Propostas de investimento no hidrogénio atingem 7,5% do PIB

Mário Cruz / Lusa

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes

O Governo recebeu 74 intenções de investimento na fileira industrial do hidrogénio no montante de 16 mil milhões de euros, o equivalente a 7,5% do PIB português, anunciou hoje o Ministério do Ambiente e da Ação Climática.

“Foram recebidas, no processo de consulta ao mercado terminada na sexta-feira, 17 de julho, 74 manifestações de interesse relacionados com projetos de investimento na fileira industrial do hidrogénio”, refere o gabinete do ministro João Pedro Matos Fernandes.

Segundo o comunicado, estes dados, provisórios, dizem respeito a projetos de empresas portuguesas e europeias, abrangendo toda a cadeia de valor, com participações dos setores público e privado, e mobilizando grandes empresas, PME (Pequenas e Médias Empresas), agentes de inovação e de investigação.

“Os projetos abrangem também diferentes áreas estratégicas, desde a produção de hidrogénio verde aos transportes”, indica.

O projeto que mobiliza mais recursos é da área química e revela, desde já, a capacidade de mobilização da indústria portuguesa e o reconhecimento da oportunidade do desenvolvimento da economia do hidrogénio, em contexto nacional e europeu, destaca a tutela.

Os projetos submetidos resultam do processo de manifestação de interesse lançado pelo Governo, através do Despacho n.º 6403-A/2020, de 18 de junho.

Esta auscultação do mercado foi criada para robustecer a candidatura portuguesa ao Important Project of Common European interest e para incentivar sinergias a nível de ‘cluster’ industrial.

O convite destinava-se a empresas ou entidades portuguesas ou europeias cujos projetos se traduzissem num valor acrescentado para o país, nomeadamente por via do estabelecimento em Portugal e da criação de emprego, e na redução de emissões de dióxido de carbono equivalente associada aos projetos.

Segue-se, agora, a fase de análise e de verificação dos requisitos previstos no convite à manifestação de interesse, a realizar pelo Comité de Admissão de Projetos, que envolve as áreas governativas da Economia e Transição Digital, do Ambiente e da Ação Climática e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e Negócios Estrangeiros.

O comité será apoiado, a nível técnico, pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) e pelo Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG).

Este processo de consulta ao mercado conclui-se após a apresentação da Estratégia Nacional para o Hidrogénio, cuja consulta pública terminou em 6 de julho, com a participação de mais de 80 entidades, 40 das quais empresas.

Para dia 27 de julho está agendado um ‘infoday’ com o objetivo de clarificar eventuais complementaridades nas manifestações de interesse submetidas.

Contactada pela agência Lusa, fonte do gabinete do ministro do Ambiente e da Ação Climática escusou dar mais pormenores sobre as manifestações de interesse recebidas, referindo que há reserva em relação às propostas.

Em declarações ao jornal Público, Matos Fernandes escusou-se também a identificar as empresas e as entidades que compareceram a este convite internacional, mas acedeu a caracterizar a diversidade de propostas e a dimensão dos projetos, em termos de valores de investimento.

A proposta com o menor valor de investimento é de 1,3 milhões de euros e a mais elevada é de 2,4 mil milhões de euros, segundo avançou o ministro ao jornal.

A proposta de maior valor de investimento foi apresentada por um consórcio da área química para a zona industrial de Estarreja, acrescentou.

O ministro do Ambiente sinalizou ainda a entrada de um grande projeto na área dos transportes liderado por uma entidade pública, “para a reconversão e reutilização de material de transporte movido a hidrogénio”, no valor de 275 milhões de euros.

O Público apurou tratar-se de um projeto apresentado pela CP em conjunto com a Salvador Caetano, e que envolve outras entidades do setor científico, como a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

O projeto ainda vai ter de ser estudado em termos de viabilidade económica, numa altura em que estão em curso, e com financiamento garantido, investimentos para a eletrificação de praticamente toda a rede ferroviária nacional.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A fonde mais abudante no universo ‘e o hidrogenio, temos de saber produzi-lo e nao andar a fazer o faz de conta…. eu temo que milhoes para nada….produzir hidrogenio da hidrolize s’o compensa se utilizar energia verdes …. existe outras formas de produzir mas esta em fase prematura…
    Portugal tem de aproveitar esta onda de otimismo e de recursos humanos.

    PS: Quando pareceram os dois processos de producao em massa que conheco, podem por esses no lixo porque vamos produzir hidrogenio uma velocidade boa….ta dito…’e preciso descobrir catalisadores para chegarmos a bons resultados…

RESPONDER

Falta de água leva Associação de Beneficiários do Mira a cortar tubos dos pequenos agricultores

"Cortaram sem um aviso". A queixa é dos pequenos agricultores do sudoeste alentejano que se queixam de que a Associação de Beneficiários do Mira lhes cortou a água da Barragem de Santa Clara, numa altura …

Somente 37% dos portugueses recusam líder autoritário, revela estudo

Um estudo da Gulbenkian, divulgado esta sexta-feira, revelou que baixou para 37% a percentagem de portugueses que não quereriam ser governados por um líder autocrático, que não tivesse de se submeter ao parlamento ou a …

Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto.

"Não há falta de médicos". Faculdades de Medicina não vão aumentar vagas

O Governo vai voltar a abrir a porta ao aumento de vagas nos cursos procurados pelos melhores alunos, mas as faculdades de Medicina voltam a fechá-la. De acordo com o jornal Público, o Governo vai voltar …

Jesus chama por Al Musrati. Benfica tem trunfo para baixar o preço

Jorge Jesus está a pressionar Luís Filipe Vieira para que avance o mais rapidamente possível para a contratação de Al Musrati. Chiquinho pode ser incluído no negócio. O Benfica mantém Al Musrati como o principal alvo …

Surtos em festas e casamentos pioram situação em Lisboa e Vale do Tejo

Só na região de Lisboa e Vale do Tejo foram recentemente identificados nove surtos de covid-19 relacionados com festas de aniversário, casamentos e outros eventos sociais, informa a Direção-Geral da Saúde (DGS). Do total de nove …

Cancro. Centros de saúde sem conseguir retomar rastreios e recuperar atividade

A Ordem dos Médicos alertou que os centros de saúde não estão a conseguir retomar os rastreios de alguns cancros, que estão a ser feitos apenas de forma oportunista, e que tem sido quase impossível …

Arranca o Euro2020. Itália e Turquia medem forças um ano depois do previsto

As seleções da Itália e da Turquia dão hoje o pontapé de saída para o Euro2020 de futebol, em Roma, com o torneio a disputar-se um ano depois do previsto devido à pandemia de covid-19. No …

Peglow cada vez mais perto do FC Porto. Lágrimas anunciam saída do jogador

João Peglow está perto de chegar ao FC Porto por empréstimo. Os 'dragões' devem ficar com uma opção de compra no valor de 6 milhões de euros. Na noite desta quinta-feira, o Internacional perdeu por 3-1 …

Monges cristãos podem ter enterrado este tesouro para enganar os Vikings

Um tesouro descoberto em Balmaghie, na Escócia, em 2014, pode ter sido escondido por monges ou padres cristãos por causa dos Vikings. Há mais de mil anos, alguém escondeu um tesouro opulento com mais de uma …

PS dividido entre Manuel Pizarro e José Luís Carneiro para a Câmara do Porto

Depois da desistência de Eduardo Pinheiro, o PS volta a estar indeciso entre Manuel Pizarro e José Luís Carneiro para a candidatura à Câmara Municipal do Porto. Pouco mais de 24 horas depois de ter sido …