/

Agora, a distribuição de correio na Grécia é mais eficiente. Tudo graças a pequenos robôs amarelos

O serviço postal da Grécia tem novos “funcionários” muito especiais: uma frota de robôs amarelos que fazem a triagem do correio.

O serviço postal da Grécia, mais especificamente o centro de triagem de Atenas, tem agora 55 pequenos robôs móveis autónomos de quatro rodas (AMR, na sigla em inglês).

Os aparelhos são alimentados por inteligência artificial e deslizam numa plataforma do centro Helenic Post para acelerar o processo de triagem do correio.

Os pequenos robôs — que fazem parte do programa de reestruturação digital da empresa estatal — digitalizam o código postal das encomendas, pesam o pacote e, dirigidos por sensores, esvaziam-no nos sacos de correio correspondentes, montados à volta da plataforma. O objetivo é ajudar a agilizar o processo de triagem, numa altura em que o número encomendas é cada vez maior, devido à pandemia de covid-19.

“Até há pouco tempo, a triagem era realizada manualmente (…), muitas vezes com a ocorrência de erros, causando atrasos na entrega aos nossos clientes e custos acrescidos para a empresa”, disse o Chefe do Executivo dos Correios Helénicos, George Constantopoulos, em declarações à Reuters.

Agora, até 80% da separação das encomendas foi entregue aos robôs amarelos e Constantopoulos explicou que o processo se tornou até três vezes mais rápido, assegurando a entrega no dia seguinte.

Os robôs podem manusear até 168 mil encomendas, até 15 quilogramas cada, por dia e só precisam de ser recarregados a cada quatro horas, durante cinco minutos.

“O objetivo não é substituir trabalhadores humanos por robôs, mas sim aumentar a força de trabalho humana e torná-los mais eficientes”, disse Constantopoulos.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.