Responsável da Câmara de Nelas veio de Espanha e furou quarentena

Estela Silva / EPA

O chefe de gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Nelas, no distrito de Viseu, esteve recentemente em Espanha, está infetado com a Covid-19 e furou a quarentena.

“Veio, não avisou ninguém, não observou a quarentena e esteve reunido com bombeiros, IPSS, Proteção Civil e demais entidades do concelho no delinear da estratégia de contenção da pandemia”, conta fonte da saúde ao semanário Expresso.

O chefe de gabinete do Presidente da Câmara Municipal de Nelas esteve na capital espanhola, há dez dias, e regressou ao trabalho esta segunda-feira. Entretanto, o teste para detetar a infeção pelo novo coronavírus deu positivo e, por isso, encontra-se agora isolado em casa.

Na página oficial da autarquia, adianta o jornal, estão sinalizados dois novos casos de Covid-19, sendo que um deles é em Canas de Senhorim, urbanização onde reside este responsável político.

Ao semanário, várias fontes, ligadas à Proteção Civil e políticas, censuram “este comportamento perigoso de quem devia ser o primeiro a dar o exemplo”, “porque o chefe de gabinete contactou com todas as autoridades civis e de segurança municipais e distritais”.

Fonte da Proteção Civil adianta ainda que o concelho “tem o plano municipal ativo e, se a situação se agravar, pode ser decretada uma cerca sanitária”, tal como a que já existe em Ovar.

Autarca de Corroios almoça em restaurante fechado

Na terça-feira, o Correio da Manhã também avançou que o presidente da Junta de Freguesia de Corroios, no Seixal, Eduardo Rosa, foi apanhado a almoçar com sete amigos num restaurante.

A PSP foi chamada ao local, identificou os intervenientes e participou o caso ao Ministério Público (MP) por violação das restrições impostas pelo estado de emergência, que impede os restaurantes de estarem abertos, a não ser para servirem refeições entregues ao domicílio ou para take away.

Na verdade, conta o jornal, o estabelecimento em causa estava apenas a vender refeições take away, no entanto, na sala anexa do restaurante estava o grupo de amigos, onde se incluía o autarca, a ser servido por um empregado de mesa.

O país encontra-se em estado de emergência desde as 00h00 de quinta-feira e até às 23h59 de 2 de abril. Esta quarta-feira, o Ministério da Administração Interna (MAI) referiu que já foram detidas 39 pessoas pelo crime de desobediência e foram encerrados 649 estabelecimentos.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. como querem que a populaçao esteja em casa quando ha estupidos a estragarem tudo
    era um bom pau de marmeleiro pelas costas abaixo, ate lhe chegava o verao mais cedo ao corpo,
    pensa que por ser braço direito do presidente da camara está acima da lei,
    era cadeia com ele ate passar a quarentena

  2. ATE PARECE MENTIRA…MAS SE FOSSE MINISTRO DA ADMIBISTRAÇÃO INTERNA SUSPENDIA ESTES INDIVIDUOS.(DEPOIS DE FAZEREM QUARENTENA ,,, MAS VIGIADOS)
    POR MUITO QUE O PM PEÇA HÁ SEMPRE ALGUM “CHICO ESPERTO” QUE FURA .

  3. Também lhe foi aplicada a coima de €6.000 por ter desrespeitado a quarentena? Duvido.
    Exemplos destes deveriam ser dispensados, é que, nem para varredor camarário servia, porque trabalhar é coisa que ele não sabe fazer daí, ter-se encostado à política.

RESPONDER

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …

Autoeuropa quer recorrer ao lay-off (e retomar produção a 20 de abril)

A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao lay-off simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data. “O regresso ao trabalho …

Ex-mulher de astronauta acusada de mentir sobre o "primeiro crime espacial"

A ex-mulher da astronauta da NASA Anne McClain, Summer Worden, foi acusada formalmente de mentir sobre o "crime espacial" que McClain terá cometido. Em agosto de 2019, o jornal norte-americano The New York Times noticiou que …

Em Singapura, os parques de estacionamento são agora quintas urbanas

A pandemia de covid-19 está a obrigar alguns países a adaptarem-se. É o caso de Singapura, que está a transformar os parques de estacionamento em quintas urbanas para aumentar a produção alimentar. Só 1% do território …

O empresário mais odiado do mundo quer sair da prisão (para desenvolver um medicamento para a covid-19)

Martin Shkreli, o empresário mais odiado do mundo, quer sair brevemente da prisão para ajudar a desenvolver um tratamento para a covid-19. Num artigo publicado no site da empresa de Shkreli, Prospero Pharmaceuticals, juntamente com outros …

Ceferin acusado de ganância. "Manter a Liga dos Campeões foi um ato criminoso irresponsável"

O primeiro-ministro da Eslovénia, Janz Jansa, teceu duras críticas à forma como a UEFA e o seu presidente, Aleksander Ceferin, lidaram com a fase inicial da pandemia de covid-19. "Manter a Liga dos Campeões foi um …