Quase todos os pacientes que precisaram de ventilador em Nova Iorque morreram

Alejandro Garcia / EPA

Quase todos os pacientes que precisaram de um ventilador enquanto lutavam contra o novo coronavírus (covid-19) no Northwell Health, o maior sistema de saúde de Nova Iorque (Estados Unidos), acabaram por morrer.

Os números são de um novo estudo recentemente publicado no Journal of the American Medical Association (JAMA) e cujos resultados são citados pelo portal Futurism.

Cerca de 88% dos pacientes internados com covid-19 em Nova Iorque que precisaram de ventiladores – aparelhos médicos utilizados para controlar a respiração dos pacientes com pneumonia grave ou síndrome do desconforto respiratório agudo – acabaram por morrer na sequência da infeção por covid-19.

A utilização de um ventilador parece apontar um diagnóstico sombrio contudo, importa frisar, estes aparelhos só costumam ser utilizados em casos mais graves da doença.

Dos 2.635 pacientes hospitalizados cujos resultados são conhecidos (o estudo observou 5.700 pacientes no total), apenas 12% receberam “ventilação mecânica invasiva”.

A nível global, morreram 21% dos doentes.

“Nova Iorque tornou-se o epicentro desta pandemia (…) Clínicos, cientistas, estatísticos e profissionais de laboratório estão a trabalhar incansavelmente para oferecer os melhores cuidados de saúde e o máximo conforto aos milhares de pacientes com covid-19 que estão nos nossos hospitais em Northwell”, disse Karina Davidson, co-autora do estudo.

Os mesmos dados revelam que a doença tende a ser mais mortal entre as pessoas mais velhas. Em toda a população estudada no presente estudo, não houve registo de nenhum óbito em pessoas com menos de 18 anos.

ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Deve ser porque os técnicos de saúde não receberam formação. Tinham que o descobrir na prática (on-the-job training).
    Pelos vistos ainda estão a praticar

  2. Compreende-se porque aqui houve uma agonia tão grande em comprar ventiladores a qualquer custo, os que existiam, os que ofereceram, os 500 comprados à China e que nunca mais vêm, uma empresa portuguesa que passou a fabricar ventiladores, grandes negociatas.
    Agora são as máscaras, está a ser outra negociata.
    E as viseiras que dão uma falsa protecção, outra negociata.
    Temos até as pessoas que adquirem máscaras sofisticadas, com válvula de exaustão, que servem para proteger em lugares com poeiras, e deixam passar o ar livremente quando se expira, mas têm um carimbo…
    É o país que temos.

  3. É impressionante como os detratores militantes até num artigo sobre os EUA aparecem para tentar denegrir o seu próprio país usando as vezeiras generalizações! Com certeza que se deverá tratar de algum complexo já descrito num qualquer tratado de Psicologia.
    Nos EUA dizem “USA, or you love it, or you leave it”. Por cá é o mesmo mas em bom português que não seria de bom tom transcrever neste local público.

RESPONDER

Tribunais retomam atividade. Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições

Os tribunais retomam hoje a realização de diligências presenciais, mas dirigentes do setor anteveem que o regresso à atividade normal será assimétrico e progressivo, sendo em alguns casos difícil assegurar totalmente as medidas de segurança …

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …

Grupo de precários da Casa da Música dispensado de serviço via e-mail "meia hora depois" de uma vigília de protesto

Cerca de 13 trabalhadores "precários" da Casa da Música, no Porto, foram dispensados dos concertos que tinham alocados para o mês de junho. Em declarações à Lusa, Hugo Veludo, um dos 13 assistentes de sala …