Presidente da Proteção Civil demitiu-se por “falta de confiança” na ministra

Tiago Petinga / Lusa

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

O ex-presidente da Proteção Civil disse ter perdido a “confiança institucional” na ministra da Administração Interna por causa do inquérito aos helicópteros Kamov.

O ex-presidente da Proteção Civil disse, numa carta enviada à ministra da Administração Interna Constança Urbano de Sousa, ter “perdido a confiança institucional” por não lhe ter dado conhecimento das conclusões do inquérito ao caso dos helicópteros Kamov.

“Registo com profundo desagrado o facto de Vossa Excelência ter objetivamente optado por me manter no desconhecimento desta matéria, que se refere diretamente à ANPC e a seus elementos”, escreveu Francisco Grave Pereira, numa carta a que o Diário de Notícias teve acesso.

“Considero esta posição de uma absoluta falta de consideração institucional e pessoal, para mim incompreensível e inaceitáveis”, frisa ainda o antigo responsável pela ANPC.

Nesse sentido, o ex-presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) realça na carta ter perdido a “confiança institucional” na ministra.

Francisco Grave Pereira, que pediu a demissão do cargo na passada terça-feira, afirma na carta ter tido conhecimento no dia 2 de setembro pelo chefe de Estado-Maior do Exército, Rovisco Duarte, do inquérito conduzido pelo Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI).

Na carta, o ex-presidente adianta: “Não podendo ignorar o que a imprensa tem vindo a veicular, não posso deixar de reiterar que as causas do pedido de demissão nada têm a ver com o inquérito da IGAI, cujas recomendações ou conclusões, aparentemente já do domínio jornalístico, ainda desconheço por completo“, sublinhou.

Segundo o DN, esta demissão já levou quer o PSD quer o CDS a anunciar que pretendem ouvir no Parlamento a ministra da Administração Interna e o ex-presidente da ANPC.

Numa altura em que o país continua a ser fustigado pelas chamas, os dois partidos da oposição dizem estar surpreendidos com esta demissão e querem justificações sobre este incidente.

A abertura do inquérito surgiu após a ANPC ter detetado problemas “graves no estado das aeronaves”, que ditaram a impossibilidade de os helicópteros estarem em plena condição de serem operados, durante o processo de transferência dos Kamov para a empresa que ganhou o concurso público de operação e manutenção dos aparelhos para os próximos quatro anos.

O inquérito incidia sobre “as circunstâncias descritas e apuradas durante o processo de consignação dos meios aéreos próprios pesados do Estado, tendo em vista o apuramento de responsabilidades a que haja lugar nesse âmbito”.

Dos seis helicópteros Kamov da frota do Estado, apenas três estão aptos para voar, estando dois inoperacionais por avaria e outro acidentado desde 2012.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. E fez muito bem Sr. Gneral..:Enquanto o Sr e os seus homens davam ao caneco a Srª Ministra andava nas revistas sociais a pavonear-se, em festas do social. Mas nada se passa, fosse noutro registo e o BE e o PCP apareciam logo a exigir as demissões de tudo e de todos.

    Mudam-se os tempos e mudam-se as vontades….Hipocrisia pura e dura desta gente de esquerda unidos apenas pelos mínimos olímpicos que era afastar quem ganhou as eleições….

    • Só quem é burro é que não consegue entender a estratégia do BE e PCP. Querem mas é que o estado tome conta dos montes como acontece nos países com a política deles! Quando se corta uma árvore, metade vai para o estado, por isso, a limpeza deveria ser feita pelo mesmo. Onde estão os guardas florestais? Enganem-me que eu gosto.

  2. Esta ministra nao tem sentido do dever, porque se tivesse, nos momentos críticos , neste caso incêndios, devia estar no local a dar animo e apoio as pessoas, mas a não, estava a tirar fotos numa festarola de revista cor de rosa. E é isto uma ministra. So nesta republica das bananas.

  3. Comprova-se mais uma vez a impreparação , incapacidade e mais não digo , de quem ocupa cargos “de ministro” . É assim , lamentavel , pouco ´lá fazem .

  4. Pois olha, eu, como contribuinte, perdi a confiançaem ti ó nodoa!
    Temos sido fustigados por incendios em barda neste ano, e este cretino, ao que sabe, só tem dado barraca.
    Se há criticas injustas esta é uma delas. Embora esta senhora tenha uma evidente falta de dotes de comunicação com os “media” , tem um trabalho reconhecido e meritoso junto das polícias e dos bombeiros voluntários. Este cromo deve ter é inveja.
    Quanto aos Kamov, acho graça a estes imbecis do PSD/CDS. Foi no governo deles, com o ministro Macedo, que atribuiram a operacionalidade dos mesmos, o que incluia revisões etc, a uma empresa de amigos deles. Agora que deu merda, a culpa é desta ministra? Vão se mas é catar! Caras de pau, sem vergonha!

  5. Então este pedaço de lixo é que não tem confiança na ministra?!
    O país é que não tem confiança nenhuma em ti, seu mafioso incompetente!!
    Basta ver o “excelente” serviço que tens feito…

Refrigerantes light causam o mesmo risco de doenças cardíacas que bebidas normais

Um novo estudo da Universidade Sorbonne, em Paris, descobriu que bebidas adoçadas artificialmente - como as light, diet e zero - podem ser tão prejudiciais para o coração quanto os refrigerantes normais. Os investigadores, que acompanharam …

“Monstro patológico”. Documento revela que Henrique VIII planeou decapitação de Ana Bolena

Uma equipa de investigadores encontrou um livro que contém instruções específicas do rei Henrique VIII que mostram que o monarca queria que a sua segunda esposa, Ana Bolena, fosse executada. Neste documento, o rei Henrique VIII …

Robô humanóide sem cabeça empilha e carrega caixas (e já está à venda)

A fabricante de robôs Agility construiu um robô humanóide bípede chamado Digit, que consegue carregar caixas e que está a ser vendido por 250 mil dólares. De acordo com o TechXplore, o robô Digit foi projetado …

Porto 2-0 Olympiacos | Chama do “dragão” trava gregos

O FC Porto venceu na noite desta terça-feira o Olympiacos por 2-0, numa partida relativa à segunda jornada do Grupo C da Liga dos Campeões, sob o olhar dos cerca de 3750 adeptos que se …

Antigos maias construíram filtros de água sofisticados (capazes de funcionar nos dias de hoje)

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Cincinnati (UC), os antigos maias da cidade de Tikal construíram sofisticados filtros de água através do uso de materiais naturais importados. Os investigadores da UC descobriram evidências de …

Como é que as pandemias acabam? A História sugere que as doenças vêm para ficar (durante milénios)

Uma combinação de esforços de saúde pública para conter e mitigar a pandemia veio ajudar a controlá-la. No entanto, epidemiologistas acreditam que as doenças infeciosas, como é o caso da covid-19, nunca desaparecem.  Ao longo dos …

ONG identifica entidades norte-americanas como "cúmplices" da destruição da Amazónia

Seis instituições financeiras norte-americanas são apontadas como "cúmplices" da destruição ambiental na Amazónia brasileira, assim como da violação dos direitos das comunidades indígenas da região, segundo um relatório de organizações não-governamentais (ONG). Um estudo elaborado pela …

OE2021. Uma morte anunciada da geringonça e o temor das coligações negativas

Já há confirmação de que a proposta do Orçamento do Estado para 2021 vai ser aprovada na generalidade, esta quarta-feira. O primeiro-ministro já só pensa na discussão na especialidade, na qual se avizinham os maiores …

Mulheres foram despidas em aeroporto do Catar para ver se tinham dado à luz recentemente

Várias passageiras australianas foram submetidas a um exame ginecológico após ter sido descoberto um bebé recém-nascido abandonada na casa de banho do Aeroporto Internacional de Hamad, em Doha, no Catar. O voo da Qatar Airways deveria …

Memória ou glorificação? Discurso escrito à mão por Hitler vendido na Alemanha por 34.000 euros

Um discurso que o ditador Adolf Hitler escreveu em 1939 foi vendido em leilão, na semana passada, na Alemanha, por 34.000 euros, noticia a agência noticiosa AP. De acordo com a revista norte-americana Vice, que cita …