Quase todos os pacientes que precisaram de ventilador em Nova Iorque morreram

Alejandro Garcia / EPA

Quase todos os pacientes que precisaram de um ventilador enquanto lutavam contra o novo coronavírus (covid-19) no Northwell Health, o maior sistema de saúde de Nova Iorque (Estados Unidos), acabaram por morrer.

Os números são de um novo estudo recentemente publicado no Journal of the American Medical Association (JAMA) e cujos resultados são citados pelo portal Futurism.

Cerca de 88% dos pacientes internados com covid-19 em Nova Iorque que precisaram de ventiladores – aparelhos médicos utilizados para controlar a respiração dos pacientes com pneumonia grave ou síndrome do desconforto respiratório agudo – acabaram por morrer na sequência da infeção por covid-19.

A utilização de um ventilador parece apontar um diagnóstico sombrio contudo, importa frisar, estes aparelhos só costumam ser utilizados em casos mais graves da doença.

Dos 2.635 pacientes hospitalizados cujos resultados são conhecidos (o estudo observou 5.700 pacientes no total), apenas 12% receberam “ventilação mecânica invasiva”.

A nível global, morreram 21% dos doentes.

“Nova Iorque tornou-se o epicentro desta pandemia (…) Clínicos, cientistas, estatísticos e profissionais de laboratório estão a trabalhar incansavelmente para oferecer os melhores cuidados de saúde e o máximo conforto aos milhares de pacientes com covid-19 que estão nos nossos hospitais em Northwell”, disse Karina Davidson, co-autora do estudo.

Os mesmos dados revelam que a doença tende a ser mais mortal entre as pessoas mais velhas. Em toda a população estudada no presente estudo, não houve registo de nenhum óbito em pessoas com menos de 18 anos.

ZAP //

 

 

 

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Deve ser porque os técnicos de saúde não receberam formação. Tinham que o descobrir na prática (on-the-job training).
    Pelos vistos ainda estão a praticar

  2. Compreende-se porque aqui houve uma agonia tão grande em comprar ventiladores a qualquer custo, os que existiam, os que ofereceram, os 500 comprados à China e que nunca mais vêm, uma empresa portuguesa que passou a fabricar ventiladores, grandes negociatas.
    Agora são as máscaras, está a ser outra negociata.
    E as viseiras que dão uma falsa protecção, outra negociata.
    Temos até as pessoas que adquirem máscaras sofisticadas, com válvula de exaustão, que servem para proteger em lugares com poeiras, e deixam passar o ar livremente quando se expira, mas têm um carimbo…
    É o país que temos.

  3. É impressionante como os detratores militantes até num artigo sobre os EUA aparecem para tentar denegrir o seu próprio país usando as vezeiras generalizações! Com certeza que se deverá tratar de algum complexo já descrito num qualquer tratado de Psicologia.
    Nos EUA dizem “USA, or you love it, or you leave it”. Por cá é o mesmo mas em bom português que não seria de bom tom transcrever neste local público.

A Grande Mancha Vermelha de Júpiter tem uma nova companhia

Um astrónomo amador na África do Sul detetou uma nova mancha no hemisfério sul do maior planeta do Sistema Solar. A mancha, apelidada de "Mancha de Clyde", aparece entre a icónica Grande Mancha Vermelha de …

Nova aplicação deteta insuficiência cardíaca através da voz

Foi desenvolvida uma nova aplicação para smartphones que prevê a insuficiência cardíaca através da voz. A tecnologia baseia-se num dos sintomas mais comuns: a falta de ar. O sintoma mais comum da insuficiência cardíaca é a …

Atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

Uma nova investigação sugere que o exercício físico pode ser um componente-chave na prevenção da perda de visão. Os benefícios da atividade física são cada vez mais conhecidos, mas há alguns que devem ser tidos em …

Dubai vai construir uma cidade marciana no deserto

O Dubai tem em mãos um projeto ambicioso: a construção de uma cidade marciana. O projeto foi apresentado por uma empresa sediada em Copenhaga e Nova Iorque e é uma parte do plano dos Emirados …

Coreia do Norte voltou a rejeitar negociações com os Estados Unidos

A Coreia do Norte disse, esta terça-feira, que não tenciona retomar o diálogo com os Estados Unidos, quando o vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, chegou à Coreia do Sul para discutir diplomacia nuclear. Num comunicado …

Construiu uma cadeira de rodas com bicicletas elétricas para a namorada. Agora, vai produzi-la em massa

Para Zack Nelson, construir esta  peça inovadora de engenharia foi "super divertido e surpreendentemente simples". Há cerca de um ano, Zack Nelson, o youtuber de tecnologia do canal JerryRigEverything, uniu duas bicicletas elétricas para criar uma …

A reeleição de Trump nunca esteve tão ameaçada. A culpa é do pessimismo dos americanos

A gestão do Presidente norte-americano face à pandemia e a perspetiva de uma crise económica ameaçam a reeleição de Donald Trump. Um estudo de opinião da Fundação Peter G Peterson para o The Financial Times indica …

Ministros da Indonésia promovem colar de eucalipto como cura para a covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia foi muito criticado por especialistas por alegar que um colar feito de eucalipto pode ajudar a impedir a transmissão da covid-19. Segundo o The Guardian, o ministro da Agricultura da …

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

A SATA, companhia aérea detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores, precisa do valor até ao final do ano para pagar dívidas. A SATA pediu um auxílio ao Estado de 163 milhões de euros para …

Cortiça portuguesa usada em foguetões da Space X

A Corticeira Amorim forneceu a Space X, de Elon Musk, para componentes usados nos foguetões espaciais da empresa, adiantou o presidente da empresa, António Rios Amorim. "É o nosso maior cliente [deste segmento] neste momento desde …