PP e Ciudadanos chegam a acordo para viabilizar governo em Espanha

Sergio Barrenechea / EPA

Mariano Rajoy (PP) e Albert Rivera (Ciudadanos) chegam a acordo para viabilizar governo em Espanha

Mariano Rajoy (PP) e Albert Rivera (Ciudadanos) chegam a acordo para viabilizar governo em Espanha

O Partido Popular (PP) espanhol e o Ciudadanos chegaram esta manhã a um acordo que viabiliza a investidura de Mariano Rajoy na chefia do governo, noticiam os diários El País e El Mundo, citando fontes dos dois partidos.

“Após uma semana de negociações, o PP e o Ciudadanos alcançaram um acordo para que os 32 deputados do partido de Albert Rivera votem favoravelmente a investidura de Mariano Rajoy“, noticia o El Pais.

De acordo com o matutino espanhol, o actual presidente do governo espanhol e o líder do Ciudadanos reúnem-se esta manhã com as equipas de negociadores de ambos os partidos para “ratificar” a assinatura do pacto de investidura no Congresso dos Deputados.

“Os dirigentes das duas formações aceleraram o fecho do acordo no sábado durante uma discreta reunião entre ambos”, refere o jornal.

Fontes quer do Partido Popular quer do Ciudadanos, citadas pela edição online do El Pais, confirmaram que Rajoy e Rivera fecharam esta noite a negociação.

Segundo o jornal, as duas delegações vão reunir-se às 12h30, estando previsto que os líderes parlamentares dos dois partidos assinem o acordo.

O chefe do executivo e o líder do Ciudadanos estarão depois na conferência de imprensa, acrescenta o jornal.

O acordo deverá pôr termo ao impasse político em Espanha, que já levou à repetição das eleições legislativas.

Após as eleições de dezembro do ano passado, que o Partido Popular venceu tinha vencido sem maioria, não foi possível formar governo em Espanha.

O PSOE – Partido Socialista Operário Espanhol conseguiu 90, o partido de esquerda radical e anti-austeridade Podemos obteve 69, e o centrista Ciudadanos, 40.

Esta distribuição inviabilizou a formação de uma maioria no parlamento espanhol com apenas 2 partidos, e todas as negociações para envolver 3 partidos numa solução governativa fracassaram, obrigando à repetição das eleições.

A 26 de junho, o Partido Popular venceu novamente as eleições legislativas em Espanha, desta vez com 137 deputados eleitos – um aumento de 14 lugares face aos 123 deputados conseguidos nas eleições de dezembro.

Um governo PP-Ciudadanos tem 169 assentos, a apenas 7 da maioria absoluta, sendo necessário ainda negociar o apoio de alguns dos 25 deputados eleitos pelas  formações regionais que conseguiram representação no parlamento

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Acho que isto é o principal “Um governo PP-Ciudadanos tem 169 assentos, a apenas 7 da maioria absoluta, sendo necessário ainda negociar o apoio de alguns dos 25 deputados eleitos pelas formações regionais que conseguiram representação no parlamento”

  2. O PSOE derrotado não irá viabilizar tal governo porque tal como o senhor Costa ou eles ou mais ninguém e por aqui poderemos concluir os verdadeiros interesses de certos partidos, é lamentável que assim seja e não consigam chegar a um consenso mais alargado olhando aos interesses do país, depois acabam por abrir um precedente em que na volta outros se farão pagar da mesma moeda com prejuízo sempre para toda a comunidade.

RESPONDER

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …

No São José, há um doente numa cama 9 meses depois de ter alta. Não tem para onde ir

O Centro Hospitalar Lisboa Central tem diariamente uma média de 70 camas ocupadas com doentes que já deviam ter saído do hospital e há atualmente um caso que espera há nove meses por uma solução. Em …

Rio diz ser preocupante "notória desvalorização" que PS faz do ministro das Finanças

O líder do PSD disse, esta sexta-feira, ser preocupante a "notória desvalorização" que o Governo tem feito do ministro da Finanças, apontando como exemplo as novas regras de contratação nas PPP. "Temos assistido nos últimos dias …

Morreu a indiana que foi queimada quando ia a caminho do tribunal

A suposta vítima de violação, que foi incendiada a caminho de uma audiência de tribunal, morreu, esta sexta-feira, num hospital de Nova Deli. A mulher foi atacada por um grupo de homens na cidade de Unnao, no …

André Ventura avança com castração química para quem abusa de menores

André Ventura, líder e deputado único do partido Chega, entregou esta sexta-feira na Assembleia da República um projeto de lei que cria a pena acessória de castração química, agravando a moldura penal para os abusadores …

Centeno com apoios de peso para recandidatura ao Eurogrupo

Ao que tudo indica, o ministro das Finanças não deverá ter grande oposição em Bruxelas caso queira um segundo mandato como presidente do Eurogrupo. De Bruxelas chegam notícias de que Mário Centeno já terá apoios para …

Bruno Lage: "Respeito as opiniões, mas sou eu o treinador"

O Benfica venceu com uma goleada, esta sexta-feira, no terreno do Boavista (4-1) e aumentou provisoriamente para cinco pontos a vantagem sobre o FC Porto na liderança do campeonato. No final do jogo, o treinador do …

Homem fez-se passar por assessor de Marcelo para roubar donativos para Pedrógão

Um homem fez-se passar por assessor de Marcelo Rebelo de Sousa tentar enganar os donos do Grupo Solverde e da Casa Ermelinda Freitas, pedindo dinheiro para as vítimas de Pedrógão Grande, que foi devorada pelas …