Putin oferece futura vacina russa contra covid-19 a funcionários da ONU

Yuri Kochetkov / EPA

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, antecipou na terça-feira, perante a Organização das Nações Unidas (ONU), o rápido desenvolvimento no seu país de uma vacina contra o novo coronavírus, oferecendo-a gratuitamente à organização, para que proteja os seus funcionários.

Na sua mensagem de vídeo no primeiro dia do debate geral da Assembleia Geral da ONU, Putin disse que o seu Governo está pronto para oferecer às Nações Unidas toda a assistência necessária, incluindo vacinas gratuitas para todo o pessoal que a deseje, noticiou a agência Lusa.

O Presidente russo disse ainda que o seu país está disponível para abastecer outras nações com a futura vacina, que se chamará Sputnik V, que, como frisou, tem mostrado ser “segura” e “eficaz”.

“Estamos prontos a partilhar a nossa experiência e a continuar a interagir com todos os estados e estruturas internacionais, nomeadamente para fornecer a outros países a vacina russa que tem comprovador ser segura, fiável e eficaz”, indicou o líder russo.

Vários altos funcionários russos anunciaram que já foram vacinados com o Sputnik V, como o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, ou o presidente da Câmara de Moscovo, Sergei Sobyanin, assim como uma das filhas do Presidente russo.

Putin insistiu que os cidadãos de todo o mundo devem ter acesso gratuito a uma vacina contra a covid-19 e também destacou a disposição do Kremlin para trabalhar com outros governos para compartilhar métodos de diagnóstico e tratamento da doença.

Ao contrário do que têm feito os Estados Unidos (EUA), Putin defendeu que a Organização Mundial da Saúde (OMS) deve ter um papel central na coordenação da resposta e disse que a Rússia está a trabalhar para fortalecer a capacidade desta organização.

Por outro lado, Putin alertou para os efeitos económicos de longo prazo que a crise atual terá e defendeu a necessidade de toda a comunidade internacional trabalhar em conjunto para impulsionar o crescimento. Nesse contexto, o líder russo destacou a importância de eliminar barreiras, restrições e, sobretudo, “sanções ilegítimas” no comércio internacional.

Na esfera geopolítica e militar, Putin garantiu que quer cooperar com os EUA para estender o tratado de redução de armas estratégicas e espera que haja “moderação” na hora de implantar novos sistemas de mísseis, repetindo o seu interesse em conseguir um tratado que proíba armas no espaço sideral.

Na sessão da Assembleia Geral que marca o 75.º aniversário da ONU, Putin defendeu o trabalho da organização e, embora reconhecesse que é necessário adaptá-la à realidade do século 21, deixou claro que seu país se opõe a grandes mudanças no Conselho de Segurança, onde é uma dos cinco membros permanentes e tem poder de veto.

Putin referiu que, para que o Conselho continue a ser o “pilar da governança global”, é essencial que esses cinco países, potências nucleares e vencedores da Segunda Guerra Mundial, mantenham o privilégio do veto.

A semana de alto nível na Assembleia Geral da ONU começou na terça-feira, num formato sem precedentes nos 75 anos da organização, em que os discursos de chefes de Estado e de Governo será feita por vídeos previamente gravados, devido à pandemia.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. …da-se, vai lá vai. Se for como aquelas coisas que costumam dar aos adversários do homem e que passado uns dias vão de vela ou ficam em coma…nem dado!

RESPONDER

Medina, ameaçado pela união das direitas, segura-se ao voto útil para ganhar Lisboa

Fernando Medina tem um duro desafio pela frente, depois de a direita ter dado as mãos em Lisboa, numa megacoligação encabeçada por Carlos Moedas. O socialista Fernando Medina está a ser ameaçado pela união da direita, …

Antigo manual egípcio revela novos detalhes sobre a mumificação

Uma equipa de investigadores descobriu um papiro médico com 3.500 anos que permitiu ajudar a recriar o processo de embalsamento para preparar os antigos egípcios para a vida após a morte. Este é o mais …

Lewandowski investigado por fuga ao fisco nos rendimentos publicitários

O polaco Robert Lewandowski, eleito pela FIFA melhor futebolista em 2020, não pagou impostos pelos seus rendimentos publicitários até 2016, de acordo com uma investigação revelada hoje pela revista Der Spiegel. Segundo a publicação germânica, que …

Independentes "esperançados". Após maratona negocial, PSD dá braço a torcer (mas nega recuo)

Os autarcas independentes reuniram-se os representantes dos partidos com maior presença parlamentar esta quinta-feira, numa ronda negocial devido à nova Lei Autárquica. Em causa está uma lei aprovada no verão pelo PS e PSD, que obriga …

É oficial. Portugal volta a receber a Fórmula 1 a 2 de maio

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA), em Portimão, vai acolher, no fim-de-semana de 30 de abril a 2 de maio, a terceira corrida do Mundial de Fórmula 1, pelo segundo ano consecutivo. "Estamos de volta a …

“Não terei uma vida mais sossegada no dia em que deixe de haver pessoas infetadas”

Numa entrevista ao Público, o primeiro-ministro realça que os estragos económicos da pandemia não o irão deixar descansar mesmo quando já não existirem casos. António Costa disse não antever para si mesmo “uma vida mais sossegada”, …

Macacos veem (e controlam) televisão para aliviar o tédio do cativeiro

A tecnologia ajuda os humanos a manter ligações, trabalhar e relaxar após um longo dia. Porém, a forma como esta pode melhorar a vida dos animais, especialmente aqueles em cativeiro, permanece uma questão em aberto. Uma …

"Uma decisão de vida". Moedas apresentou candidatura à Câmara de Lisboa

O ex-comissário europeu apresentou, esta quinta-feira, a sua candidatura à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, no Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa. Falando no átrio do Pavilhão Central do Instituto Superior Técnico da Universidade …

Depois de um período de turbulência, Rodrigues dos Santos já tem vice

A saída de Filipe Lobo d’Ávila da direção centrista foi colmatada esta quinta-feira. Pedro Melo, que fez parte da direção de José Ribeiro e Castro, é um dos vice-presidentes do partido. Filipe Lobo d’Ávila bateu com …

Plano de desconfinamento tem várias velocidades e não tem datas

O primeiro esboço do plano de desconfinamento já chegou a São Bento e será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A equipa de peritos - liderada por Óscar Felgueiras, da ARS/Norte, e …