Robô mergulha a 950 metros de profundidade para encontrar submarino desaparecido

Juan Kulichevsky / Wikimedia

Submarino ARA San Juan da Armada Argentina desapareceu com 44 tripulantes a bordo

A busca pelo submarino argentino San Juan, desaparecido há 18 dias, concentrou-se este domingo num ponto do Oceano Atlântico a 950 metros de profundidade, informaram fontes oficiais.

No briefing diário sobre a operação de busca, o porta-voz da marinha argentina, Enrique Balbi, disse que o equipamento submersível russo de operação remota tentará descer até esse ponto.

Dois navios diferentes, utilizando sonares, detetaram nesse ponto sinais de um possível objeto metálico.

O robô russo desceu no sábado para outro ponto onde foi localizado um sinal, a 477 metros de profundidade, mas as autoridades descartaram que se tratasse do submarino, já que os destroços encontrados, devido às suas caraterísticas, seriam de um barco-pesqueiro.

O robô submersível russo também desceu depois a outro ponto, a 700 metros de profundidade, mas Balbi disse que nada foi detetado, por isso os responsáveis pela operação de busca resolveram fazer uma nova procura com sonar na região para confirmar o sinal e, eventualmente, fazer um nova descida.

Além disso, Balbi disse que existe um terceiro ponto, a 800 metros de profundidade, e acrescentou que seis navios utilizados na operação permanecem na região.

Na última quinta-feira, a marinha argentina deu por finalizada a fase de buscas para um possível resgate da tripulação e passou para uma etapa de mero rastreamento para encontrar o submarino, uma vez que já se passaram duas semanas desde o desaparecimento e não há mais condições de haver sobreviventes.

Após o pronunciamento do porta-voz na base naval de Mar del Plata, os familiares dos tripulantes saíram em bloco da instalação militar com bandeiras argentinas e cartazes com fotos dos submarinistas.

Em frente à base, o grupo parou para falar com a imprensa e anunciou que estava a iniciar ali mesmo uma marcha de protesto em direção a uma praça central da cidade.

O grupo de manifestantes explicou que o objetivo do protesto é mostrar a sua “dor” e pedir que o presidente Mauricio Macri vá a Mar del Plata oferecer esclarecimentos e também ordene a retomada da fase de busca e resgate dos submarinistas.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Tem dores nas articulações quando está de chuva? É mito

A relação entre o tempo de frio e chuva e as dores nas articulações é um mito que persiste desde a antiguidade, mas não há qualquer relação, garante um estudo feito nos Estados Unidos e …

Vieira da Silva "absolutamente tranquilo"

O ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social reafirma estar "absolutamente tranquilo" relativamente à sua implicação no caso relativo a suspeitas de gestão danosa na associação Raríssimas. "Uma equipa técnica do Instituto de Segurança …

China constrói campos de refugiados na fronteira com a Coreia do Norte

A China, que sempre defendeu uma solução pacífica para a crise da Coreia do Norte, pode estar a preparar-se para um eventual conflito militar ou para a queda do regime de Kim Jong-un. Isto numa …

Ministério abre processo disciplinar por fuga de informação no exame de Português

O inquérito à fuga de informação no exame nacional de Português deste ano determinou a abertura de um processo disciplinar a uma professora "para apuramento de responsabilidade", adiantou o Ministério da Educação. O processo disciplinar é …

"Super-homem chinês" cai de um edifício e filma a própria morte

O "super-homem" Wu Yongning, uma estrela na rede social chinesa Weibo, morreu ao cair do 62º andar de um edifício em Changsha, na China. Wu Yongning, de 26 anos, morreu numa queda ocorrida quando tentava subir …

Governo concede tolerância de ponto no dia 26 de dezembro na função pública

O Governo vai conceder tolerância de ponto em 26 de dezembro "aos trabalhadores que exercem funções públicas nos serviços da administração direta do Estado, sejam eles centrais ou desconcentrados, e institutos públicos", de acordo com …

Juncker envolvido em processo judicial por escutas ilegais

Jean-Claude Juncker pode ser envolvido num processo judicial por escutas ilegais e adulteração de conversas. A investigação é relativa a uma altura em que o Presidente da Comissão Europeia era primeiro-ministro do Luxemburgo. Jean-Claude Juncker, presidente …

ONU prepara projeto contra reconhecimento pelos EUA de Jerusalém como capital de Israel16

Um projeto de resolução contra o reconhecimento pelos Estados Unidos de Jerusalém como capital de Israel está a ser preparado na ONU para demonstrar o isolamento dos norte-americanos no Conselho de Segurança. Os Estados Unidos da …

Senador John McCain hospitalizado devido a tumor

O senador e ex-candidato republicano à Casa Branca foi hospitalizado, esta quarta-feira, nos arredores de Washington. John McCain foi diagnosticado em julho com um tumor cerebral. "O senador McCain está a receber tratamento no Centro Médico …

Último aviso da Cassini: se for a Saturno, leve guarda-chuva

Se está a pensar fazer uma viagem até Saturno deixamos um conselho: não se esqueça do guarda-chuva. Cientistas norte-americanos descobriram recentemente que os anéis de Saturno podem produzir uma espécie de chuva. A sonda Cassini viveu …