Presidente de Pedrógão admite não ter consultado processos das casas recuperadas

Município de Pedrógão Grande / Facebook

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves (d)

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, admitiu nesta segunda-feira que não consultou os processos da reconstrução de casas suspeitos de irregularidades, denunciados recentemente pelos média.

“Eu não consultei processos nenhuns. Confio nas pessoas que os elaboraram”, disse Valdemar Alves em declarações aos jornalistas no final da sessão pública de esclarecimento convocada pela Assembleia Municipal Extraordinária, que decorreu ontem à noite.

Valdemar Alves, garantiu que não há “ilegalidade nenhuma” no processo de reconstrução das casas afetadas pelo incêndio de 2017 e que não há obras em casas que não arderam reiterando que, da sua parte, “não há irregularidades, de certeza absoluta”.

Para o autarca, poderá haver uma ou outra “irregularidade na entrega ou não de um documento ou problemas com o número de contribuinte, mas não é por aí que se vai às fraudes e essas coisas”.

Segundo Valdemar Alves, “não houve desvios nenhuns, nem podia haver, porque a Câmara não é detentora de fundos nenhuns para a reconstrução das casas”. “Apoiávamos a logística”, disse o presidente de Pedrógão Grande.

Também na validação de processos, o autarca rejeita responsabilidades: “Se punham lá primeira habitação, como podíamos dizer à pessoa que não era?”, perguntou.

“Notícias completamente falsas”

Questionado pelos jornalistas sobre os vários casos que têm sido apontados na comunicação social, o autarca referiu que “são notícias falsas, completamente falsas”.

Durante as declarações aos jornalistas, Valdemar Alves reafirmou que todas as casas reconstruidas a partir do fundo Revita são “de primeira habitação”.

“Agora vêm às vossas câmaras e dizem: ‘Aquela era de segunda’. Entregou os documentos em como era de primeira habitação, declaração a garantir que era habitação permanente e, a partir daí, as casas que foram requeridas para reconstrução são, para mim, de primeira habitação”, disse.

Numa Assembleia Municipal (AM) muito concorrida, com várias pessoas a assistir já fora do auditório daquele espaço, o presidente da Câmara de Pedrógão Grande repetiu parte da informação que já tinha dado aos jornalistas e frisou que não houve obras em casas que não tivessem ficado destruídas pelo fogo de 17 de junho de 2017.

“Não foi reconstruída nenhuma casa que não tivesse ardido”, afirmou Valdemar Alves, depois de o presidente da AM, Tomás Correia, ter dado início aos trabalhos.

Por outro lado, disse, “todas as primeiras habitações afetadas ou estão já reconstruídas ou em fase final de reconstrução”. “Não tem o município nenhuma, sublinho, nenhuma responsabilidade por atrasos na execução das obras”.

O Fundo Revita “não deu diretamente a ninguém dinheiro para reconstruir casas”, acrescentou, referindo que “todas as quantias foram libertadas à exacta medida em que iam sendo executadas as obras”.

“Sempre que estavam em causa verbas do Fundo Revita, o contrato para a reabilitação/reconstrução das habitações era feito entre as famílias e as empresas construtoras”, disse Valdemar Alves.

Perante algumas centenas de pessoas presentes no auditório da Casa Municipal da Cultura, o presidente da mesa, Tomás Correia, expressou a convicção de “que serão hoje devidamente esclarecidas todas as dúvidas” sobre a aplicação de fundos públicos e donativos particulares na reconstrução de habitações ardidas do concelho.

Apesar da presença de dois militares da GNR a cavalo próximos da Casa da Cultura de Pedrógão Grande, a manifestação que estava agendada para a mesma hora da Assembleia Municipal não se realizou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …