Rio acusa Costa de o ter insultado e diz que “não teve o nível que deve ter um primeiro-ministro”

Filipe Farinha / Lusa

Rui Rio acusou hoje o primeiro-ministro de ter enveredado pelo “quase insulto” na entrevista publicada domingo e de “não quer fazer reforma nenhuma” na Justiça quando “deveria ser o primeiro” a fazê-lo devido à Operação Marquês “e outros casos”.

“Estamos num país para lá das questões económica e sanitária. Sabemos que há um problema grave com a Justiça, a Justiça não funciona, a Justiça não está de acordo com os parâmetros fundamentais do Estado do Direto Democrático e aquilo que primeiro-ministro tem a dizer às propostas que temos feito de reforma estrutural da Justiça (…) envereda quase pelo insulto”, argumentou o líder social-democrata.

O líder dos sociais democratas, que falava aos jornalistas na sede do PSD no Porto, depois de se ter reunido com o Sindicato dos Oficiais de Justiça, começou por dizer que sobre a entrevista de António Costa ao DN, JN e TSF, publicada no domingo, na revista Notícias Magazine, “podia dizer muito”, mas não o faria para “não cair num patamar idêntico”.

“Se dissesse muito, caía num patamar idêntico ao dele, e não quero. A entrevista não teve o nível que deve ter para um primeiro-ministro. Os insultos quase que ele me fez não interessam para o futuro do país, mas tiro conclusões. Acho que, infelizmente, todos tiramos a conclusão de que o doutor António Costa e este Governo não quer fazer reforma nenhuma”, referiu.

O presidente do PSD considerou que da entrevista ficou a ideia de que “não há esperança nenhuma que este Governo vá fazer uma qualquer reforma na justiça”, um Governo do PS que Rio considera que deveria ser “o primeiro a aprender e a desejar que houvesse reforma na Justiça”.

“Este Governo, e em particular este Partido Socialista, devia ser o primeiro a aprender e a desejar que houvesse reforma na justiça. É no enquadramento que lhe fazem sobre a Operação Marquês e o engenheiro José Sócrates que ele dirige as primeiras palavras desagradáveis, praticamente insultos, à minha pessoa. Perante um caso como a Operação Marquês e muitos outros a resposta não devia ser insultar a oposição, mas de abertura para reformarmos a justiça em Portugal”, afirmou.

António Costa, comparou no domingo o presidente do PSD, Rui Rio, a “um cata-vento” e alertou para os perigos democráticos da “contaminação do PSD pelas ideias do Chega”.

“Um cata-vento tem uma grande vantagem sobre o dr. Rui Rio: é que um cata-vento ao menos tem pontos cardeais, o dr. Rui Rio não tem”, afirmou o líder socialista e primeiro-ministro em entrevista ao DN, JN e TSF.

A propósito da possibilidade de existir um acordo na Justiça entre os dois maiores partidos, o secretário-geral do PS faz duras críticas ao líder social-democrata, afirmando que “desistiu de disputar o centro com o PS e a única coisa que agora quer disputar é ali 2 ou 3% dos votos com o Chega”, tendo feito um acordo nos Açores e “já importou uma senhora para candidata à Câmara da Amadora”, Suzana Garcia.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O Costa até pode estar errado em relação a muita coisa mas quanto ao que diz sobre o “riu rio”, acerta na mouche. Rio é um perigo para o seu proprio partido, e com isto, para a democracia e para o país também. Vejam só como fica todo emproeirado em relação aos Açores e esquece-se que teve dar o lugarzinho aos FASCISTAS do chega para lá chegar. É este o tipo de vitórias que querem escarrapachar na cara do ps ? Lol, cata-vento fica-te muito bem, “riu”!

  2. Senhor Rui Rio quando o senhor diz que o PS comeu o seu próprio veneno sobre os Açores o senhor está a mentir com todos os dentes da sua boca, quem comeu o mesmo veneno foi o PPD e o CDS foram os senhores que diziam que o governo era uma geringonça, e afinal o PPD foi fazer uma geringonça nos Açores, não vai ser com o senhor e os actuais dirigentes do PPD que o PPD vai merecer a confiança dos eleitores, o senhor fala muito sobre a corrupção e tinha razão se o senhor em 1992 não fosse deputado que foi nesse ano que acabaram com a Alta Autoridade Contra a Corrupção o senhor e muitos que falam na corrupção não tem moral para falar em corrupção assim como o PS não tem, sobre a seriedade e honestidade era bom que se visse ao espelho e visse o PPD o que ele era e foi e no que está transformado, o PPD merecia pessoas sérias honestas e com sentido de Estado que é o que lhe falta.

RESPONDER

Serena Williams: "A prioridade é a minha filha, não os Jogos Olímpicos"

Recordista do ténis feminino deixa a entender de que não vai a Tóquio. Naomi Osaka coloca dúvidas à volta do próprio evento. "Sou atleta e, por isso, é claro que o meu pensamento imediato é: quero …

A Cidade do México está a afundar a um ritmo incontrolável

Um novo estudo mostra que a Cidade do México, a metrópole mais populosa da América do Norte, afundou tanto que será impossível salvá-la. Depois de séculos de drenagem dos aquíferos subterrâneos, o leito do lago no …

Micróbios podem já estar a comunicar com espécies alienígenas

Os micróbios podem já estar a comunicar com espécies alienígenas, algo semelhante ao que tentamos fazer através do projeto SETI desde 1959. Estaremos sozinhos no Universo? O famoso programa SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) tem tentado …

Tweet de Elon Musk afunda Bitcoins (e dá força à criptomoeda que nasceu como meme)

A Tesla vai deixar de aceitar Bitcoins como forma de pagamento. A revelação foi feita por Elon Musk numa publicação no Twitter e levou à queda do valor da criptomoeda no mercado. A par disso, …

Investigadores criam nova solução para óculos de realidade virtual e aumentada

Uma equipa de investigadores criou uma nova tecnologia para fornecer óculos de realidade virtual que não parecem "olhos de inseto". Num novo artigo publicado na Science Advances, os especialistas descrevem a impressão de ótica de forma …

Genética da população portuguesa pode explicar deficiência de vitamina D

Investigadores portugueses concluíram que a população portuguesa tem uma prevalência superior à média europeia de algumas alterações genéticas que levam a uma predisposição para o défice de vitamina D. Este estudo, coordenado pelo Centro Cardiovascular da …

Polónia quer comprar casa de campo francesa (para recuperar o legado de Marie Curie)

A Polónia quer comprar e renovar a casa de campo francesa de Marie Curie e transformá-la num museu, naquele que é um esforço para reivindicá-la como génio científico e pioneira polaca. Embora tenha nascido na Polónia, …

Min Nyo é jornalista, cobriu os protestos em Myanmar e foi condenado a 3 anos de prisão

Min Nyo, um jornalista birmanês de 51 anos, foi condenado a três anos de prisão pela sua cobertura dos protestos na sequência do golpe de Estado em Myanmar. Min Nyo, que trabalhava para a DVB (Voz …

McDonald's e Casa Branca unem-se para sensibilizar população a ser vacinada

Numa parceria com a Casa Branca, a cadeia de fast food norte-americana também está a dar o seu contributo para sensibilizar a população para a vacinação contra a covid-19. A ideia é promover informações relevantes sobre …

Voo "para lado nenhum" esgota em tempo recorde. Bastaram 2,5 minutos

A companhia aérea australiana Qantas vendeu os bilhetes para o próximo "voo para lugar nenhum" em tempo recorde: 2,5 minutos. A Qantas está a promover um novo "voo para lugar nenhum" que dará aos famintos por …