Rússia e China querem explorar o fundo da Fossa das Marianas

A empresa estatal russa Rubin, construtora de equipamentos navais, elaborou um projeto de um aparelho destinado a realizar pesquisa científica a uma profundidade de 11 mil metros.

Onze quilómetros é, precisamente, a profundidade do ponto mais profundo da Terra – a Fossa das Marianas, localizada no oceano Pacífico, a leste das ilhas Marianas, na fronteira convergente entre as placas tectónicas do Pacífico e das Filipinas.

“Foi elaborado um projeto preliminar do design do complexo Vityaz, destinado a realizar pesquisas científicas à profundidade de 11 mil metros, promovendo testes e a criação de meios técnicos para explorar o oceano mundial”, diz um comunicado da Rubin Design Bureau for Marine Engineering (CDBME), citado pela Sputnik News.

Além disso, o relatório da empresa anunciou a criação e primeiros testes de um protótipo do aparelho submarino não tripulado Klavesin-2R-PM, destinado a realizar missões de observação e busca à profundidade de seis mil metros.

Corrida oceânica

O comunicado surge cerca de um mês depois da China anunciar que está a desenvolver um submarino de última geração capaz de descer a 11 quilómetros de profundidade, com o intuito de levar os seres humanos ao local mais profundo do planeta.

De acordo com a BBC, o projeto faz parte de um esforço chinês de desenvolvimento de recursos tecnológicos de ponta voltados para a exploração científica, uma política que também se traduz em tecnologias como o  radiotelescópio colossal construído na China, que ficará pronto em setembro deste ano.

No entanto, o desenvolvimento do submarino é visto como um esforço para obter supremacia marítima na região, gerando críticas devido ao fato de Pequim estar em disputa territorial de ilhas e mares da região com outras nações.

Depressão Challenger

Os estudos do ponto mais profundo do nosso planeta têm sido realizados ao longo de muitos anos, mas apenas quatro missões atingiram o fundo da fossa, a Depressão Challenger (ou Challenger Deep).

A primeira imersão até ao fundo da fossa foi realizada em 23 de janeiro de 1960 pelo marinheiro da Marinha dos EUA Don Walsh e o cientista Jacques Piccard , que atingiram 10.916 metros de profundidade dentro do submarino Trieste.

Duas missões não tripuladas bem-sucedidas foram realizadas em 1995 e 2009. A primeira foi a do submarino japonês Kaikō, e a segunda do submergível Nereus.

Em 2012, o diretor James Cameron tornou-se o primeiro homem a imergir até ao fundo da fossa sozinho, a bordo do Deepsea Challenger.

AF, ZAP / SN / CT

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vídeo de criança vítima de bullying gera onda de apoio global

Internautas de todo o mundo, inclusive celebridades, uniram-se para dar apoio ao menino australiano, de nove anos, que sofre de bullying por causa da sua aparência. De acordo com a BBC, Yarraka Bayles partilhou o vídeo …

Descoberta nova quasipartícula: o π-ton

Foi descoberta uma nova quasipartícula no Instituto de Tecnologia de Viena. Os cientistas batizaram-na de π-ton, uma quasipartícula que contém dois eletrões e duas lacunas. Existem diferentes tipos de partículas. Um deles, as quasipartículas, são excitações …

É oficial. Friends está de volta para um episódio especial

As preces dos fãs foram finalmente ouvidas. O elenco de Friends vai reunir-se para um episódio especial exclusivo na HBO Max. Jennifer Aniston, Courteney Cox, Lisa Kudrow, Matt LeBlanc, Matthew Perry e David Schwimmer voltarão ao …

Dieta ocidental está a deixar as pessoas menos inteligentes

Uma dieta pouco saudável, à base de hambúrgueres e doces está literalmente a deixar as pessoas menos inteligentes apenas no espaço de uma semana. Esta foi a conclusão de um estudo de investigadores da Universidade …

Pedro Proença: Sociedade deve atuar no combate ao racismo

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta sexta-feira, que a sociedade portuguesa deve atuar no combate ao racismo, violência, xenofobia e intolerância. A Liga vai lançar, durante este fim-de-semana, uma campanha com …

Na última década, Coreia do Norte gastou mais de meio milhão de dólares em cavalos russos

A Coreia do Norte gastou recentemente dezenas de milhares de dólares na aquisição de 12 cavalos provenientes da Rússia, de acordo com os dados alfandegários. A Coreia do Norte gastou quase meio milhão de dólares (584.302 …

O caranguejo "supervilão" do Canadá vai ser transformado em plástico biodegradável

Uma equipa de cientistas no Canadá desenvolveu um plano para transformar uma espécie invasora de crustáceo - conhecida como como caranguejo supervilão - em copos e talheres  de "plástico", usando as suas carapaças para criar …

Covid-19. Tripulante de navio japonês pode ser o primeiro português infetado

Um português que é tripulante do navio Princess Cruises, atracado no porto de Yokohama, no Japão, pode ter sido diagnosticado "positivo" com o novo coronavírus. Contactada pela agência Lusa, a diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, afirma …

Harry e Meghan vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal

O duque e a duquesa de Sussex vão deixar de poder usar a marca Sussex Royal, anunciou, esta sexta-feira, um porta-voz da casa real. "Estando o duque e a duquesa focados nos seus planos de estabelecer …

Messi marca quatro e embala Barcelona para o topo da La Liga

Um póquer de Lionel Messi embalou o FC Barcelona, este sábado, para a liderança da Liga espanhola, com uma "mão cheia" de golos na receção ao Eibar (5-0). Os catalães subiram ao topo de La Liga …