Professora agredida “a soco e pontapé” à porta de uma escola no Porto

Clonny / Flickr

Uma professora da Escola Básica da Torrinha, no Porto, foi agredida “a soco e pontapé” à porta daquele estabelecimento de ensino, por uma encarregada de educação, revelou esta quinta-feira à Lusa fonte da PSP.

De acordo com a mesma fonte, o incidente ocorreu quarta-feira e a PSP foi chamada ao local cerca das 10:50, tendo a vítima apresentado queixa junto daquela força policial.

A professora, de 45 anos, também se dirigiu ao hospital de Santo António, no Porto, para receber assistência médica. As causas que poderão ter motivado esta agressão ainda não são conhecidas, mas fonte da PSP explicou à Lusa que a vítima “não é professora” do educando da alegada agressora.

A adjunta da diretora do agrupamento de escolas Rodrigues de Freitas, Carla Lopes, do qual a Escola da Torrinha faz parte, disse à Lusa que a direção tomou “conhecimento da situação”, tendo ouvido a vítima. Explicou que apenas tem “poder sobre alunos e não sobre adultos que atuam na via pública”.

Questionada pela Lusa, Carla Lopes disse que “foi a primeira vez” que este tipo de situação ocorreu e explicou que “o caso está entregue à polícia”, uma vez que ocorreu à porta da escola. O caso foi entregue à PSP que se encontra em investigações.

// Lusa

 

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. É este o resultado que dá quando se protegem os alunos e os pais e se retira por completo a autoridade do professor!A educação está uma vergonha e já pouco falta para serem os pais a ditarem as notas que querem para os filhos!

    • Concordo, o proteccionismo exagerado da “classe desfavorecida”, ou seja, dos alunos e encarregados de educação, dá este tipo de resultados. E está muito longe de ser caso único. Também culpo os professores e restante pessoal do ensino por permitirem serem vítimas da falta de respeito crescente por parte dos educandos e seus representantes. Eu nunca aceitaria a humilhação de ser tratado da maneira como os educadores têm sido (des)tratados nas escolas.

      • Eles(os professores) até têm medo de agir. O status quo em Portugal é a bagunça generalizada – os agentes de autoridade, por vezes nem sabem como hão-de de agir ou agem por impulsos, dada a falta de apoio (por vezes abandono) dos governantes. Estes, o que os move é o tacticismo político. Por-se do lado dos que lhes podem fornecer mais votos, é a sua estratégia sub-reptícia.

    • Pagam-lhes mal e ainda estão sujeitos a estas agressões miseráveis (terceiro-mundistas). Para onde caminha este pobre país ?

    • O Sr. não sabe a história toda, por isso não tome conclusões precipitadas. Ainda não sabemos se a professora tem alguma culpa do que lhe aconteceu ou não, não sabemos se a criança da encarregada de educação foi agredida ou não. Os professores escapam impunes à vários anos de violência física e verbal a crianças por todo o país. Falo disso com conhecimento de causa, por isso aguardemos pelo desenrolar da história.

  2. Depois do magnífico trabalho efectuado pela “vaca” do ministério da educação e pelo vigarista 1º ministro que desgovernou este pântano e nos colocou na miséria, já tardavam o conhecimento de situações como esta. Pois elas existem em maior quantidade, pese embora não sejam do conhecimento público em geral. Os orgãos de informação deviam perguntar aos Conselhos Directivos das Escolas ou Agrupamentos o porquê de silenciarem estas ocorrências…
    A mentira tem perna curta…

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …