Confirmada quarta saída em 5 meses. FC Porto arranca sem reforços e com casos por resolver

2

Hugo Delgado / Lusa

Arrancou a pré-época do FC Porto e não há reforços para apresentar. O central congolês Chancel Mbemba confirma que deixa o clube, tornando-se na quarta saída de peso do plantel nos últimos cinco meses depois de Luís Diaz (Liverpool), Fábio Vieira (Arsenal) e Vitinha (PSG).

O FC Porto perde, assim, alguns jogadores preponderantes na conquista do campeonato de 2021/2022, depois das vendas de Fábio Vieira ao Arsenal por 35 milhões de euros e de Vitinha ao Paris Saint-Germain por 41,5 milhões neste mercado de Verão.

Luís Diaz já tinha saído em Janeiro rumo ao Liverpool num negócio de 60 milhões de euros.

Agora é Mbemba quem confirma a sua saída do clube depois de o seu contrato ter terminado e de ter vestido a camisola dos dragões durante quatro épocas.

“Tomei esta decisão de não renovar o meu contrato e abraçar um novo desafio“, refere o central nas suas redes sociais, agradecendo “ao presidente [Pinto da Costa]” e a “toda a estrutura” do clube, bem como “ao treinador Sergio Conceição e à sua equipa técnica, por terem acreditado em mim”.

Mbemba também agradece “à equipa médica pelo seu profissionalismo” e “a todas as pessoas que trabalham no centro de treinos do Olival”.

O jogador de 27 anos deixa ainda uma mensagem aos seus já ex-colegas de equipa. “Progredimos juntos e vencemos juntos”, nota.

Por fim, Mbemba faz questão de “agradecer aos incríveis adeptos do clube”. “Sem vocês nada seria possível e nem teria a mesma magia! Para sempre, serei Dragão”, termina.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Mbemba (@chancel22)

Pré-época arranca sem reforços e com casos por resolver

O FC Porto iniciou a preparação para a nova temporada da I Liga portuguesa como campeão em título, mas ainda sem reforços, apesar das saídas de peso.

Nos últimos dias tem sido anunciado o interesse do clube em vários jogadores. Os defesas João Victor (Corinthians) e David Carmo (Sporting de Braga), e o médio André Almeida (Vitória de Guimarães) têm sido colocados, pela imprensa desportiva, como alvos do FC Porto neste mercado de transferências.

No início desta nova época, Sérgio Conceição vai também a avaliar a situação de oito jogadores que os ‘dragões’ cederam a outros clubes na última temporada e sobre os quais o técnico terá a palavra final sobre a sua integração no plantel.

Deste lote fazem parte Diogo Leite (cedido ao Sporting de Braga), Carraça (Belenenses SAD), Nakajima (Portimonense), Romário Baró (Estoril Praia), Rodrigo Conceição (Moreirense), Mamadou Loum (Alavés), João Pedro (Corinthians) e Sérgio Oliveira (Roma).

O caso de Sérgio Oliveira é o mais mediático. Após a saída de Vitinha para o Paris Saint-Germain, admite-se que o médio pode ser uma opção para Sérgio Conceição. Mas José Mourinho, treinador da Roma, já disse que gostava de poder prolongar o empréstimo do jogador.

Este é, neste momento, o plantel provisório do FC Porto para 2022/2023:

– Guarda-redes: Diogo Costa, Marchesín, Cláudio Ramos e Francisco Meixedo.

– Defesa: João Mário, Wilson Manafá, Pepe, Fábio Cardoso, Iván Marcano, João Marcelo, Zaidu e Wendel.

– Médios: Grujic, Stephen Eustáquio, Uribe, Otávio e Bruno Costa.

– Avançados: Francisco Conceição, Pepê, Galeno, Toni Martínez, Taremi, Evanilson, Danny Loader e Gonçalo Borges.

  ZAP // Lusa

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.