Pensões, abono de família e subsídio de desemprego: As prestações sociais que aumentam em 2019

Mário Cruz / Lusa

As pensões vão aumentar este mês, mas esta não é a única prestação social atualizada com a chegada do novo ano. Abono de família, valores máximos dos subsídios de desemprego também mudam. Eis uma lista do que é atualizado a já partir de janeiro:

Indexante de Apoios Sociais

Este ano, o valor do IAS volta a ser atualizado. Desta vez, o aumento será de 1,6%, o que faz com que este indexante – que serve de referência à atualização de numerosas prestações sociais, como as pensões ou o subsídio de desemprego – avance para os 453,76 euros.

Pensões

O valor das pensões pagas a partir de janeiro vai aumentar, sendo este aumento mais elevado para as pensões de valor mais baixo e de menor dimensão para as de montante mais alto.

Assim, à luz desta atualização regular, as pensões até dois Indexantes de Apoios Sociais (IAS), ou seja, até 871,52 euros, vão aumentar 1,6%. Exemplificando, um reformado que agora recebe uma pensão de 576 euros mensais terá um acréscimo de 9,2 euros. Segundo o Ministério do Trabalho e da Segurança Social, mais de 80% (ou cerca de três milhões) das pensões têm um aumento de 1,6%, acima da inflação.

Já as pensões entre duas e seis vezes o valor do IAS (entre 871,52 euros e 2 614,56 euros) aumentam 1,03%, enquanto as pensões entre seis e 12 vezes o valor do IAS (2 614,56 euros e 5 229,12 euros) são atualizadas em 0,78%.

Esta atualização regular, em linha com o previsto na lei que regula o aumento das pensões, abrange 3,5 milhões de pensões pagas a um total de 2,8 milhões de pensionistas.

Há ainda um grupo de cerca de 1,6 milhões de pensionistas que recebe pensões até 1,5 IAS (653,64 euros) que terá em janeiro um aumento extraordinário de 10 euros e de seis euros – estando neste segundo caso os que recebem uma pensão que tenha sido atualizada entre 2011 e 2015.

Complemento para pensões

Este mês vai pela primeira vez ser atribuído um complemento extraordinário para pensões de mínimos cujo objetivo é adequar o montante das pensões de valor mais baixo aos valores que os pensionistas em situação idêntica recebem por terem sido abrangidos pelos aumentos extraordinários das pensões de 2017, 2018 e 2019.

Subsídio de desemprego

O limite máximo do subsídio de desemprego avança para 1.089,40 euros. Desde 2012 que este patamar máximo está balizado em 2,5 IAS.

Já o valor do subsídio social de desemprego (que pode ser equivalente a 80% ou 100% do IAS) avança para os 348,61 euros ou 435,76 euros.

Abono de família

Todos os escalões do abono de família terão um aumento em 2019, sendo ainda reforçado o valor nas primeira e segunda infâncias (até aos 6 anos de idade).

Há também um alargamento da majoração do abono de família para os segundos e terceiros filhos desde o nascimento e até aos 36 meses de idade, estimando-se que esta medida beneficie perto de 200 mil crianças durante o próximo ano.

Prestação Social para a Inclusão

O valor mensal que serve de referência à Componente Base da Prestação Social para a Inclusão (PSI) aumenta para 273,39 euros, enquanto o valor mensal de referência do Complemento sobe para os 438,22 euros.

Em termos gerais, ambos registam um acréscimo de 1,6% face aos valores em vigor em 2018. Ao mesmo tempo, são atualizados os limites que permitem às pessoas com um grau de deficiência entre 60% e 80% somar a PSI com outros rendimentos.

O novo valor anual passa a ser de 5.258,63 euros, quando não existam rendimentos de trabalho, e de 9.150,96 euros, quando existam rendimentos provenientes de atividade profissional.

// Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Muito cuidado e fiscalização pois não faltam parasitas a viver a custa de quem trabalha e além disso, muitos ainda são criminosos!!

    • Estou de acordo. Mas mais espantoso, é a proporção nos aumentos das pensões. O que se pode verificar, é que as pensões de miséria continuam a ter aumentos de miséria. A conveniência deste método de percentagens que interessa aos figurões do sistema, e que acaba sempre por dar mais a quem já ganha mais, é uma clamorosa injustiça.

  2. Pagarás tanto à segurança social. descontas cerca de 25% para IRS e Seg.Social e recebes um subsídio de alimentação que cobre o valor descontado. e ainda ganhas subsídio de férias, 14º mês e, nalguns casos, subsídio de deslocação, subsídio de transporte e sabe-se lá quantas mais regalias.
    Só um populistazinho tacanho ataca levianamente outros beneficiários da Segurança Social con total desprezo pela decência ou pela solidariedade.

Responder a i-li Cancelar resposta

Elon Musk lança concurso para ver quem consegue bater um caracol

O multimilionário, através da sua empresa especializada em construção de túneis, lançou um concurso mundial para ver quem é capaz de bater um caracol. De acordo com o jornal Daily Mail, Elon Musk lançou um concurso …

Covid-19. Tóquio quer pagar até quatro mil euros a bares que fiquem fechados

As autoridades de Tóquio, no Japão, estão a ponderar pagar um subsídio, que pode chegar aos quatro mil euros, aos bares que se mantenham fechados para conter a propagação da covid-19 na cidade. De acordo com …

Médicos franceses detetaram primeiro caso de bebé infetado no útero

Médicos em França pensam ter identificado aquele que será o primeiro caso confirmado de um bebé infetado com covid-19 no útero materno. De acordo com o site Business Insider, a equipa médica conta que a …

17 anos depois, Estados Unidos voltam a aplicar a pena capital a nível federal

Os Estados Unidos procederam, esta terça-feira, à primeira execução federal de um prisioneiro no "corredor da morte" em 17 anos, através de uma injeção letal. Daniel Lewis Lee, 47 anos, natural de Yukon (Oklahoma), foi executado …

Com o pretexto de paz, "senhor da guerra" vai ganhando poder na República Centro-Africana

O "senhor da guerra" Ali Darassa foi pago pelo presidente da República Centro-Africana e já influenciou a demissão de um ministro numa tentativa de manter a paz no país. A República Centro-Africana é um país atormentado …

Ministério Público acusa 25 arguidos pela queda do BES

O Ministério Público deduziu acusação, esta terça-feira, contra 25 arguidos, 18 pessoas singulares e sete pessoas coletivas, no âmbito do processo sobre a queda do Universo Espírito Santo. "O Ministério Público do Departamento Central de Investigação …

Agora, até o Toyota Corolla é um crossover

O Toyota Corolla Cross é o mais recente SUV da marca japonesa. Apesar de a marca estar a reforçar a sua gama de SUV, Portugal terá de esperar mais um pouco. Na semana passada, a Toyota …

Da Escócia à Grécia, Kleon pedalou durante 48 dias para regressar a casa

Um jovem grego, "preso" na Escócia devido ao cancelamento dos voos por causa da pandemia de covid-19, decidiu pedalar durante 48 dias consecutivos para conseguir regressar a casa. De acordo com a CNN, Kleon Papadimitriou, de …

Após fugirem da Venezuela, milhares foram obrigados a regressar por causa da pandemia (mas não é assim tão fácil)

Desde 2016, quase cinco milhões de venezuelanos deixaram o país, fugindo da pobreza e dos serviços sociais e de saúde em colapso. Agora, a pandemia de covid-19 forçou-os a regressar à Venezuela - se o …

Costa defende na Hungria que Estado de direito não deve ser associado à recuperação

O primeiro-ministro defendeu, esta terça-feira, à saída de uma reunião com o seu homólogo húngaro que a questão do Estado de direito, embora "central" para Portugal, não deve ser relacionada com as negociações sobre o …