/

“Respeitem os horários”, apela task force. Centros de vacinação vão ter sistema de semáforos

2

Mário Cruz / Lusa

A task force que coordena a vacinação contra a covid-19 apelou, esta terça-feira, ao respeito pelos horários de cada centro de vacinação, de modo a diluir o fluxo de utentes a vacinar nas várias modalidades disponíveis.

“Nos últimos dias, um significativo número de utentes sem agendamento dirigiu-se a alguns centros de vacinação covid (CVC) para serem vacinados nas modalidades ‘casa aberta’ e antecipação da segunda dose da vacina AstraZeneca sem respeitarem horários estipulados por cada” uma destas estruturas, adiantou a task force.

Face a esta situação, a estrutura que coordena a logística da vacinação solicitou, com o objetivo de diluir o fluxo de utentes aos centros, que “todos os utentes respeitem os horários estabelecidos, quer no agendamento por mensagem SMS e telefonema, quer para as modalidades ‘casa aberta’ e de antecipação da segunda dose da AstraZeneca, definidos para cada CVC”.

Os horários de funcionamento de cada centro estão disponíveis no portal na Internet da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Em comunicado, a task force liderada pelo vice-almirante Gouveia e Melo adiantou ainda ter conhecimento de “relatos de comportamentos menos corretos de alguns utentes para com os muitos profissionais que em cada CVC dão diariamente o seu melhor para garantir a segurança e qualidade do processo de vacinação”.

“Desta forma, volta a apelar-se à compreensão e tolerância de todos os utentes no respeito pelas orientações e aconselhamento destes profissionais, apesar de alguns constrangimentos e perturbações e inerente perda de qualidade do processo nesta fase, essenciais ao normal funcionamento dos CVC e ao cumprimento do objetivo a que nos propusemos de vacinar mais de 850 mil esta semana”, referiu a task force.

Esta quarta-feira, na Assembleia da República, a ministra da Saúde, Marta Temido, revelou que nas últimas 24 horas foram administradas mais de 150 mil doses a nível nacional, um nove recorde.

O coordenador da task force disse, no sábado, que Portugal vai acelerar o ritmo de vacinação devido à rápida disseminação da variante Delta do coronavírus SARS COV-2, considerada mais transmissível e que já é a predominante no país.

Segundo avança a SIC Notícias, os centros de vacinação contra a covid-19 vão passar a ter um sistema de semáforos. Como é que vai funcionar? Se a luz for vermelha, é provável que os utentes tenham de esperar mais de uma hora para serem vacinados, enquanto que se for verde a previsão baixa para os 30 minutos de espera.

O sistema já está em funcionamento nos centros de vacinação de Cascais e, esta quarta-feira, deverá estar acessível em todo o país. É possível saber a afluência do local onde se é vacinado através do site do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Além deste sistema de semáforos, o auto-agendamento da vacina online também será melhorado, adianta o mesmo canal televisivo.

  ZAP // Lusa

2 Comments

  1. Só mesmo em Portugal. Só mesmo os indisciplinados Portugueses para algo tão caricato e ridículo como meter semáforos num centro de vacinação. Se não fosse grave em matéria de estupidez, até tinha graça.

    Somos a chacota do mundo… Até tenho vergonha e a ideia não foi minha.

  2. Respeito! Olha quem fala. Tenho quase 48, marquei dia 12 de Junho para 25 de Junho, nunca me mandaram sms, tentei alertar que não recebi. Passou a data. Recebi sms em 23 de Julho para ser vacinado e de seguida confirmei. Passados 2 dias se não tivesse confirmado podia ser vacinado (acima dos 45). Tenho que esperar ate dia 22 de Julho. Respeito? É nestas alturas que compreendo a justiça feita pelas próprias mãos.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.