PS não dá a geringonça como morta (e diz que o Bloco exagerou)

Para o PS, a geringonça não morreu. Os socialistas, que reagiam às declarações da coordenadora do Bloco Esquerda, consideraram “exagerada” as declarações do partido sobre a ausência de um acordo escrito de legislatura e negaram cedências a confederações patronais em matéria de leis laborais.

Esta posição foi transmitida aos jornalistas pelo dirigente socialista e secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, duas horas depois de a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, também em conferência de imprensa, ter lamentado a decisão do PS de não continuar com o modelo da ‘geringonça’.

Na quinta-feira, à noite, em reunião da Comissão Política do PS, António Costa afirmou que os socialistas, para a nova legislatura, não fariam nenhum acordo escrito de legislatura.

No entanto, Catarina Martins disse que soube de antemão que o PS não iria assinar qualquer acordo escrito com o Bloco, depois de Costa se ter reunido na quinta-feira com as confederações patronais e ter logo aí afastado mudanças na legislação laboral.

Para o PS, a ‘geringonça’ não morreu. Vai haver continuidade de trabalho nos próximos quatro anos”, defendeu Duarte Cordeiro, que classificou como “exagerada” a reação de Catarina Martins à decisão de os socialistas não assinarem para a nova legislatura um acordo escrito de legislatura com nenhum dos parceiros (Bloco de Esquerda, PCP, PEV, Livre e PAN).

“Ao decidir pôr um ponto final à existência do modelo de acordo político que ficou conhecido como ‘geringonça’, o Partido Socialista recusa um modelo que deu provas de resistência face a turbulências políticas, que impediu recuos e assegurou um percurso estável de recuperação do país e de respeito pelos direitos e rendimentos”, afirmou Catarina Martins na sede do Bloco de Esquerda, em Lisboa.

José Soeiro e José Gusmão foram outros dos bloquistas que criticaram a decisão. Ontem [esta quinta-feira] percebemos que a juras de amor à geringonça do PS na noite eleitoral foram aquilo a que António Costa chamaria um golpe de teatro. A peça esteve em exibição menos de uma semana”, escreveu José Gusmão, citado pelo Expresso.

Também José Soeiro, num artigo de opinião que assina no mesmo semanário, acusa António Costa de e ter cedido à “tentação de agitar a ‘estabilidade política’ como chantagem” como estratégia governantiva, detalhando que o PS recusou a proposta inicial do Bloco “sem fazer qualquer contraproposta”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A Catarina ainda não percebeu que o Costa usa o Bloco como quer e lhe apetece. Ela ainda não percebeu que o Bloco foi e o Costa assim espera que seja apenas um instrumento ao serviço do PS como foi na anterior legislatura.
    Coitados enquanto forem assim nunca passarão disso.

  2. As conjunturas históricas e eleitorais, actuais, são completamente diferentes… O PS não tem necessidade de ficar sempre “amarrado”, e apenas, às exigências dos partidos de esquerda…Há que ir variando os acordos e tudo correrá dentro da normalidade…

Rúben Ribeiro pensou que ia morrer em Alcochete, Gelson recebeu SMS a avisar do ataque

Rúben Ribeiro e Gelson Martins foram ouvidos, esta sexta-feira, na 22.ª sessão do julgamento, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. "Sinceramente, pensei que ia morrer, foi um cenário de horror, estavam constantemente a dizer: …

Um terço dos franceses acredita que um novo Holocausto pode acontecer nos Estados Unidos

Um terço dos franceses (36%) acredita que um novo Holocausto pode vir a  acontecer nos Estados Unidos, de acordo com uma nova sondagem levada a cabo pela Conference on Jewish Material Claims Against Germany. De acordo …

Petição quer acabar com o uso de perfumes nos transportes públicos

Um cidadão endereçou uma petição ao Parlamento para que o uso de perfumes seja proibido em transportes públicos e locais públicos. De acordo com o jornal Público, a petição — apresentada numa folha de papel A4, …

Governo estuda hipótese de aeroporto na base aérea de Monte Real

O Governo está a estudar a hipótese de criar um aeroporto civil na Base Aérea 5 de Monte Real, em Leiria, confirmou o ministério das Infraestruturas. Em declarações a vários jornais, entre os quais o Público, …

Coronavírus chegou à Europa. Dois casos confirmados em França

O novo coronavírus chegou à Europa. A ministra da Saúde francesa anunciou, esta sexta-feira, que há dois casos confirmados no país. "Há dois casos confirmados", vincou a ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, em conferência de …

Ucrânia perdeu 11 milhões de habitantes desde 2001

A Ucrânia perdeu mais de 11 milhões de habitantes desde o último censo de 2001 devido à imigração, à anexação da Crimeia e à guerra no leste do país. De acordo com os novos dados oficiais, …

CGD sobe comissões a partir deste sábado (incluindo MB Way)

As transferências por MB Way, as contas-pacote e os serviços mínimos bancários na Caixa Geral de Depósitos vão sofrer um agravamento a partir deste sábado. Tal como tinha sido anunciado em outubro do ano passado, a …

Isabel dos Santos não vai ser detida se for a Angola, garante PGR

O procurador-geral da República de Angola afirmou, esta sexta-feira, que a justiça quer esgotar todos os procedimentos para notificar a empresária angolana antes de pedir um mandado internacional de captura. "Primeiro vamos esgotar a possibilidade de …

Assange deixa ala médica da prisão e passa para área com outros reclusos

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi transferido da ala médica da prisão de Belmarsh, no sudeste de Londres, onde estava isolado, para uma área da prisão com outros presos, anunciou hoje um membro do …

"Saudações da Tailândia." Depois de fugir da prisão, Sekkaki enviou um postal aos diretores

Depois de fugir da prisão, Oualid Sekkaki provocou os responsáveis do estabelecimento prisional e enviou-lhes um postal. Em dezembro do ano passado, Oualid Sekkaki e outros quatro indivíduos fugiram do estabelecimento prisional de Turnhout, na Bélgica. …