Portugal ainda está longe de poder pôr de lado o uso de máscaras

Maxim Shipenkov / EPA

Esta semana, os EUA, que já têm perto de metade da população vacinada com a primeira dose, juntaram-se ao grupo muito restrito de países que aligeiraram o uso de máscaras. Porém, em Portugal, este cenário não se concretizará nos próximos meses.

Do outro lado do oceano, nos EUA, que já têm perto de metade da população vacinada com a primeira dose, o sucesso da campanha de vacinação fez com que se pudessem aligeirar as medidas do uso de máscara.

Em Portugal, um cenário em que a população poderá deixar de andar com máscara na rua não se concretizará nos próximos meses, referem especialistas ouvidas pelo Público.

A pneumologista Raquel Duarte lembra que “estamos a falar de situações muito diferentes. À medida que tivermos mais população vacinada, vai ser cada vez mais fácil obter níveis de incidência mais baixos e, a partir do momento em que tivermos um número sustentado de casos residuais, poderá começar a ser seguro retirar a máscara em contexto de maior segurança”.

Contudo, alerta, “a situação continua a ser muito dinâmica” e quando os casos diários forem, de forma sustentada, residuais, temos de manter a monitorização e estar preparados para voltar a ter de usar máscara.

A especialista sublinha que a situação portuguesa não se compara à norte-americana. “Não estamos ainda nessa fase. Temos uma proporção da população vacinada que mostra que estamos no bom caminho, mas ainda temos concelhos onde é preciso pensar em manter medidas, em vez de retirar”.

Por sua vez, também a presidente da Associação Portuguesa de Epidemiologia, Elisabete Ramos, diz que aligeirar o uso de máscaras não é uma “boa solução enquanto a situação não estiver como a de Israel”, que só chegou a essa medida quando atingiu a imunidade de grupo.

Em Portugal, independentemente do avanço da vacinação ou da diminuição de casos, o uso de máscaras na rua vai continuar ser obrigatório pelo menos até julho, depois de o Parlamento ter aprovado, em março, o prolongamento da lei em vigor.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Era como se a morte estivesse num copo." No século XVIII, o gin estava a arruinar a Inglaterra

A bebida alcoólica tornou-se tão popular no Reino Unido que os empresários começaram a utilizar todo o tipo de aditivos para enriquecerem. No século XVIII, o gin tornou-se a maior droga que o homem poderia consumir …

Vacinar animais contra a covid-19? Dezenas de zoos nos EUA estão a avançar com a ideia

Cerca de 70 jardins zoológicos e espaços de conservação nos Estados Unidos estão a administrar a vacina da farmcêutica veterinária Zoetis aos seus animais. Não são só os humanos que estão a ser vacinados contra a …

Lewis Hamilton: "Eu não disse que estava a morrer"

Acidente com Max Verstappen originou dores no campeão; Helmut Marko disse que já era "espectáculo" a mais. Troca de palavras entre os dois candidatos ao título. Como se esperava, o acidente que envolveu Lewis Hamilton e …

Autorretrato de Frida Kahlo deverá ser vendido por um valor recorde de 30 milhões de dólares

A Sotheby’s espera ultrapassar os 30 milhões de dólares (mais de 25 milhões de euros) com o autorretrato da pintora mexicana Frida Kahlo, no qual aparece também o seu marido Diego Rivera. O autorretrato Diego y …

David Luiz: "Um dos dias mais especiais da minha vida" - e ainda se fala sobre Jorge Jesus

Flamengo ficou mais próximo de mais uma final da Libertadores, depois de derrotar o Barcelona de Guayaquil. David Luiz estreou-se. O Flamengo venceu o Barcelona de Guayaquil por 2-0, na primeira "mão" das meias-finais da Copa …

Iémen. Escassez de alimentos empurra 16 milhões de pessoas para a fome, revela ONU

Pelo menos 5 milhões de pessoas no Iémen estão à beira da fome e outros 16 milhões estão "a caminhar para a fome", num país dilacerado pela guerra civil. O Programa Mundial de Alimentos (WFP, na …

Presidente da Tunísia governará por decreto, ignorando partes da constituição

O Presidente da Tunísia, Kais Saied, declarou que governará por decreto e ignorará partes da constituição, enquanto se prepara para mudar o sistema político, gerando críticas imediatas da oposição. Desde 25 de julho, dia em que …

Alemanha deixa de pagar quarentena a trabalhadores não vacinados

A Alemanha vai deixar de indemnizar trabalhadores não vacinados que forem forçados a quarentena devido ao coronavírus, por ser "injusto pedir aos contribuintes que subsidiem aqueles que se recusam a ser vacinados", disse na quarta-feira …

Governo acaba com recomendação do teletrabalho

O Conselho de Ministros decidiu acabar com a recomendação da opção pelo teletrabalho e eliminar a testagem em locais de trabalho com mais de 150 trabalhadores. Estas medidas integram a terceira e última fase do plano …

Cansado de denúncias, Betis pede aos seus sócios: "Portem-se bem"

Clube onde jogam dois portugueses quer que os adeptos tenham um "comportamento adequado" durante os jogos no Benito Villamarín. O Betis de Sevilha jogou seis vezes até agora, nesta época. Quatro desses encontros foram disputados em …