Próximas eleições portuguesas podem ser marcadas por fake news

A difusão de notícias falsas durante as eleições brasileiras atingiu níveis sem precedentes e o fenómeno chegou também a Portugal, onde se pode estar a preparar uma ação semelhante para as próximas eleições nacionais, alertou um especialista da Universidade do Minho.

O investigador brasileiro da Universidade do Minho Sergio Denicoli afirmou à agência Lusa que está em causa um fenómeno que já se encontra espalhado por vários países, incluindo Portugal, onde há grupos, com milhares de seguidores, que se dedicam à divulgação de conteúdo falacioso.

“Essas páginas já estão muito presentes em Portugal. Existem mesmo muitas páginas onde tentam relativizar temas como a escravidão, dizendo que Portugal não praticou escravidão. Tentam reconstruir uma imagem de grande nação. Já se começa a ver uma movimentação nos bastidores das redes que procuram trazer essas ideias. Então, provavelmente, já é uma preparação para as próximas eleições, e é importante que se esteja alerta”, frisou Sergio Denicoli.

O investigador explicou ainda como se processa a formulação deste tipo de informação falsa e qual o intuito por detrás das fake news.

“É um processo que acontece de forma gradual. Inicialmente, criam-se grupos de apoio a ideias ultra-liberais, ultra-nacionalistas, e esses grupos vão captando, sobretudo, jovens. Não só no facebook, como também em canais de youtube, por exemplo. Veem-se jovens com uma opinião muito forte, sempre desconstruindo a realidade, como se eles tivessem o monopólio da verdade, como se houvesse uma grande conspiração mundial por parte da esquerda”, assegura Denicoli.

O investigador da Universidade do Minho, que também é diretor da AP/Exata, uma empresa de inteligência digital e análise de dados, informa que em Portugal há grupos virtuais com cerca de 30 mil pessoas, nos quais a verdade de determinados factos acaba por ser desconstruída e as mentiras projetadas acabam por ser assimiladas como sendo factos verídicos.

O brasileiro diz que o sentimento vivido nesses grupos é de “como se as pessoas tivessem sido enganadas durante o tempo todo e agora sim, a verdade vem à tona, através dessas páginas e desses grupos. Vão desconstruindo narrativas, e esse é o primeiro passo”.

“Depois desses grupos atraírem um grande número de pessoas, inclusive em Portugal há grupos com cerca de 30 mil pessoas, aí sim vem o segundo momento com a entrada das fake news, que vão dar sustentação a esse tipo de informação”, acrescentou.

Um problema que pode ser ainda mais profundo e de difícil resolução devido ao alojamento deste tipo de sites em outros países, o que levanta questões de justiça internacional, avisa o investigador. Sergio Denicoli afirma que é muito comum as pessoas detentoras deste tipo de páginas na internet contratarem servidores que estão alojados em outros países, apesar de operarem em Portugal, para evitarem o rastreio dos seus websites ou páginas.

Denicoli defende que deve haver uma união de esforços para que este problema, que pode atingir proporções que ataquem a democracia, seja travado.

O exemplo do Brasil

Na corrida eleitoral brasileira, o principal meio de difusão de notícias falsas foi a rede Whatsapp, em grupos nos quais reinava a desinformação, como imagens no contexto errado, áudios com teorias da conspiração, fotografias manipuladas e pesquisas falsas, acabando por serem determinantes ao longo de todo o processo de sufrágio.

Também em Portugal, vários elementos políticos têm sido atacados com a difusão de mentiras, como foi evidenciado numa investigação levada a cabo pelo semanário Diário de Notícias. Exemplo dessas fake news foi uma foto em que a coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, usa um relógio no valor de 20,9 milhões de euros.

Também o primeiro-ministro foi vítima deste fenómeno. A divulgação de uma fotografia da agência Reuters com a deputada socialista Isabel Moreira a pintar as unhas, no Parlamento, gerou uma onda de indignação e deu forma a uma notícia falsa, que assegura que António Costa vai processar o fotógrafo que captou a imagem.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …

Será que os cães conseguem farejar uma gravidez?

Já ouvimos falar de cães a farejar bombas e de cães a farejar cancro. E quanto à gravidez, o que poderá o nariz de um cão dizer? Há várias mulheres grávidas a relatar que o cão …