Imposição de quarentenas na Europa coloca em risco 197,5 milhões de empregos

Stina Stjernkvist / EPA

A imposição de quarentenas entre países europeus pela Covid-19, como as do Reino Unido ou da Noruega a viajantes provenientes de Espanha, coloca em risco até 197,5 milhões de empregos este ano a nível global, foi anunciado esta terça-feira.

Numa entrevista à Efe, a presidente do World Travel and Tourism Council (WTTC), Gloria Guevara, recordou que nestas previsões para o setor, que apontam para o pior dos cenários, a queda do turismo causaria uma perda no Produto Interno Bruto (PIB) mundial de mais de 5,5 biliões de dólares (4,7 biliões de euros), menos 62% que em 2019, e o número de chegadas turísticas a nível mundial seria reduzido em 73%.

A falta de colaboração entre os países europeus para estabelecer um quadro comum contra a Covid-19 fará aumentar o número de empregos afetados no Velho Continente em 2020 de 18,4 milhões para 29,5 milhões, com uma perda de 1,6 biliões de dólares (1,4 biliões de euros) no PIB.

Para Guevara, a decisão do Governo britânico de impor uma quarentena a todos os viajantes que chegam de Espanha, “infelizmente, gera instabilidade e incerteza e tem um grande impacto” também para o próprio Reino Unido, onde o número de postos de trabalho em risco aumenta de 1,9 milhões para 2,8 milhões.

Além disso, a chefe do WTTC está preocupada que “a questão se politize e as pessoas comecem a pensar na reciprocidade”, sendo a quarentena o principal dano para o turismo porque a desconfiança que gera faz com que as pessoas tenham ainda mais medo de ficar presas num país do que de ficar contagiadas.

A quarentena britânica, que também foi anunciada sem qualquer aviso, é “devastadora” para o setor e é “um golpe sem precedentes”, lamentou Guevara, que disse ser “um passo atrás” no que já estava a progredir na recuperação após a pandemia.

A medida levou a muitos cancelamentos de viagens não só do Reino Unido para Espanha, mas também na direção oposta. Se o governo britânico quisesse impor uma quarentena aos viajantes vindos de Espanha, “deveria tê-lo feito de uma forma mais localizada e não incluir todo o país, uma vez que as Ilhas Canárias e Baleares ou a Andaluzia estão bem”, sublinhou.

Atualmente, alguns países, como a Islândia, substituíram as quarentenas por testes rápidos de Covid-19 à chegada e, se um teste turístico for positivo, o turista é colocado em isolamento, enquanto com um negativo, é-lhe permitido visitar o destino.

Só se houver muita socialização com a comunidade é que outro teste é solicitado no quinto dia, mas se a viagem for apenas para turismo, um teste é suficiente, disse Guevara, que não compreende “porque é que o Reino Unido não pode aprender com o que acontece noutros países”.

Segundo Guevara, Espanha será grandemente afetada pela decisão das autoridades britânicas a curto prazo, mas ao mesmo nível que outros países, incluindo o próprio Reino Unido, que terá dificuldade em recuperar a procura porque a imposição dos quarenta “é como dizer que os turistas não são bem-vindos”.

Na opinião de Guevara, é essencial que a reabertura do turismo seja feita de forma coordenada, acordando medidas como a utilização de máscaras ou testes de Covid-19 à chegada, entre outras, que atualmente aplicam alguns países e outros não.

O turismo precisa de “soluções consistentes”, por isso temos de nos sentar e chegar a acordo sobre quais são as regras e garantir a sua aplicação a todos, porque se correr mal para um país, seja Espanha, França ou Portugal, “corre mal para a Europa”, insiste a presidente do WTTC.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta de pegadas fossilizadas em Espanha revela a existência de um "berçário" de elefantes

Pegadas fossilizadas foram encontradas numa praia no sul da Espanha e mostram o que pode ter sido o berçário de uma espécie extinta de elefantes. O local costeiro, situado na região de Huelva, estava normalmente coberto …

Morreu aos 98 anos o historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França

O historiador, sociólogo e crítico de arte José-Augusto França morreu este sábado, aos 98 anos, na casa de saúde de Jarzé, perto da cidade francesa de Angers, disse à Lusa a pintora Emília Nadal, sua …

Ventura: "Não vejo outra possibilidade senão a ministra da Saúde ou pedir desculpa ou ser afastada"

O Chega vai questionar formalmente o Governo pelo “facto de a ministra da Saúde ter utilizado um carro do Estado” para ir a uma ação de campanha no Porto na sexta-feira, anunciou este sábado André …

Ouvir 30 segundos de uma sonata de Mozart pode reduzir ataques de epilepsia

Ouvir a Sonata para Dois Pianos em Ré Maior (K448), de Wolfgang Amadeus Mozart, durante pelo menos 30 segundos, ajuda a reduzir a atividade elétrica cerebral associada à epilepsia resistente a medicação. Os resultados também sugerem …

Astrónomos resolvem mistério cósmico com 900 anos

Um mistério cósmico com 900 anos, em torno das origens de uma famosa supernova observada pela primeira vez na China no ano 1181, foi finalmente resolvido. Uma nova investigação, publicada dia 15 de setembro no The …

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …