Governo quer construir “fábrica gigante” de hidrogénio em Sines

Manuel de Almeida / Lusa

Uma central solar de 1 Gigawatt, que equivale à energia consumida por um milhão de casas, será o suporte para uma “fábrica” de electrólise da água avaliada em 600 milhões de euros, de acordo com relatórios técnicos holandeses.

Portugal e Holanda estarão a negociar um consórcio que terá como objetivo instalar uma unidade de produção de hidrogénio “verde” alimentado a energia solar. De acordo com a TSF, a fábrica ficará em Sines e terá capacidade de alimentar uma frota de autocarros e camiões que percorram 800 milhões de quilómetros por ano.

João Galamba, secretário de Estado da Energia, revelou esta intenção num debate na TSF com a Associação Portuguesa de Promoção do hidrogénio (AP2H2). Para Galamba, o que nascerá em Sines será “um parque fotovoltaico com 1 Gigawatt em versão auto-consumo, que baixa ainda os custos de produção de eletricidade porque tem isenções de tarifas de acesso à rede. O estado tem terrenos públicos em Sines que só podem ser utilizados em projetos industriais, o que pode ser um fator importante para baixar os custos de produção do hidrogénio e depois atrair grandes empresas nacionais para este projeto, empresas da área do gás e da logística e transportes.”

“Nós podemos dizer ao mundo e à Europa e sobretudo aos países do norte da Europa que precisam muito de hidrogénio, nós temos uma coisa que o centro e o norte da Europa não tem que é capacidade de produzir eletricidade aos custos que tornam o hidrogénio viável”, apontou ainda o secretário de Estado.

Agora, é necessário “montar um consórcio industrial de grande escala mostrando que Sines, que está tradicionalmente ligada a energias fósseis, pode migrar e até valorizar o porto de Sines como entreposto exportador de hidrogénio Verde, o que é uma mais valia para o porto”. Este consórcio permitiria  dar acesso a fundos para Projetos Comuns Importantes de Interesse Europeu (IPCEI, na sigla em inglês).

Se trabalhar oito mil horas por ano e usar 1,5 metros cúbicos de água, a unidade de Sines, pode produzir 160 milhões de quilos de hidrogénio.

ZAP //

 

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

    • Dá para entender que não enxergam patavina disto. Já deveríamos ser autossuficientes há muito tempo. Hidrogênio é água e oxigênio de uma forma simplória….é barato e comparado com o poluidor petróleo vai uma diferença…..

  1. “…e usar 1,5 metros cúbicos de água, a unidade de Sines, pode produzir 160 milhões de quilos de hidrogénio”
    Isto parece-me um milagre maior que a multiplicação dos pães…
    Se colocassem os intervalos de tempo relativos, talvez a frase fizesse algum sentido.

  2. Mais um elefante branco para enterrar dinheiro. O certo é apostar na fotovoltaico o hidrogénio é muito caro na distribuição e a tecnologia para o consumir é muito cara, para além dos problemas de segurança – é altamente explosivo e nem recipientes de aço normal o contêm. Ponham o projecto em discussão pública e logo se vê.

  3. Isso dá para cerca de 1,2 milhões de carros/ano a fazer 10000km/ano. Não é mau, mas só faz sentido se a energia renovável for em excesso! E comparado com baterias: 3X mais caro, não contando com os problemas citados por Al…

RESPONDER

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …

Dinamarca lança "passaporte covid-19"

O Governo da Dinamarca lançou o "passaporte covid-19", um documento que atesta que o portador do mesmo não teve um resultado positivo ao novo coronavírus recentemente. Deverá ser utilizado em viagens internas ou externas. De …

Mais oito mortes e 342 novos casos. Mais 305 pessoas dadas como recuperadas

Portugal regista este sábado mais oito mortes por covid-19 e mais 342 casos confirmados em relação a sexta-feira, segundo dados da Direção-Geral de Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico diário da DGS, há 46.221 casos …

Ainda há esperança para os gorilas mais raros do mundo. Foram fotografados com crias

Os gorilas do rio Cross, os mais raros do mundo, foram fotografados na Nigéria com algumas crias, aumentando a esperança para esta espécie de primatas. A fotografias foram divulgadas por uma organização não-governamental nigeriana, a …

"Já sofreu muito". Trump comuta pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, comutou a pena de prisão do seu amigo e antigo conselheiro Roger Stone, que foi condenado em fevereiro a 40 meses de prisão, anunciou sexta-feira a Casa Branca. Roger …

Armas, droga, sucata e prostituição financiam neonazis portugueses (mas lucros não vão todos para a causa)

Os grupos neonazis portugueses são "bastante desorganizados" e financiam-se com dinheiro obtido em negócios ilícitos, como o tráfico de armas, de droga e de mulheres para prostituição e a sucata. Mas os ganhos obtidos não …