“Realidade perturbadora”. Poucos austríacos sabem o que foi o Holocausto

Na Áustria verifica-se um elevado desconhecimento sobre o genocídio nazi durante a Segunda Guerra Mundial assim como sobre o envolvimento de austríacos no Holocausto, indica um estudo esta quinta-feira publicado.

A investigação, realizada por uma organização judaica e que vai ser discutida numa conferência sobre compensações aos judeus vítimas do regime nazi, indica que 56% dos austríacos que foram questionados sobre a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) desconhece que seis milhões de pessoas foram assassinadas no Holocausto e 36% acredita que o número de vítimas “não ultrapassou os dois milhões”.

Greg Schneider, organizador da conferência judaica sobre apresentação de provas contra a Alemanha, disse que as conclusões da nova pesquisa são semelhantes aos estudos realizados nos Estados Unidos e no Canadá, mas mostra-se surpreendido porque se trata de uma investigação realizada junto da população austríaca.

“A tendência é semelhante, o que demonstra uma realidade perturbadora sobre a falta de conhecimentos sobre o Holocausto, mas o que é novo é que esta nova pesquisa foi realizada na região onde ocorreu o Holocausto”, disse Scheneider, da organização judaica com sede em Nova Iorque.

Um outro dado indica que 79% dos austríacos sabe que Adolf Hitler nasceu na Áustria, mas apenas 14% sabe que Adolf Eichmann, que desempenhou um papel central na Solução Final, era de ascendência germano austríaca.

Os resultados desta pesquisa fazem aumentar as preocupações relacionadas com o crescimento do partido de extrema-direita austríaca (Partido da Liberdade), parceiro da coligação governamental e que foi fundado no pós-guerra por antigos membros do Partido Nazi austríacos. Os membros do partido da extrema-direita continuam a evocar o nazismo.

Na semana passada, o vice-presidente da câmara da cidade de Braunau am Inn, terra natal de Adolf Hitler, publicou um texto em que comparava os emigrantes a ratos, imitando a retórica que o antigo partido nacional-socialista utilizava contra os judeus.

Durante o passado fim de semana, o líder do Partido da Liberdade, Heinz-Christian Strache, que também ocupa o cargo de vice-chanceler da Áustria, disse que “é preciso lutar contra a deslocação da população nativa” (Bevoelkerungsaustausch), um termo que emana da antiga terminologia nazi.

“Receamos que alguma coisa parecida com o Holocausto possa voltar a acontecer, por isso estou muito preocupado com o que se está a passar-se na Áustria”, disse Scheneider.

No mesmo inquérito, os austríacos foram questionados especificamente sobre o Partido da Liberdade, sendo que 43% dos inquiridos se mostram favoráveis às ideias defendidas pela formação de extrema-direita; seis por cento responderam que o partido é “patriota” e 42% por cento considera que os partidos nacionalistas são xenófobos.

Efraim Zuroff, atual presidente do Centro Simon Wiesenthal, em Jerusalém, organização que promoveu a captura de nazis desde 1945, disse que o ponto mais inquietante da pesquisa divulgada hoje é o desconhecimento sobre o envolvimento da Áustria no Holocausto. “Dado que aproximadamente um terço dos responsáveis pelo Holocausto eram austríacos, este estudo indica o nível de distorção sobre o assunto na Áustria e a relutância que existe em relação a responsabilidades dos austríacos”, comentou Zuroff.

Um outro estudo, publicado em dezembro, revelou que 10% dos franceses nunca ouviram falar do Holocausto. Entre os jovens de 18 a 34 anos, o número sobre para 19%.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …