Rui Rio: Governo “engana permanentemente os portugueses”

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

“Já diz o povo que há meias verdades que são piores do que mentiras.” Rui Rio acusou o Executivo de António Costa de “vender ilusões” e de não ter estratégia económica.

O líder do PSD, Rui Rio, afirmou este domingo que o Governo socialista de António Costa “permanentemente engana os portugueses”, além de que “não tem uma estratégia de crescimento económico” e é responsável pela “degradação dos serviços públicos”.

“O grande engano é quando nos vendem uma situação económica de quase milagre económico e depois todos descobrimos que não pode fazer isto e aquilo porque não têm meios”, disse Rio, no encerramento do XVII Congresso do PSD/Madeira, no Funchal, em que Miguel Albuquerque foi reeleito presidente.

O líder social-democrata vincou que o problema do Governo é que “vende ilusões”, sublinhando que “quem vende ilusões, mais dia ou menos dia, colhe descontentamento sob a forma de greve ou de outra forma qualquer”.

“Nós temos aqui, na Madeira, que explicar se querem continuar com o Governo regional que têm [PSD], ou se querem trocar por um outro que é assim como eu agora acabei de explicar”, disse Rui Rio ao congresso, indicando que no continente, é preciso “explicar o contrário: que é bom trocar aquilo que temos por algo muito mais estável“.

Rio disse, por outro lado, que o Conselho Nacional do partido, realizado em 17 de janeiro, foi fundamental para garantir a “unidade” e a “estabilidade” necessárias para enfrentar as três eleições deste ano: europeias, regionais na Madeira e nacionais.

“Estou seguro de que temos condições de ganhar esta tarefa e prestar um melhor serviço a Portugal do que aquele que o Partido Socialista está neste momento a prestar”, afirmou.

Ao longo da sua intervenção, o líder do PSD esmiuçou o desempenho executivo nacional, considerando que “governa para agradar no momento”, que “não tem estratégia económica” e que é responsável pela “degradação dos serviços públicos”.

“Não tem estratégia de crescimento económico, porque foi um Governo que ao longo de todos estes anos se preocupou fundamentalmente em pegar em todas as folgas que a conjuntura permitia e distribuir pela lista de reivindicações feitas pelo Partido Comunista, feitas pelo Bloco de Esquerda”, disse, vincando que “isto significa que esqueceu completamente o futuro”.

O líder social-democrata realçou ainda que Portugal teve dos piores crescimentos económicos da União Europeia nos últimos quatro anos e não fez nenhuma reforma estrutural.

“Não fizeram nada pelo investimento privado, baixaram o investimento público, degradaram a taxa de poupança, agravou-se o endividamento das famílias, atingiu-se a maior carga fiscal da história de Portugal”. Por outro lado, “degradaram os serviços públicos para um patamar que é inadmissível em qualquer circunstância“, afirmou, considerando que este é o indicador de que a austeridade não acabou.

Rui Rio apontou vários exemplos de má governação, como as greves em vários setores, a descoordenação no combate aos incêndios, a segurança das estradas, o roubo de Tancos, os problemas no Sistema Nacional de Saúde, considerando que se trata de um Governo que “permanentemente engana os portugueses”.

“Em que tudo o que diz tem uma parte de verdade e uma parte de mentira, nem tudo o que diz é completamente mentira, mas em tudo o que diz também não é completamente verdade”, afirmou. “Já diz o povo que há meias verdades que são piores que mentiras.”

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Mais de 60% dos portugueses deixaram de ir a restaurantes. Só 33% considera que o Estado prioriza a saúde

A nível nacional, 63% dos portugueses que continuaram a ir a espaços de restauração indicaram o convívio familiar com principal motivo da deslocação. A nível dos cuidados de saúde apenas 33% dos portugueses consideram que …

Santa Casa contratou Paulo Pedroso como consultor por 3700 euros

O ex-ministro socialista Paulo Pedroso, actual director da campanha presidencial de Ana Gomes, foi contratado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) em Setembro passado, com um ordenado de 3700 euros e efeitos retroactivos …

Covid-19. Médicos devem dar prioridade a quem pode recuperar vida normal e não à idade

Os doentes que podem recuperar para uma vida normal devem ter prioridade face aos que têm baixa probabilidade de recuperação e a idade não pode por si só ser critério, recomenda um parecer do Colégio …

"Há doentes a ficar para trás". Ex-ministro da Saúde diz que mortes por falta de cuidados são inaceitáveis

O ex-ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes afirmou esta terça-feira que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) está a ser exposto a um teste de stresse devido à pandemia e que não é aceitável que …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar a médica que divulgou receita para enganar testes à covid-19

Depois de médica divulgar receita para os possíveis infetados testarem negativo à covid-19, a Ordem dos Médicos abriu o terceiro processo contra membros do movimento que contesta o uso de máscaras - os "Médicos pela …

Aprovado alargamento das taxas agravadas do IMI e IMT para empresas em offshores

As empresas localizadas em offshore que criem um veículo para deter imóveis em Portugal vão passar a estar sujeitas a taxas agravadas de IMI e de IMT, segundo uma proposta aprovada pelo Parlamento nesta terça-feira. A …

Processo de contratação pública "é um terror" que "torna um inferno" o trabalho do Estado

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, afirmou esta terça-feira que "o processo de contratação pública é um terror" que "torna num inferno" o trabalho do Estado e das empresas que fazem investimento público. "O processo …

"Não fui eu que o fiz". Nélio Lucas não se lembra de detalhes dos negócios com o FC Porto

O ex-presidente da Doyen, Nélio Lucas, disse esta terça-feira em tribunal, no âmbito do julgamento do caso Football Leaks, que não se recorda das circunstâncias e detalhes dos empréstimos que o fundo fez à SAD …

Juízes indeferem requerimentos da Doyen contra defesa de Rui Pinto

O coletivo de juízes do processo Football Leaks indeferiu os requerimentos apresentados hoje pelos advogados da Doyen para travar a linha de inquirição da defesa de Rui Pinto, alegando estar em causa um "escrutínio" dos …

Do gesto altruísta à "bomba" que deixaria Scholes orgulhoso. Bruno Fernandes brilha na Champions

Bruno Fernandes esteve em destaque ao serviço do Manchester United em noite de Liga dos Campeões. O português marcou um golaço e teve oportunidade de fazer o hat-trick, mas ofereceu o penálti. Num grupo H ainda …