“Portugal já fez 302 mil testes. Mais (por mil habitantes) do que a Alemanha, Suíça e Noruega”

Tiago Petinga / Lusa

Portugal ultrapassou a barreira dos 300 mil testes realizados à doença covid-19, revelou esta quinta-feira o secretário de Estado da Saúde, afirmando que este número é superior a países como a Noruega, a Suíça, a Itália e a Alemanha.

“Portugal ultrapassou a barreira dos 300 mil testes realizados. Desde o dia 1 de março foram realizados cerca de 302 mil testes diagnóstico covid-19 no nosso país. Estamos a falar de uma testagem de 27.925 pessoas por milhão de habitantes, o que à data é superior a países como a Noruega, a Suíça, a Itália e a Alemanha”, frisou.

O governante, que disse falava na conferência de imprensa diária para fazer o balanço da pandemia de covid-19 no país, acrescentou que cerca de 49% dos testes foram realizados em laboratórios públicos, 45% em laboratórios privados e 5% em outras instituições, nomeadamente académicas e militares.

“Há também cada vez mais utentes inseridos na plataforma Trace Covid. Neste momento são já mais de 135 mil nesta ferramenta que permite o seguimento através de cuidados de saúde primários dos doentes ou pessoas suspeitas”, disse António Lacerda Sales.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, desse número relativo à Trace Covid, “mais de 30 mil estão em vigilância clínica”. “Gostava de deixar uma palavra de reconhecimento a todas as pessoas que estão doentes, em convalescença nas suas casas, respeitando o isolamento obrigatório e garantindo assim, não só a sua recuperação individual, mas protegendo a nossa saúde coletiva”, disse o governante.

António Lacerda Sales também precisou que “desde 9 de março foram transferidos cerca de 2.300 doentes de hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) para unidades da rede nacional de cuidados continuados integrados”.

E que, no mesmo período foram encontradas 230 respostas sociais, o que permitiu “libertar camas hospitalares cruciais nesta altura de maior pressão do sistema”. “Continuamos empenhados em garantir que o SNS continua a responder positivamente às diferentes fases da epidemia e o esforço de todos continua a ser tão determinante hoje como foi ontem”, concluiu António Lacerda Sales.

327 dos 820 óbitos foram em lares

Na mesma conferência de imprensa, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas revelou quee 820 mortes registadas até hoje por covid-19, 327 ocorreram em lares de idosos.

Nos lares ocorreram 327 óbitos, sendo que a distribuição pelo pais é de 180 na região norte, 106 no centro, 39 na zona de Lisboa e Vale do Tejo, um caso no Alentejo e outro no Algarve”, disse Graça Freitas na conferência de imprensa diária de atualização de informação sobre a pandemia em Portugal.

Segundo a diretora-geral da Saúde, a percentagem de casos de covid-19 na população mais idosa que vive em lares “é relativamente pequena”, lembrando, contudo, que esses espaços têm uma grande concentração de pessoas e que é fácil a propagação da doença, mesmo tomando as devidas precauções e as medidas de saúde já anunciadas.

“Obviamente que os lares são sítios de preocupação porque têm uma concentração de pessoas vulneráveis, uma população muito idosa e doente”, afirmou Graça Freitas.

Contudo, e apesar das preocupações com estes espaços, Graça Freitas afirmou que estar num lar “não é uma fatalidade” e sublinhou que “a grande maioria das pessoas que adoeceram nos lares estão bem e recuperadas”.

Na mesma intervenção, Graça Freitas voltou a frisar que o uso das máscaras não é obrigatório e não deve ser confundido com um descuramento das outras normas de higiene. “As máscaras não são a solução única, senão todos os problemas da humanidade estavam resolvidos neste momento. Bastava toda a gente usar máscaras”.

E alertou: “Podem fazê-lo, não podem é deixar de cumprir outras regras: a desinfeção frequente e lavagem de superfícies, a desinfeção frequente e lavagens de maçanetas e portas, a disponibilidade de solução alcoólica, água e toalhetes para limpeza, distanciamento social…”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. O título é enganador. A Alemanha fez mais de dois milhões de testes. Portugal fez mais testes por milhão de habitantes. Este título, redigido desta maneira, também serviria para comparar com os EUA que, embora já tenham realizado mais de quatro milhões de testes, por milhão de habitantes dá o número de 13084. Fonte: Worldometer

  2. Muito tempo após o meu comentário a desmentir o título, alteraram-no sem referir a alteração. Não é correto. Qualquer edição posterior de um artigo deve ser referida em rodapé. Da forma como o fizeram, o comentário que fiz perdeu o sentido. Ou melhor, perderia se tivessem lido bem o site que indiquei e que me serviu de fonte. É que lá, não se lê o número de testes por mil habitantes mas por milhão.

    • Caro leitor,
      Napoleão Bonaparte dizia que não se deve atribuir à conspiração o que puder ser explicado de forma mais simples pela mera incompetência. O ZAP tem tradição de assumir os erros, agradecer os reparos e notificar as correções. Se não o fez neste caso, talvez seja mais simples explicá-lo com um lapso do que com uma qualquer intenção persecutória contra o leitor.
      Quanto à edição que fizemos no título, acrescentando “por mil habitantes”, optámos por este formato por ser mais curto do que “por milhão de habitantes”. É irrelevante qual a taxa que usamos, podia ser “por cem habitantes” – o que importa é clarificar que se trata de comparar taxas.

      • Explicação aceite. Lapsos, todos temos. Pelo menos, agora, o meu comentário de 23 de abril não fica com aquela aparência de disparatado. Quanto à taxa usada, sim, tenho que aceitar. Não sou especialista em estatística, embora tenha tido alguma formação nessa área. Mas já lá vão muitos anos. O que entendo bem é a diferença entre valores absolutos e valores relativos.
        Votos de continuação do bom trabalho que fazem a dar-nos informação!

RESPONDER

Avaria em rede europeia causou "apagão" parcial em Portugal e falhas no 112

O incêndio que queimou, este sábado, 500 hectares de vegetação no sudoeste de França esteve na origem dos cortes de energia em Espanha e Portugal, segundo a agência francesa Rede de Transmissão de Energia Elétrica …

Um tumor e duas fraturas nas vértebras dificultaram a vida deste dinossauro (mas não o mataram)

Quando foi descoberto na década de 1980, na Argentina, este hadrossauro foi diagnosticado com uma fratura no pé. Porém, uma nova análise agora mostra que este tinha um tumor, bem como duas fraturas nas vértebras …

Morreu Otelo Saraiva de Carvalho, capitão de Abril

O capitão de Abril morreu, este domingo, aos 84 anos, no Hospital Militar, confirmou o presidente da Associação 25 de Abril. A notícia foi confirmada ao jornal online Observador pelo presidente da Associação 25 de Abril, …

Pela primeira vez, cientistas viram chimpanzés a matar gorilas

Investigadores testemunharam, pela primeira vez, chimpanzés e gorilas a lutar entre si, confrontos esses que provocaram a morte de alguns deles. De acordo com o site Science Alert, as duas disputas foram observadas no Parque Nacional …

Vírus com 15 mil anos descobertos no gelo do Planalto do Tibete

Cientistas que estudam glaciares encontraram vírus com quase 15 mil anos em duas amostras de gelo retiradas do Planalto do Tibete, na China. Muitos deles, que sobreviveram porque se mantiveram congelados, são diferentes de todos …

Leite sem lactose em laboratório (e com a ajuda de membranas de óxido de grafeno)

As membranas de óxido de grafeno (uma forma oxidada do material) têm sido muito estudadas para a dessalinização da água e separação de corantes, mas as suas propriedades podem não ficar por aqui. Uma equipa de …

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …