de covid-19, alertam …

Mais seis mortes, 325 novos casos e 237 recuperados

Portugal regista esta quinta-fira mais seis mortes por covid-19, 325 novos casos de infeção e mais 237 pessoas dadas como recuperadas em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

"Filme fantástico". Novo livro revela cartas entre Kim Jong-un e Donald Trump

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, qualificou o seu relacionamento com o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como um “filme fantástico”, segundo os editores de um livro a ser publicado, que revela a correspondência entre …

Grupo avisa Bruxelas que Portugal pode tornar-se ilha ferroviária na Europa

Um grupo de portugueses ligados ao setor ferroviário alertou a comissária europeia dos Transportes para a possibilidade de Portugal se tornar uma ilha ferroviária na Europa devido ao atraso em adotar "a bitola europeia" nas …

China encontra traços do coronavírus em asas de frango importadas do Brasil

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, na cidade de Shenzhen, no sul da China, noticiou, esta quinta-feira, um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). Os traços foram detetados …

Denúncia de Rui Pinto leva a congelamento de conta bancária da Doyen

Oito milhões de euros que estavam numa conta bancária do fundo de investimento Doyen foram congelados pelas autoridades portuguesas. Uma denúncia do whistleblower português Rui Pinto levou o fundo a ser investigado por suspeitas de fraude …

Preocupado com a Bielorrúsia, Macron ligou a Putin (e aproveitaram para falar da vacina russa)

O Presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou esta quarta-feira ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, "uma preocupação muito grande" quanto à situação na Bielorrússia após a reeleição do chefe de Estado autoritário bielorrusso, Alexander Lukashenko. Segundo indicou …

Obras do Hospital Militar de Belém custaram mais do triplo do valor estimado

As obras no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, custaram mais do valor inicialmente estimado, avançou o Diário de Notícias esta quarta-feira. De acordo com o jornal, estava inicialmente previsto que a reabilitação de três …

Autópsia a Valentina revela descolamento do crânio

A autópsia a Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta na serra D’el Rei, em Peniche, distrito de Leiria, em meados de maio, revela descolamento do crânio, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. …