“Professores furiosos? Não me parece tanto assim”, diz Centeno

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças afirmou que o atual Governo é um dos que mais respeitou o estatuto das carreiras dos docentes, acrescentando que não lhe parece “tanto assim” que os professores estejam furiosos.

O mês de junho foi conturbado para professores e Governo. Apesar disso, Mário Centeno defende que o Executivo não faltou a nenhum compromisso, afirmando também que “há mais de 14 anos que nenhum Governo respeita tanto” as carreiras dos docentes como o atual Executivo socialista, de acordo com a TSF.

Questionado sobre a eventual fúria dos professores, o ministro das Finanças respondeu: “Não sei se os professores estão furiosos. Furiosos? Não me parece tanto assim. Agora, é preciso explicar e é preciso que todos entendamos”, afirmou o governante.

Centeno falava no ciclo de entrevistas públicas 30 Portugueses, 1 País, em Lisboa, no qual admitiu que o descongelamento das carreiras – dos professores e de outros profissionais – é uma das medidas mais difíceis de implementar por parte do Governo.

“Estamos a falar de descongelar carreiras de 600 mil pessoas. O exercício de informação e o trabalho que isto dá, com dezenas de carreiras distintas – que ainda hoje há na Administração Pública -, todas com questões próprias para resolver, era a medida que, do ponto de vista da sua implementação, era mais difícil, para garantir que houvesse equidade e que a lei fosse respeitada”, disse o ministro.

Centeno esclareceu ainda que este, tal como outros casos, estão relacionados com uma ideia de continuidade, dizendo que o atual Governo respeitou “todas as decisões passadas”. “O que está em causa é respeitar todas as decisões tomadas entre os exercícios orçamentais de 2011 e 2017″, vincou o ministro, que rejeita que haja um clima de grande animosidade entre os docentes e o Executivo socialista.

Mário Centeno acrescentou que, por vezes, o problema está na dificuldade de comunicar: “A comunicação é um desafio e nem sempre é possível que vá certeira e com a mensagem a quem tem de ser dirigida”, disse.

Governo negoceia de forma “esquisita”, diz PCP

Em sentido oposto, Jerónimo de Sousa, que esteve na terça-feira reunido com os sindicatos de professores, afirmou que o atual Executivo tem uma forma “esquisita” de negociar. No entanto, o “bom-senso” poderá viabilizar uma solução, acredita o secretário-geral do PCP.

“Não vemos razão para que o Governo use uma forma esquisita de negociar que é ‘ou aceitam ou não há nada para ninguém’. Creio que isto não é negociação, esta crispação do Governo e a falta de resposta àquilo que é justo, naturalmente é inaceitável”, explicou no final do encontro.

De acordo com a TSF, Jerónimo de Sousa não acredita que a negociação deva ir para a mesa de negociações do próximo Orçamento de Estado.

“Seria estender uma passadeira vermelha ao Governo admitir alteração dessa matéria no plano da Assembleia da República porque aquilo que está é suficientemente claro, para além de ser justo, e qualquer alteração seria para pior”, explicou.

João Dias da Silva, da Federação Nacional da Educação, foi o porta-voz dos sindicatos nesta reunião, lamentando, à saída da reunião, o que diz ser a falta de compromisso do Governo, mas não afasta o diálogo.

“Existe total disponibilidade e estamos certos daquilo que está escrito no compromisso, que aponta para que até 2023 essa recuperação possa ser feita”, acrescentando que cabe agora ao Governo apresentar uma proposta que vá ao encontro dos anseios dos professores.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …

"A profissionalização é fundamental". Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais. Como …

Portugal só tem 4 fiscais da ferrovia (e cada um tem de inspecionar 811 quilómetros)

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) tem apenas quatro técnicos afetos à fiscalização do setor. O organismo está a pedir o reforço destes profissionais desde 2014. De acordo com a edição desta quarta-feira do …

Dybala eleito melhor jogador do ano em Itália. Ronaldo fora da lista

O avançado argentino da Juventus foi eleito o melhor jogador da temporada 2019/20 do futebol italiano, enquanto o português Cristiano Ronaldo ficou de fora da lista de premiados. Na nota publicada no site oficial da Série …

Novo Banco registou perdas de 260 milhões à revelia do Banco de Portugal

A equipa António Ramalho terá inscrito nas contas 260 milhões de euros em perdas, passíveis de reembolso, sem falar com o Fundo de Resolução. O Público avança que a equipa de António Ramalho sinalizou, nos resultados …