Reino Unido mantém confinamento. Número de infetados em Itália volta a subir

O Governo britânico anunciou, esta quinta-feira, o prolongamento do regime de confinamento para reduzir a transmissão da pandemia de covid-19 por mais três semanas. Em Itália, o número de infetados voltou a subir.

“O Governo decidiu que as medidas atuais devem permanecer em vigor pelo menos nas próximas três semanas”, disse o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dominic Raab, que substitui o primeiro-ministro, Boris Johnson, na chefia do Governo.

A decisão foi tomada após uma reunião do conselho de ministros e comité de crise para a crise relacionada com a pandemia de covid-19, onde também participaram, por videoconferência, representantes das diferentes regiões autónomas, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte para avaliar a informação do Grupo de Aconselhamento Científico para Emergências (SAGE).

O Governo autónomo da Irlanda do Norte já tinha anunciado na quarta-feira que iria estender as restrições até 9 de maio e, hoje, a primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, disse que desejava uma extensão de “pelo menos três semanas”.

O Reino Unido registou 13.729 mortos em 103.093 pessoas infetadas, de acordo com a atualização dos dados feita pelo Ministério da Saúde britânico.

Número de infetados em Itália volta a subir

Itália registou 525 mortes com covid-19 nas últimas 24 horas, um número ligeiramente inferior ao de quarta-feira (578), que confirma a tendência de estabilização da situação nos últimos dias.

Em sentido contrário, foram registados 3786 novos casos de infetados, o maior salto em quatro dias, fazendo subir o número total de pessoas com a doença para 168.941.

A pressão sobre os hospitais italianos diminuiu, com menos 750 camas hospitalares ocupadas, incluindo menos 143 em cuidados intensivos, cuja ocupação caiu para menos de 3.000, pela primeira vez desde 21 de março.

França aproxima-se das 18 mil mortes

França registou 417 mortos nas últimas 24 horas em meio hospitalar e 236 mortos nos lares, perfazendo assim um total de 17.920 mortos desde o início da pandemia, anunciou o diretor-geral da Saúde francês, Jérôme Salomon.

O número total de infetados chegou aos 108.847, mais 2641 do que na quarta-feira. Estão hospitalizadas 31.305 pessoas, das quais 6248 nos cuidados intensivos.

Tanto o número de pessoas hospitalizadas como os pacientes em estado grave tem vindo a descer, tendo “estabilizado a um nível muito alto”, considerou Salomon.

Bélgica tem a pior taxa de mortalidade europeia

Com os números hoje anunciados, a Bélgica, país com uma dimensão semelhante à de Portugal (11,5 milhões de habitantes), passou a ter a pior taxa de mortalidade associada ao novo coronavírus, com 419 mortes por milhão de habitantes, à frente de Espanha (409), e muito acima daquela registada, por exemplo, na vizinha França (262).

Segundo a primeira-ministra, Sophie Wilmès, a Bélgica “optou pela maior transparência na comunicação das mortes ligadas ao covid-19”, ainda que isso signifique incluir “números por vezes sobrestimados”.

Uma das particularidades do método de contagem de mortes na Bélgica associados à pandemia de covid-19 é o facto de as autoridades incluírem os óbitos registados em lares de terceira idade – são quase 1500 – mesmo sem confirmação, por análise, de infeção pelo novo coronavírus, mas apenas com base em suspeitas.

“Na Europa, nenhum país conta como nós. Aqui, fazemo-lo da maneira mais detalhada”, argumenta, por seu turno, a ministra da Saúde, Maggie de Block, que tem sido duramente criticada internamente pela gestão da crise.

De acordo com os dados hoje fornecidos pelas autoridades belgas, desde o início da pandemia, o país conta com 34.809 casos confirmados e atualmente encontram-se hospitalizadas 5309 pessoas, 1182 das quais nos cuidados intensivos.

Nova Iorque estende confinamento até 15 de maio

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, anunciou o prolongamento das medidas de contenção neste Estado dos EUA até dia 15 de maio, apesar de se ter registado hoje o número mais baixo de mortes em 10 dias.

O Estado de Nova Iorque registou 606 mortes nas últimas 24 horas, um número abaixo das 752 mortes em igual período na quarta-feira, e o mais leve registo diário desde 6 de abril, ainda assim, as autoridades consideram que as medidas de contenção terão de durar mais.

Precisamos de continuar o nosso esforço. Quero que a taxa de infeção desça mais”, disse Andrew Cuomo, no seu briefing diário à imprensa, para justificar o prolongamento das medidas de confinamento.

O Estado, com uma população de quase 20 milhões de pessoas, registou já mais de 210 mil casos de contaminação e mais de 11.500 mortes.

As preocupações do governador viram-se já para a recuperação económica do Estado e, em particular da cidade de Nova Iorque, juntando a sua voz à do mayor, Bill Blasio, que já pediu ao Presidente norte-americano uma ajuda bilionária.

Japão alarga estado de emergência a todo o país

O primeiro-ministro japonês alargou o estado de emergência ao conjunto do arquipélago nipónico para combater de forma mais eficaz a propagação do novo coronavírus.

“As zonas onde o estado de emergência deve ser aplicado serão alargadas das atuais sete prefeituras [regiões administrativas] à totalidade das prefeituras”, disse Shinzo Abe.

Este dispositivo, com duração prevista de um mês, não implica o confinamento obrigatório, mas permite que as autoridades regionais recomendem aos habitantes que restrinjam as suas deslocações ao máximo e sugiram o encerramento temporário de diversas atividades comerciais.

Até ao momento, o Japão foi relativamente poupado pela pandemia, mas o número de casos aumentou sensivelmente desde finais de março, com o risco de agravar a situação nos hospitais, impelindo o governo a adotar novas medidas.

O último balanço diário do ministério da Saúde nipónico indicava cerca de 8600 casos de contaminação e 136 mortos no país, que tem 126 milhões de habitantes.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 137 mil mortos e infetou mais de dois milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 450 mil doentes foram considerados curados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu a atriz e encenadora Fernanda Lapa

A atriz e encenadora faleceu, esta quinta-feira, aos 77 anos, em Cascais, onde estava hospitalizada, anunciou a Escola de Mulheres, companhia que dirigiu desde a sua fundação. "É com profundo pesar e imensa tristeza que a …

PJ acredita ter detido homem que ateou fogo que matou animais em canil de Santo Tirso

A Polícia Judiciária (PJ) está "convencida" de que o autor do fogo que teve origem em Valongo e se estendeu a Santo Tirso, onde dezenas de animais morreram, é um eletricista que foi esta quarta-feira …

O nosso cabelo sabe o que comemos, onde moramos e quanto custou o corte

Milímetro a milímetro, o cabelo constrói um registo da nossa dieta. Como os fios de cabelo são construídos a partir de aminoácidos, preservam os traços químicos da proteína da comida que ingerimos. Os fios de cabelo …

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …