/

Feira do Livro do Porto partilha recandidatura de Moreira. “Foi erro de funcionária”

Rui Moreira / Facebook

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira

A câmara do Porto explicou que a partilha do ‘post’ sobre a recandidatura de Rui Moreira feita este domingo na página de Facebook da “Feira do Livro do Porto” se deveu a “erro de uma funcionária” da autarquia.

De acordo com o município, “foi uma funcionária da câmara que, por questões profissionais, tinha acesso à conta do Facebook da Feira do Livro do Porto e, por erro, em vez de partilhar o post na sua conta pessoal, partilhou na conta oficial do Facebook da “Feira do Livro do Porto”.

Já pedimos esclarecimentos à funcionária e vamos abrir um processo de averiguações interno”, refere o município em resposta à agência Lusa, na sequência de um comunicado do PSD/Porto.

A concelhia do PSD/Porto acusou hoje o candidato independente à câmara Rui Moreira de “utilização de meios de comunicação da autarquia ao serviço” da sua recandidatura, acrescentando que vai apresentar queixa à Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Em causa está, segundo um comunicado da concelhia dos sociais-democratas do Porto, o uso da página oficial da rede social Facebook da Feira do Livro do Porto, evento organizado pelo município, que, segundo o PSD, “partilhou o post de lançamento da campanha” de Rui Moreira, que tinha sido publicado pelo Porto, o Nosso Movimento, encabeçado pelo atual presidente da Câmara Municipal do Porto (CMP).

O município esclarece à Lusa que “o post esteve online cerca de uma hora” e que, assim que tomou conhecimento dessa situação, “eliminou-o e retirou o acesso da funcionária em causa à página de Facebook da Feira do Livro do Porto”.

“Face ao sucedido, recebemos um email da funcionária em causa, assumindo o erro que cometeu na partilha do ‘post’ na página oficial da Feira do Livro do Porto”, revela ainda fonte oficial da autarquia.

O atual presidente da Câmara Municipal do Porto, o independente Rui Moreira, vai recandidatar-se à presidência da autarquia para um terceiro mandato, confirmou hoje o presidente da direção da associação cívica – Porto, o Nosso Movimento.

“É com enorme prazer e satisfação que hoje anunciamos a recandidatura de Rui Moreira às eleições autárquicas”, afirmou Francisco Ramos.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da direção da Associação Cívica – Porto, o Nosso Movimento disse serem quatro os motivos que levam o independente a recandidatar-se: “independência, obra, liderança e capacidade de gestão e futuro”.

Rui Moreira não tem agenda partidária, nem responde a diretórios partidários, defende sempre o Porto independentemente dos poderes centrais, dos protagonistas partidários nacionais e das agendas centralistas”, salientou.

O anúncio da recandidatura do independente está agendado para 17 de junho, pelas 19:00, no Mercado Ferreira Borges.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE