Responsável da linha Saúde 24 foi demitido dias após avisar que serviço poderia colapsar

José Sena Goulão / Lusa

António Costa visita Linha Saúde 24

Henrique Martins, ex-presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), foi afastado da entidade responsável pela Linha SNS24 dias após ter avisado o ministério que o serviço podia colapsar com o aumento da procura motivado pela epidemia de COVID-19.

Em entrevista ao Observador, Henrique Martins explicou que, na tarde de segunda-feira, quando o SNS24 registou um número de chamadas superior ao normal, o SPMS sinalizou a situação à ministra da saúde, avisando que era necessário “uma ação urgente de mais equipas de enfermagem na manhã seguinte”.

De acordo com o ex-responsável, Marta Temido respondeu que a situação devia ser tratada com a secretária de Estado, contacto esse feito na madrugada de segunda para terça-feira. “De madrugada contactei o secretário de Estado com um despacho sobre isso. Durante esse dia, não obtive resposta nenhuma. Na quarta-feira de manhã é que falámos sobre este assunto”, contou ao Observador.

Para Henriques Martins, a raiz do problema está nos cortes orçamentais que começaram em 2018. Este ano, o valor atribuído a esta entidade é de 76,3 milhões de euros – em 2019 foi de 85,2 milhões e em 2018 de 90,4 milhões.

Estes valores são tão baixos que, segundo Henrique Martins, o SNS24 não conseguiria operar com normalidade até ao final do ano mesmo se não houvesse a atual crise de coronavírus.

Em relação às notícias sobre o SNS24 não ter atendido 25% das chamadas na segunda-feira, Henrique Martins explica que “o operador cumpriu o contrato”, que prevê o atendimento de 10 mil chamadas por dia. O problema esteve na falta de enfermeiros.

Henrique Martins disse ainda que o seu afastamento do SPMS “só pode ter sido [fruto do] incómodo” pelos avisos que enviou ao Ministério de Saúde sobre as consequências que a redução de orçamento prevista para este ano teria na Linha de Saúde 24.

O Governo decidiu afastar Henrique Martins, presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), a entidade responsável pela Linha SNS24, na quarta-feira. Henrique Martins disse ter sido “apanhado de surpresa” quando foi informado esta quarta-feira pessoalmente pela secretária de Estado Adjunta e da Saúde, Jamila Madeira, de que não iria ser reconduzido.

O ex-secretário de Estado Luís Goes Pinheiro é o novo responsável pela Linha Saúde 24.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. o estado do Estado xuxalista.

    mas não viviamos no paraíso após a magnífica governação da extrema esquerda?

    mas presumo que não irão faltar os mil milhões de euros para o buraco Nova Desgraça (banco).

  2. Tudo a ser um facto, no mínimo suspeito. Alguém chama atenção de algo que poderá acontecer e acabar despedido?

    Ninguém investiga isto?

  3. O “rapazinho do CDS” julgava ter encontrado o “tacho” certo para o resto da vida! Ofereceu-se para continuar, sabendo que a sua comissão de serviço estava a acabar e portanto já tinha um pé no meio da rua. Mesmo assim, tentou forçar a permanência, como se o mundo fosse acabar pela sua saída!! Nomeado em 2013 pelo governo do PPD/CDS, o militante deste último partido não se conformou com a aplicação da lei do fim dos mandatos. Culpa o governo, claro! A entidade patronal respeitou o mandato que lhe foi atribuído, mas o “rapazinho” achou que tinha direito a “tacho perpétuo” porque seria insubstituível! Fez uma triste figura na SIC (órgão oficioso do PPD/CDS) e daqui a uma semana ninguém se lembrará que este crápula existe!

RESPONDER

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …

Toronto apresenta providência cautelar contra projeto que constrói "casas" para os sem-abrigo

Um carpinteiro canadiano decidiu construir abrigos para as pessoas que vivem nas ruas de Toronto. A autarquia considerou que são perigosos e apresentou uma providência cautelar. De acordo com a empresa de media Vice, Khaleel Seivwright, carpinteiro …

Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

Richard Moore pediu desculpa " pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados", tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6. O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino …

Já foram administradas 837.887 vacinas em Portugal

Um total de 837.887 vacinas contra a covid-19 foram administradas em Portugal desde 27 de dezembro, quando foi dada a primeira dose, indicou o Ministério da Saúde este sábado. Num comunicado de balanço do processo de …

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …