PS não dá a geringonça como morta (e diz que o Bloco exagerou)

Para o PS, a geringonça não morreu. Os socialistas, que reagiam às declarações da coordenadora do Bloco Esquerda, consideraram “exagerada” as declarações do partido sobre a ausência de um acordo escrito de legislatura e negaram cedências a confederações patronais em matéria de leis laborais.

Esta posição foi transmitida aos jornalistas pelo dirigente socialista e secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, duas horas depois de a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, também em conferência de imprensa, ter lamentado a decisão do PS de não continuar com o modelo da ‘geringonça’.

Na quinta-feira, à noite, em reunião da Comissão Política do PS, António Costa afirmou que os socialistas, para a nova legislatura, não fariam nenhum acordo escrito de legislatura.

No entanto, Catarina Martins disse que soube de antemão que o PS não iria assinar qualquer acordo escrito com o Bloco, depois de Costa se ter reunido na quinta-feira com as confederações patronais e ter logo aí afastado mudanças na legislação laboral.

Para o PS, a ‘geringonça’ não morreu. Vai haver continuidade de trabalho nos próximos quatro anos”, defendeu Duarte Cordeiro, que classificou como “exagerada” a reação de Catarina Martins à decisão de os socialistas não assinarem para a nova legislatura um acordo escrito de legislatura com nenhum dos parceiros (Bloco de Esquerda, PCP, PEV, Livre e PAN).

“Ao decidir pôr um ponto final à existência do modelo de acordo político que ficou conhecido como ‘geringonça’, o Partido Socialista recusa um modelo que deu provas de resistência face a turbulências políticas, que impediu recuos e assegurou um percurso estável de recuperação do país e de respeito pelos direitos e rendimentos”, afirmou Catarina Martins na sede do Bloco de Esquerda, em Lisboa.

José Soeiro e José Gusmão foram outros dos bloquistas que criticaram a decisão. Ontem [esta quinta-feira] percebemos que a juras de amor à geringonça do PS na noite eleitoral foram aquilo a que António Costa chamaria um golpe de teatro. A peça esteve em exibição menos de uma semana”, escreveu José Gusmão, citado pelo Expresso.

Também José Soeiro, num artigo de opinião que assina no mesmo semanário, acusa António Costa de e ter cedido à “tentação de agitar a ‘estabilidade política’ como chantagem” como estratégia governantiva, detalhando que o PS recusou a proposta inicial do Bloco “sem fazer qualquer contraproposta”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A Catarina ainda não percebeu que o Costa usa o Bloco como quer e lhe apetece. Ela ainda não percebeu que o Bloco foi e o Costa assim espera que seja apenas um instrumento ao serviço do PS como foi na anterior legislatura.
    Coitados enquanto forem assim nunca passarão disso.

  2. As conjunturas históricas e eleitorais, actuais, são completamente diferentes… O PS não tem necessidade de ficar sempre “amarrado”, e apenas, às exigências dos partidos de esquerda…Há que ir variando os acordos e tudo correrá dentro da normalidade…

Agência de rating espanhola baixa perspetiva de Portugal de "estável" para "negativa"

A agência de notação financeira espanhola Axesor manteve a classificação não solicitada de Portugal em "BBB+", mas baixou a perspetiva de "estável" para "negativa". A agência de notação financeira espanhola Axesor manteve, esta segunda-feira, a classificação …

BE diz que orientações para próximo ano letivo "não são suficientes"

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) considerou nesta segunda-feira que as orientações do Governo para o funcionamento das escolas no próximo ano letivo "não são suficientes" e apelou a que sejam encontradas "alternativas para …

Von der Leyen grava mensagem de apoio a partido croata. Comissão "assume erros", mas não lamenta

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von Der Leyen, está a ser criticada por ter gravado um vídeo com uma mensagem de apoio ao primeiro-ministro croata, para as eleições do passado domingo. Ursula von der Leyen, …

Governo autoriza pagamento aos bombeiros e liberta verba de quatro milhões

O Governo anunciou, esta segunda-feira à tarde, que foi libertada a verba necessária para que a ANEPC possa cumprir as suas obrigações para com os bombeiros que integram o DECIR no mês de junho. Esta segunda-feira …

Israel lança satélite "espião" para recolher informações do Irão

Israel lançou esta segunda-feira com êxito um satélite "espião" a partir de uma base no centro do país, anunciou o Ministério da Defesa israelita, reforçando os meios para vigiar as atividades do Irão, segundo a …

40 mil presos da Venezuela recebem treino para defender país de invasão norte-americana

As autoridades estão a treinar pelo menos quarenta mil presos para defender a Venezuela de uma eventual invasão norte-americana. A informação foi avançada este domingo pela imprensa local, que cita a ministra venezuelana dos Assuntos Penitenciários, …

Detido professor que criticou Xi Jinping pela sua gestão da pandemia

Xu Zhangrun, o professor de Direito chinês que publicou vários ensaios nos quais critica o Presidente Xi Jinping, foi detido esta segunda-feira. As autoridades chinesas detiveram, esta segunda-feira, Xu Zhangrun, o professor de Direito que publicou ensaios …

Índia já é o 3.º país do mundo com mais casos. Alemanha volta a debater uso de máscara

A Índia ultrapassou a Rússia e tornou-se no terceiro país com mais casos de covid-19, depois de nas últimas 24 horas ter identificado 24.248 novas infeções, elevando o total para 697.413 casos. De acordo com o …

No Reino Unido, os bares reabriram (e as ruas encheram-se de pessoas)

Este sábado, bares, restaurantes, cabeleireiros, cinemas e hotéis reabriram pela primeira vez em três meses no Reino Unido. Nesse dia, houve filas e multidões à porta destes estabelecimentos comerciais. De acordo com a CNN, multidões juntaram-se …

Trump diz que 99% dos casos de covid-19 são "inofensivos". FDA recusa-se a apoiar a afirmação

O chefe da autoridade do medicamento norte-americana, FDA – Food and Drug Administration, Stephen Hahn, recusou-se a apoiar a alegação do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, de que 99% dos casos de covid-19 …