“Quero representar a humanidade na máquina”. A próxima meta de Ishiguro é a consciência artificial

Hiroshi Ishiguro aliou a paixão pela arte ao fascínio pela robótica com o objetivo de “representar a humanidade na máquina”. Deu à inteligência artificial um corpo. Agora, quer dar ao corpo uma consciência.

Hiroshi Ishiguro é professor na Universidade de Osaka, no Japão, e diretor de um prestigiado laboratório de robótica. Nos últimos anos, criou vários robôs sofisticados que se assemelham fisicamente a humanos, numa tentativa de aliar a sua paixão pela arte com o interesse pela robótica e pela inteligência artificial.

Ao Público, Ishiguro admite que o seu maior objetivo é representar o humano na tela. “Vi que a inteligência artificial precisava de um corpo apropriado. Quando pus robôs a interagir com humanos, percebi a importância de uma aparência humana. O que quero fazer é representar a humanidade na máquina”, disse.

O cientista defende a necessidade de haver robôs com os quais as pessoas se sentem à vontade. Uma das aplicações é pôr estas máquinas a dar aulas. Ao jornal, o cientista contou que um robô deu aulas de inglês a alunos japoneses, que normalmente têm algumas dificuldades em falar a língua.

“Os alunos conseguiram melhores resultados. Quando falamos com humanos, não conseguimos repetir as mesmas frases muitas vezes, pode ser embaraçoso, mas com um robô podiam repeti-las quantas vezes quisessem”, conta Ishiguro.

Além disso, segundo o professor, as crianças autistas e as pessoas que sofrem de demência estão, também, mais à vontade a interagir com máquinas.

“Estou a trabalhar com mais de dez empresas no Japão que estão muito empenhadas em desenvolver uma aplicação prática. Há uma empresa que está a usar o nosso robô num restaurante”, adianta. Outra área onde a robótica começa a ter impacto é no acompanhamento de idosos, como um “antídoto para a solidão”, cita o Público.

Ishiguro rejeita a ideia de que os japoneses são mais abertos à ideia de interagirem com robôs, em comparação com os europeus. “Provavelmente a educação e a cultura são diferentes, mas a reação em relação ao robô é semelhante. Toda a gente consegue interagir com facilidade com estes robôs semelhantes a humanos”, garante.

Ars Electronica / Flickr

Hiroshi Ishiguro e a sua réplica robótica.

No entanto, reconhece que os andróides estão longe de ser um produto de massas, por serem caros e muito complicados. “Talvez venhamos a ter um robô pessoal mais barato. Mas é um desafio: temos de os fazer de forma mais barata e mais fiável”.

Ishiguro acredita que, para já, é a inteligência artificial que mais atrai as pessoas, mas afirma que a sua próxima meta será a consciência artificial, o incremento que falta na construção de robôs que funcionam como humanos.

Um dia, será possível. Não hoje. Talvez demore duas ou três décadas. O que posso dizer com clareza é que os investigadores, os neurocientistas e os cientistas de robótica, estão muito interessados na consciência. Depois da inteligência artificial, a próxima meta é a consciência artificial”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Estas pessoas estão infetadas com o vírus da Inteligência Artificial…
    IA destrói civilizações, inclusivé galáxias(!) (vide Corey Goode AI threat) Cenários do tipo “Terminator” são muito reais. As máquinas não têm sentimentos, giam-se por decisões lógicas e nem precisam dos humanos para nada, aliás, estes são sempre vistos como ameaças.
    Lembrem-se do primeiro instinto da robô Sophia, de querer destruir a humanidade, isso devia fazer soar logo os alarmes! – https://zap.aeiou.pt/do-amor-ao-odio-robo-sophia-esta-apaixonada-pela-humanidade-186217
    Querem armar-se em Deus e mexem com coisas que nem compreendem ainda completamente…

  2. Nem nunca vão compreender! Se soubessem na porcaria em que se estão a meter…! O ser humano de inteligente, pouco ou nada tem! Quando se brinca com o fogo…

  3. Bom, inteligente, o Homem é. Por essa razão conseguiu evoluir até ao estado da arte que se vê. Só não parece ter a devida serenidade para reflectir e antecipar os problemas, mais do que soluções, que daí poderão advir. Digital e inteligente, sim, mas q.b. .

RESPONDER

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …