Portugal ultrapassa 13.000 infetados. Há mais 35 mortes e 12 recuperados

Tiago Petinga / Lusa

Portugal regista nesta quarta-feira 699 novos casos de infeção por covid-19, elevando o total de diagnósticos positivos para 13.141.

Trata-se de um crescimento de 5,62% face aos números anunciados nesta terça-feira.

A taxa de crescimento de novos casos continua em linha com os últimos dias, mantendo-se há quatro dias em valores de um dígito.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde, que diz respeito aos dados registados até à meia noite desta terça-feira, registaram-se mais 35 óbitos nas últimas 24 horas – trata-se de um aumento percentual na ordem dos 10,1%.

O número total de vítima está agora em 380.

A taxa de letalidade global, isto é, a que engloba todas as idades, voltou a subir ligeiramente, para 2,9% (ontem estava nos 2,8%). Por sua vez, a taxa de letalidade para doentes com mais de 70 anos mantém-se bastante superior: 11,3%.

Há registo de 12 novos recuperados, elevando o número de altas hospitalares para 196.

Segundo a mesma nota da organização liderada por Graça Freitas, dos casos identificados, 1211 doentes estão internados e destes 245 estão nos cuidados intensivos.

A esmagadora maioria dos infetados (11354) está a recuperar em casa.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bloco quer administração da RTP nomeada pela Assembleia da República

O Bloco de Esquerda fez várias propostas à revisão do contrato de concessão do serviço público de rádio e televisão. Do lado dos trabalhadores da RTP, a proposta foi arrasada. O Governo colocou em consulta pública, …

Decisão da insolvência da Groundforce pode demorar dois meses. Salários de maio em risco

Os salários de maio de 2400 trabalhadores da Groundforce devem ser pagos dentro de duas semanas, mas é grande a probabilidade de que isso não aconteça, à semelhança do que ocorreu em fevereiro, elevando as …

Pedro Nuno Santos garante que investimento público em redes de nova geração vai avançar

Pedro Nuno Santos garantiu, na quinta-feira, que o “investimento público” em redes de comunicações eletrónicas “vai avançar”, de forma a levar conectividade às regiões do país onde as redes das operadoras privadas não chegam. O ministro …

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …

Dívidas de Vieira investigadas. Com falência à vista, grupo do líder do Benfica pagou viagens de luxo

Afinal, o Fundo de Resolução nunca aceitou a reestruturação das dívidas do grupo empresarial de Luís Filipe Vieira, ao contrário do que foi dito aos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito aos grandes devedores do …