Professora agredida “a soco e pontapé” à porta de uma escola no Porto

Clonny / Flickr

Uma professora da Escola Básica da Torrinha, no Porto, foi agredida “a soco e pontapé” à porta daquele estabelecimento de ensino, por uma encarregada de educação, revelou esta quinta-feira à Lusa fonte da PSP.

De acordo com a mesma fonte, o incidente ocorreu quarta-feira e a PSP foi chamada ao local cerca das 10:50, tendo a vítima apresentado queixa junto daquela força policial.

A professora, de 45 anos, também se dirigiu ao hospital de Santo António, no Porto, para receber assistência médica. As causas que poderão ter motivado esta agressão ainda não são conhecidas, mas fonte da PSP explicou à Lusa que a vítima “não é professora” do educando da alegada agressora.

A adjunta da diretora do agrupamento de escolas Rodrigues de Freitas, Carla Lopes, do qual a Escola da Torrinha faz parte, disse à Lusa que a direção tomou “conhecimento da situação”, tendo ouvido a vítima. Explicou que apenas tem “poder sobre alunos e não sobre adultos que atuam na via pública”.

Questionada pela Lusa, Carla Lopes disse que “foi a primeira vez” que este tipo de situação ocorreu e explicou que “o caso está entregue à polícia”, uma vez que ocorreu à porta da escola. O caso foi entregue à PSP que se encontra em investigações.

// Lusa

 

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. É este o resultado que dá quando se protegem os alunos e os pais e se retira por completo a autoridade do professor!A educação está uma vergonha e já pouco falta para serem os pais a ditarem as notas que querem para os filhos!

    • Concordo, o proteccionismo exagerado da “classe desfavorecida”, ou seja, dos alunos e encarregados de educação, dá este tipo de resultados. E está muito longe de ser caso único. Também culpo os professores e restante pessoal do ensino por permitirem serem vítimas da falta de respeito crescente por parte dos educandos e seus representantes. Eu nunca aceitaria a humilhação de ser tratado da maneira como os educadores têm sido (des)tratados nas escolas.

      • Eles(os professores) até têm medo de agir. O status quo em Portugal é a bagunça generalizada – os agentes de autoridade, por vezes nem sabem como hão-de de agir ou agem por impulsos, dada a falta de apoio (por vezes abandono) dos governantes. Estes, o que os move é o tacticismo político. Por-se do lado dos que lhes podem fornecer mais votos, é a sua estratégia sub-reptícia.

    • Pagam-lhes mal e ainda estão sujeitos a estas agressões miseráveis (terceiro-mundistas). Para onde caminha este pobre país ?

    • O Sr. não sabe a história toda, por isso não tome conclusões precipitadas. Ainda não sabemos se a professora tem alguma culpa do que lhe aconteceu ou não, não sabemos se a criança da encarregada de educação foi agredida ou não. Os professores escapam impunes à vários anos de violência física e verbal a crianças por todo o país. Falo disso com conhecimento de causa, por isso aguardemos pelo desenrolar da história.

  2. Depois do magnífico trabalho efectuado pela “vaca” do ministério da educação e pelo vigarista 1º ministro que desgovernou este pântano e nos colocou na miséria, já tardavam o conhecimento de situações como esta. Pois elas existem em maior quantidade, pese embora não sejam do conhecimento público em geral. Os orgãos de informação deviam perguntar aos Conselhos Directivos das Escolas ou Agrupamentos o porquê de silenciarem estas ocorrências…
    A mentira tem perna curta…

Benfica empresta Caio Lucas ao Al Sharjah

O Benfica anunciou, esta quinta-feira, o empréstimo do futebolista brasileiro ao Al Sharjah, clube dos Emirados Árabes Unidos, que é válido por um ano e meio. "O Sport Lisboa e Benfica formalizou com o Al Sharjah …

Morreu o general José Lemos Ferreira

O ex-chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA) morreu aos 90 anos, disse quinta-feira à agência Lusa uma fonte militar. Chefe do Estado-Maior da Força Aérea de 1977 a 1984, o general José Lemos Ferreira foi …

PJ afasta "intervenção de terceiros" na morte de diretor do EuroBic

O diretor nacional da PJ disse, esta quinta-feira, que os elementos recolhidos sobre a morte do diretor do private banking do EuroBic, arguido no caso Luanda Leaks, "apontam para que não haja intervenção de terceiros". Questionado …

Carlos Amaral Dias terá ficado retido na ambulância avariada durante uma hora

Os resultados de um inquérito aberto pelo INEM apontam para que Carlos Amaral Dias tenha ficado dentro de uma ambulância avariada durante uma hora. De acordo com o Jornal de Notícias, a equipa da ambulância dos …

Luanda Leaks. Mário Leite Silva renuncia à presidência do Banco de Fomento Angola

O presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento Angola (BFA), Mário Leite Silva, gestor de Isabel dos Santos, renunciou ao cargo, com efeitos a partir de 22 de janeiro. A informação foi transmitida …

Tempestade “Glória” faz pelo menos nove mortos em Espanha

Pelo menos nove pessoas morreram e outras quatro estão dadas como desaparecidas em Espanha na sequência da passagem da tempestade “Glória”, intempérie que atinge o país desde o passado fim de semana. As autoridades confirmaram cinco …

Há um "milagre da multiplicação" dos votos que os deputados querem travar

Todos os partidos concordam: é preciso travar o "milagre da multiplicação" dos votos na Assembleia da República. Estabelecer regras objetivas para o fazer é o mais complicado. Os deputados começaram esta quarta-feira a discutir como “regrar” …

Pensões entre 877 e 2600 euros têm aumento mínimo de 6,14 euros

Os pensionistas que ganham entre 877,6 e os 2558 euros brutos por mês vão ter aumentos acima dos 0,24% que inicialmente se calculou com base na taxa de inflação (sem habitação) apurada até novembro do …

PCP quer travar "ameaça de despejos" no final deste ano

O PCP entregou uma proposta de alteração ao Orçamento do estado para 2020 para manter congeladas as rendas antigas, quando os locatários tenham um rendimento inferior a cinco salários mínimos nacionais. O PCP quer manter congeladas …

CDS/Congresso: Carlos Meira disponível para acordo que vença João Almeida

Carlos Meira, candidato à liderança do CDS-PP, admite estar disponível para se unir a Filipe Lobo d'Ávila e Francisco Rodrigues dos Santos para vencer João Almeida e lutar "contra o sistema". Carlos Meira, militante de Viana …