Primeira barriga de aluguer no país pode ser avó que quer dar à luz o neto

Avó de 49 anos poderá ser a barriga de aluguer do neto. A filha ficou impossibilitada de engravidar devido a uma endometriose. Em entrevista ao Expresso, diz que se trata de um “ato de amor”.

A história é contada na edição do Expresso deste fim-de-semana. Isabel é uma mulher de 30 anos que ficou sem útero na sequência dos tratamentos e cirurgias a que foi sujeita por causa de uma endometriose.

Esta semana, juntamente com o marido, entregou um pedido formal no Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida (CNPMA) para recorrer à gestação de substituição. De acordo com o semanário, é a mãe de Isabel, de 49 anos de idade, que quer ser a barriga de aluguer deste casal que sempre desejou ter filhos. “É um ato de amor”, explica.

Ao Expresso, Isabel conta que a intenção de usufruírem da chamada “barriga de aluguer” já tinha sido enviada anteriormente ao CNPMA mas só a 31 de julho é que saiu a regulamentação de uma lei que já tinha sido aprovada há quase um ano no Parlamento.

Na altura, o médico que a acompanha sugeriu que tirasse ovócitos para serem congelados e assim poderem ser usados mais tarde. “Consegui retirar dois óvulos”, recorda.

Recorde-se que o projeto de lei foi aprovado inicialmente na Assembleia da República em maio de 2016, mas o Presidente da República decidiu vetar a proposta.

O projeto de lei voltou ao Parlamento, onde foi aprovado com os votos a favor do PS, BE, PAN e PEV e de 19 deputados do PSD. Oito deputados sociais-democratas abstiveram-se, incluindo Passos Coelho, e o diploma contou com os votos contra do CDS, PCP e dos restantes deputados do PSD. Coube a Marcelo promulgar “obviamente” a proposta.

Agora, segundo o semanário, o pedido do casal vai ser analisado pelos nove conselheiros do CNPMA no dia 8 de setembro.

De acordo com este decreto, a gestação de substituição é apenas permitida no país em “situações absolutamente excecionais e com requisitos de admissibilidade estritos” como nos casos de “ausência de útero e de lesão ou doença deste órgão que impeça de forma absoluta e definitiva a gravidez da mulher ou em situações clínicas que o justifiquem”.

Além disso, estão sempre sujeitos “à celebração de contratos de gestação de substituição, que depende de autorização do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida (CNPMA) e audição prévia da Ordem dos Médicos”.

Ao contrário do que acontece noutros países, a barriga de aluguer não pode receber qualquer pagamento pela gestação, sendo apenas reembolsada por despesas ligadas ao processo. Deve ter acompanhamento psicológico garantido antes e depois do parto.

Menos de uma semana depois de a lei ter entrado em vigor, o Expresso adiantou que já existem 53 pedidos de gestação de substituição e que 25% são de origem estrangeira, na maioria vindos de Espanha.

ZAP //

RESPONDER

Peixes estão a confundir plástico com comida e a introduzi-lo na cadeia alimentar

Um estudo norte americano divulga que várias espécies de peixes estão a "introduzir" na sua cadeia alimentar o plástico, por confundirem com comida. Todos os anos mais de oito milhões de toneladas de resíduos de …

Carrinha atropela várias pessoas nas Ramblas, em Barcelona. Imprensa local avança mais de dez mortes

Uma carrinha atropelou hoje dezenas de pessoas na zona turística das Ramblas, em Barcelona, fazendo vários feridos, anunciou a polícia espanhola. As autoridades já confirmaram que se trata de um atentado terrorista. Uma furgoneta branca atropelou …

Governo declara estado de calamidade pública

O Governo vai declarar o estado de calamidade pública face à "previsão do agravamento" nos próximos dias do risco de incêndio, nos distritos do interior das regiões Centro e Norte e alguns concelhos do distrito …

Cientistas criam teste sanguíneo que deteta cancro a partir de ADN

Investigadores anunciaram terem desenvolvido um teste sanguíneo capaz de detetar precocemente vários tipos de cancro, ao localizar material genético derivado de células tumorais. Investigadores anunciaram ter desenvolvido um teste sanguíneo capaz de detetar precocemente vários tipos …

Marcelo e Costa visitam Pedrógão, PSD quer é saber onde está o dinheiro

Dois meses depois do maior incêndio de Portugal, o Presidente da República e o primeiro ministro visitam o local. A oposição exige, por sua vez, saber "o que tem sido feito com o dinheiro doado". O …

Um ano depois, Rúben aguarda justiça (e nem o dinheiro aliviou a dor)

Um ano depois das agressões em Ponte de Sor, a mãe de Rúben Cavaco diz que o filho ainda espera justiça e que continua sem compreender porque razão os gémeos iraquianos tiveram imunidade diplomática. A mãe …

As bactérias percebem o ambiente como os humanos

As bactérias, assim como os seres humanos, sentem o ambiente, uma descoberta que pode levar ao desenvolvimento de melhores medicamentos contra infecções bacterianas, revelaram cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder, nos Estados Unidos. A descoberta, …

Sismo em Lisboa (o mais forte dos últimos 45 anos) não fez feridos

O sismo registado hoje pelas 07:44 em Sobral de Monte Agraço, Lisboa, não provocou danos pessoais ou materiais, e foi "sentido com intensidade máxima III na escala de Mercalli modificada", adiantou o Instituto Português do …

Sem-abrigo "herói de Manchester" acusado de roubar vítimas do atentado

Ficou conhecido como um dos "heróis de Manchester" depois de ter ajudado as vítimas do atentado terrorista que matou 22 pessoas, após um concerto de Ariana Grande, mas, afinal, terá roubado as vítimas do ataque. Chris …

"Dinossauro Frankenstein" pode ser o elo perdido entre herbívoros e carnívoros

Uma equipa de cientistas acredita ter resolvido o mistério sobre o chamado "dinossauro Frankenstein", um esqueleto encontrado no Chile, em 2015, que parecia ser composto por partes de espécies diferentes. Um novo estudo, publicado na Royal …