PSD ataca o Congresso, PCP as Festas Nicolinas. Tudo pelo cumprimento das regras anticovid

António Cotrim / Lusa

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa

Esta quinta-feira, o PSD e o PCP trocaram farpas sobre o cumprimento das regras impostas pela pandemia no Congresso dos comunistas e nas Festas Nicolinas de Guimarães.

João Oliveira, líder parlamentar do PCP, defendeu a opção de o PCP realizar o seu XXI Congresso Nacional durante o estado de emergência “num tempo que para alguns deveria ser de confinamento dos direitos e até da sua liquidação em definitivo”. O responsável sublinhou ainda que foram cumpridas todas as regras.

No entanto, Carlos Peixoto, vice-presidente da bancada social-democrata, criticou a realização da reunião magna do PCP, dizendo que num fim de semana em que “a maioria dos portugueses estavam obrigados a estar dentro de casa”, os comunistas “andavam em roda viva”.

“Quanto ao congresso, mais do mesmo, o mesmo líder, a mesma ideologia, os mesmos preconceitos, um partido rendido ao PS na Assembleia da República e no país”, criticou.

João Oliveira respondeu, dizendo que, perante estas críticas, ficou “na expectativa” de saber o que o partido irá fazer em relação ao seu vice-presidente André Coelho Lima, que participou em Guimarães no passado fim de semana “num ajuntamento sem quaisquer regras sanitárias”, por ocasião das Festas Nicolinas.

“Se as propostas do PCP tivessem acolhimento, aquela realização de Guimarães teria tido condições de segurança sanitária, sem que fosse posta em causa a saúde pública”, assegurou.

O vice-presidente da bancada do PS, João Paulo Correia, saudou a realização do Congresso do PCP, que disse ter sido acompanhado pelos socialistas “de forma atenta e interessada”, até pela sua realização logo a seguir à viabilização do Orçamento do Estado para 2021.

“Metade dos orçamentos desta legislatura estão cumpridos, coloca-se o grande desafio de continuar a cumprir esta ponte de diálogo”, afirmou.

Na resposta, João Oliveira assegurou, tal como PCP fez no seu Congresso, que o partido “não deixará de contribuir e contar para soluções” que sejam positivas para o país. “Mas não deixará de bater-se por objetivos mais avançados, que constituem uma verdadeira política alternativa, patriótica e de esquerda.”

João Oliveira tinha defendido, na sua declaração política inicial, que “Portugal tem futuro”, mas “com uma alternativa política aos governos de PS, PSD e CDS”.

No final do debate, o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, fez questão de se associar à saudação do congresso do PCP “e em especial” à reeleição de Jerónimo de Sousa como secretário-geral dos comunistas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Que mal titulado. O PCP não criticou as Festas Nicolinas, mas sim a atitude do PSD, que não aprovou propostas do PCP que permitiriam que as Nicolinas se realizassem em segurança, como deveriam!

  2. Olhem o Ferreira comunista! Andou de metro, mas de preferência em local que os parolos vissem para mostrar que é muito popular que é do povo, enquanto o paizinho dele se governou com centenas de milhar na mama do Estado e ele como populista que é, anda a mostrar que anda de transportes públicos….uma vez por ano, apenas nas campanhas. O resto do ano vai para o Parlamento de popó! Mais uns hipócritas que só convencem velhos trotskistas pró-estalinistas e totós!

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …