PSD em modo de “guerrilha política” total. Rio quer ver Costa a “arder em lume brando”

Mário Cruz / Lusa

O PSD está decidido a complicar a vida ao PS nos próximos tempos. A estratégia passa pela “guerrilha política” total para criar um “pântano” de ingovernabilidade, explorando as tensões quer imperam à esquerda e alguns dos dossiers menos consensuais, para ver António Costa a “arder em lume brando”.

São fontes do PSD que confirmam este cenário ao Expresso, salientando que a estratégia do PSD vai passar por complicar a vida ao Governo de António Costa. O que é certo é que “dificilmente se ouvirá falar novamente em acordos de regime entre Rio e Costa”, destaca o semanário, após auscultar elementos sociais-democratas.

O caso do aeroporto do Montijo já está a deixar bem vincada esta posição do PSD. O PS estava a contar com o PSD para fazer uma alteração à lei, no sentido de impedir que o veto de uma das Câmaras implicadas pela obra trave o projecto – a Câmara da Moita, controlada pelo PCP, está contra.

“O PSD não está disponível para alterar o actual pacote legislativo neste contexto, onde é mais que notório a alteração de uma lei que deve ser geral e abstracta para solucionar um problema concreto e avulso”, alertou o vice-presidente social-democrata, Salvador Malheiro, em conferência de imprensa, após uma reunião da Comissão Política Nacional do PSD para falar do aeroporto do Montijo.

O Governo encara esta posição “com preocupação e surpresa“, realça o Expresso.

Do lado do PSD, membros da direcção reforçam que é tempo de “guerrilha política”. “Se Costa falhar em convencer as autarquias em redor do Montijo, não será Rio a dar a mão ao Governo para alterar a lei”, alertam as mesmas fontes ao semanário, notando que esse será um sinal de que o tempo de Costa no Governo está a chegar ao fim.

A estratégia do PSD passa, assim, por ver António Costa a “arder em lume brando”, promovendo um “pântano” de ingovernabilidade em torno de dossiers que dividem a esquerda.

O Expresso enumera vários desses dossiers, frisando que “o PSD está a preparar mais umas minas no caminho de António Costa“, com os processos do IVA da luz, a suspensão das obras no metro de Lisboa, a reforma das Comissões de Coordenação de Desenvolvimento Regional, a comissão de inquérito à alegada fraude na distribuição dos donativos de Pedrógão Grande e o novo regime das parcerias público-privadas.

O chumbo à escolha de Vitalino Canas para o Tribunal Constitucional é outro dos sinais da “guerrilha” do PSD, num outro dossier polémico e que não reúne consenso.

Do lado do PS, aponta-se que o PSD “está a aproveitar divergências apenas para bloquear”. “O PSD não se está a esforçar para demonstrar que não está numa lógica de terra queimada. Está a contribuir para a ideia de ingovernabilidade”, nota um governante ao Expresso, alertando que Rio não ganha “nada” com esta estratégia porque “o PSD não se está a destacar como alternativa”.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Tristeza de classe politica que Portugal tem, não nos dizem o que pensam fazer por Portugal nem como iriam ou irão fazer, a politica que fazem é mais política terrorista, e querem eles que votemos neles, apresentam-nos um cheque em branco para depois quando chegarem ao poleiro fazerem o que querem porque nada prometem nem se comprometem, e se fossem todos á MERDA.

  2. Independentemente do que possa haver de político sobre o aeroporto do Montijo, o projecto é um perfeito disparate. A onda de jornalismo e rejornalismo só é explicável pela urgência do PS em compor as finanças do partido antes de deixar de ser governo.

  3. Quanto mais tarde o Costa caia do poleiro e para lá vá o Rio, pior o país estará. Depois o Rio tem que apertar o cinto e a corja “socialista” diz que não é preciso. O Rio queima-se e volta qualquer “Costa” do PS. Onde é que eu já vi isto???

  4. A confirmar-se esta notícia estamos perante um partido que podendo ser alternativa de governo apresenta um nível de impreparação para não se dizer chocante. Como pode um partido assim dizer seja o que for da Venezuela?

  5. Quando chegamos à entrada do Montijo está um painel publicitário do PSD que diz:
    AEROPORTO PARA O MONTIJO JÁ!
    Ou seja, o PSD sempre defendeu o aeroporto do montijo e alias foi uma bandeira do PSD no governo de passos coelho.
    Mas agora, apenas por interesse partidário, o PSD no modo esquizofrénico aparece como força de bloqueio.
    Vá-se lá entender…
    Para eles, os interesses partidários estão sempre primeiro que os interesses do País.

RESPONDER

Borussia Dortmund 1-0 Sporting | Um Mal(en) que veio só… e foi suficiente

O “bicho papão Haaland não jogou, mas nem assim os “leões” conseguiram contrariar o maior poderio germânico. O Sporting saiu de Dortmund com uma derrota, apesar da excelente réplica no Signal Iduna Park, e muito por …

FC Porto 1-5 Liverpool | Dragão atropelado em casa

O Liverpool é uma espécie de “besta” em tons de “red” para o FC Porto. Em nove jogos oficiais, os “azuis-e-brancos” nunca venceram, somando 3 empates e 6 derrotas, a mais recente foi pesadíssima e …

China desenvolve arma invisível capaz de destruir redes de comunicação em dez segundos

Uma equipa de cientistas chineses está a desenvolver uma arma sónica, que gera um intenso pulso eletromagnético, capaz de destruir redes de comunicação e de fornecimento de energia elétrica. A arma poderá ter um alcance …

Dezenas de mulheres abusadas por funcionários da OMS na República Democrática do Congo

Dezenas de mulheres e meninas foram abusadas sexualmente por voluntários da Organização Mundial de Saúde (OMS) destacados para enfrentar o Ébola na República Democrática do Congo (RDC), entre 2018 e 2020, concluiu um inquérito independente …

Evolução de parasita está a tornar mais difícil detetar e tratar a malária

Uma mutação do parasita que causa a malária está a "camuflar" as proteínas que são identificadas nos testes rápidos, tornando mais difícil detetar e tratar a doença. De forma semelhante aos testes à covid-19, baratos e …

Banguecoque em alerta. Mais de 70.000 casas inundadas na Tailândia

As autoridades tailandesas têm feito esforços para proteger partes de Banguecoque das cheias, que já inundaram 70.000 casas e mataram seis pessoas nas províncias no norte e centro do país. A tempestade tropical Dianmu causou cheias …

Exilados sírios obrigados a pagar taxas para evitar o alistamento obrigatório

No início deste ano, Yousef, um sírio de 32 anos que vive na Suécia, teve que pagar as taxas que lhe isentavam da obrigatoriedade de se alistar no exército da Síria, caso contrário a família …

Portugal tem cerca de 8.200 pessoas em situação de sem-abrigo, mais de metade em Lisboa

Estima-se que, em 2020, cerca de 485 pessoas tenham abandonado esta condição, o que representa uma descida de 39% face a 2019. Portugal terá cerca de 8.200 pessoas em situação de sem-abrigo, segundo os resultados de …

Simone Biles: "Deveria ter desistido muito antes dos Jogos Olímpicos"

"Uma mulher preta tem que ser a melhor, as pessoas tentam menosprezar", lamentou a multi-campeã olímpica de ginástica. Simone Biles não conquistou qualquer medalha de ouro nos Jogos Olímpicos deste ano mas foi a atleta mais …

Mãe e filho de 2 anos morrem à porta do estádio. Jogo decorreu normalmente

Queda aconteceu pouco antes de começar um jogo da Major League Baseball, em San Diego. O desporto passou para segundo plano na tarde deste domingo, pouco antes de um jogo de beisebol, nos Estados Unidos da …