PPE vence na Europa, Juncker deve suceder a Barroso

Zinneke / Wikimedia

Jean-Claude Juncker, primeiro ministro do Luxemburgo

Jean-Claude Juncker, ex-primeiro ministro do Luxemburgo

O Partido Popular Europeu (PPE), família política que integra PSD e CDS-PP, mantém-se como a principal família política do Parlamento Europeu, com 211 assentos, seguido dos Socialistas, com 193 lugares, segundo projeções divulgadas em Bruxelas.

O PPE desce relativamente à anterior legislatura (detinha 273 assentos), mas tem mais 18 deputados que o S&D (grupo que integra o PS), enquanto os Liberais conquistam 74 assentos.

O Grupo da Esquerda, que integra PCP e Bloco de Esquerda, reúne 47 deputados, sendo o quinto maior grupo, atrás dos Verdes europeus (58).

O PPE reivindica assim o cargo de presidente da Comissão Europeia, ao qual apresentou como candidato o luxemburguês Jean-Claude Juncker.

O Partido Popular Europeu está prestes a ganhar as eleições europeias e reivindica a presidência da Comissão Europeia“, escreveu Juncker na sua conta do Twitter.

Espanha: PP no poder vence eleições e maiores partidos perdem apoio

O Partido Popular (PP) de Mariano Rajoy, no Governo em Espanha, venceu as eleições europeias, apesar de, tal como o maior partido da oposição, o PSOE, ter perdido apoio significativo face a 2009, segundo os primeiros dados oficiais.

Com 97,59% dos votos escrutinados, o PP obteve 26,03% dos votos, elegendo 16 deputados, com o PSOE a obter 23,04% e a eleger 14 deputados.

A Esquerda Plural obteve 9,99% dos votos e seis deputados, o grupo cidadão Podemos obteve 7,93% e elegeu cinco deputados, a UPyD obteve 6,46% e quatro deputados e a Coligação pela Europa teve 5,45% e três deputados.

França: Frente Nacional vence com resultado histórico

A Frente Nacional (FN, extrema-direita) garantiu uma larga vantagem nas eleições europeias na França com um resultado histórico de 25%.

A FN, liderada por Marine Le Pen, beneficiou da impopularidade recorde do poder socialista e da divisão da direita, bem como do crescente euroceticismo entre os franceses, segundo a agência noticiosa AFP.

Na segunda posição surge a conservadora União para uma Maioria Popular (UMP), com pouco mais de 20%, enquanto o Partido Socialista de François Hollande (PSF, no poder), é relegado para a terceira posição com pouco mais de 14%.

Centro-esquerda vence em Itália

O Partido Democrático (centro-esquerda) do primeiro-ministro Matteo Renzi venceu as eleições europeias em Itália com 33% dos votos.

A segunda força mais votada foi o Movimento 5 Estrelas do ex-humorista eurocético Beppe Grillo, com 26,5%. O partido do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, Forza Italia, obteve 18%, sendo a terceira força mais votada.

A participação dos eleitores foi de 48,6%, segundo números oficiais provisórios divulgados pelo Ministério do Interior italiano.

Merkel ganha na Alemanha

O partido de Angela Merkel (CDU) é o mais votado nas eleições europeias na Alemanha.

A CDU, de centro-direita, deve conseguir 36% dos votos, mas longe dos 41,5% conseguidos nas legislativas do ano passado.

Os social-democratas do SPD, parceiros da CDU no Governo, devem alcançar os 27,5%, segundo a televisão ARD. Os eurocépticos da AfD podem chegar aos 6,5%, acima dos 4,7% das legislativas.

Syriza vence na Grécia

As eleições europeias na Grécia deram a vitória à extrema-esquerda do Syriza e colocaram a extrema-direita da Aurora Dourada em terceiro.

É a primeira vitória do Syriza e a primeira vez que o Aurora Dourada chega ao Parlamento Europeu.

Os resultados oficiais dão 26,7% ao Syrisa, de Alexis Tsipras, contra 22,8% da Nova Democracia, de Antonis Samaras e 9,3%, ao Aurora Dourada.

ZAP/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Setenta anos depois, teste de ADN reúne mãe e filha pela primeira vez

Genevieve achava que a sua bebé recém-nascida tinha morrido no parto. Mas não: foi adotada por uma família da Califórnia que lhe mentiu sobre as origens. Agora conheceram-se graças a um teste de ADN. Quase 70 …

Arcebispos de Barcelona ajudaram padre acusado de abusos a fugir à polícia

O padre Senabre, acusado de ter abusado de um menor de 13 anos, esteve desaparecido por mais de 25 anos. Foi agora encontrado no Equador e o seu caso está a ser investigado pelo Vaticano …

Problemas de direitos humanos persistem em Portugal apesar dos progressos

O mais recente relatório da Amnistia Internacional sobre direitos humanos indica que em Portugal “ainda persistem” desigualdades no acesso a habitação condigna, e diferentes formas de discriminação de pessoas e comunidades mais vulneráveis. O documento divulgado …

Theresa May adia votação do Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, confirmou, esta segunda-feira à tarde, perante o parlamento britânico, que será adiada a votação do acordo do Brexit agendada para esta terça-feira, dia 11. A decisão da primeira-ministra britânica procura evitar …

"Lobisomem da Sibéria". Maior assassino em série da Rússia era polícia e matou 78 mulheres

Um ex-polícia russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado esta segunda-feira na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história recente …

Mais de 20 comboios vão ser suprimidos no Natal e Ano Novo

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca …

Catalães devem seguir a via eslovena e estar "dispostos a tudo" para alcançar independência

Quim Torra disse este sábado que os catalães devem seguir o exemplo do processo de independência da Eslovénia e estar "dispostos a tudo". O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, disse este sábado que …

"Injustiça fiscal." Governo rejeita alterar IRS para salários de anos anteriores

O Governo recusou aceitar uma recomendação da Provedora de Justiça que pedia ao Executivo para atualizar o regime de IRS para rendimentos relativos a anos anteriores. No início de outubro, a Provedora da Justiça escreveu a …

Oito anos depois, pensionistas recebem subsídio de Natal por inteiro

Oito anos depois, os pensionistas recebem esta segunda-feira o subsídio de Natal por inteiro, sem cortes e no mês de dezembro. A maioria dos pensionistas da Segurança Social começa esta segunda-feira a receber a pensão de …

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, acusado por ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos. De acordo com a agência Kyodo e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza …