Precários ameaçam recorrer para tribunal se forem excluídos

Tiago Petinga / Lusa

Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva

Cerca de 32 mil trabalhadores precários entregaram requerimento para a sua situação ser analisada. Os que forem excluídos do programa de regularização de precários ameaçam avançar para tribunal. 

Os trabalhadores admitidos no programa de regularização de contratos precários ameaçam avançar para tribunal caso não sejam integrados nos quadros da Administração Pública.

Há, pelo menos, 32 mil trabalhadores da Administração Pública à espera da regularização do vínculo de trabalho. Porém, os sindicatos admitem que apenas 25 mil venham a receber luz verde para entrarem nos concursos, avança o Diário de Notícias.

O desfecho dos 31 957 requerimentos remetidos às Comissões de Avaliação Bipartida (CAB) está nas mãos do Governo, mas os dirigentes sindicais não baixam a guarda e admitem que os que forem excluídos vão avançar para tribunal.

Tanto os sindicatos como o Bloco de Esquerd têm contestado os critérios usados para avaliar os processos que dão entrada nas Comissões de Avaliação Bipartidas (CAB).”Há a tentação de alguns serviços de dizerem que o vínculo é adequado, mas estes casos vão acabar em tribunal”, afirma ao DN José Abraão, da Fesap.

Nas Comissões de Avaliação Bipartida têm assento, além das três estruturas sindicais, um representante dos serviços e dos ministérios das Finanças, do Trabalho e da tutela do serviço em causa.

Estamos a falar de bolseiros, alguns com quase 20 anos de serviço, que começaram por ter um contrato, depois uma bolsa, mais tarde um contrato de prestação de serviços, a seguir nova bolsa e sobre os quais se diz agora que o vínculo é adequado”, critica Helena Rodrigues, do STE.

Ana Avoila, da Frente Comum, lembra o exemplo dos pareceres negativos dados a trabalhadores em regime de outsorcing que, contudo, desempenham permanentemnte as funções que ocupam, referindo que se estes avançarem para tribunal, “ganham”.

Os sindicatos da função pública referem que decisões como esta são transversais a todos os Ministérios, como os da Saúde, Educação, Justiça ou Trabalho.

Depois de homologados por três ministros – Finanças, Trabalho e respetiva tutela – a lei prevês que os trabalhadores podem recorrer dos pareceres das CAB, através de um mecanismo legal previsto no Código do procedimento Administrativo.

O programa de regularização dos vínculos precários vai estar esta quarta-feira em debate no Parlamento, depois de o Bloco de Esquerda ter exigido esclarecimentos sobre a matéria.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …